Guia para o servidor federal acessar a prévia e o contracheque no SouGov

Publicado em: 25/05/2021

O novo aplicativo para servidores federais traz, a cada fase de implementação, mais serviços relacionados à vida funcional e financeira para mais de 1,3 mi de usuários. Entre eles, já está disponível o acesso à prévia e ao contracheque no SouGov.

Lançado no início deste mês, o SouGov foi criado para facilitar a relação dos servidores com a Administração Pública Federal, com a proposta de unificar serviços online atualmente distribuídos entre os aplicativos SIGEPE Mobile, SIGEPE Gestor, SIGEPE Servidor e Pensionista e SIGEPE Banco de Talentos, que a longo prazo serão desativados. 

A transição dos serviços para o app SouGov será feita gradualmente, por etapas, até alcançar o total de 50 serviços em setembro de 2022. Nesta primeira etapa, 24 serviços já estão disponíveis, como a prova de vida e também o contracheque, demonstrativo de pagamento que contém detalhes sobre a remuneração do servidor e possíveis descontos. 

Descubra como acessar, em tutoriais detalhados, a prévia e o contracheque no SouGov.Br.

Receba novidades por e-mail.
Erro ao enviar, tente novamente.

Como acessar o contracheque no SouGov?

Como ver o contracheque no SouGov?

O contracheque é o documento ideal para se certificar de que todos os pagamentos e descontos estão corretos, já que apresenta informações detalhadas sobre as condições previstas no contrato de trabalho. Com a digitalização de serviços, o contracheque pode ser acessado pelo novo aplicativo dos servidores federais

Para isso, o aplicativo SouGov deve estar instalado no celular do servidor, por meio do download nas lojas de aplicativos Apple Store e Google Play. Também é preciso ter um login ativo no sistema gov.br. Caso o servidor não possua, deverá realizar o cadastro para criar uma conta.

Antes de acessar o serviço de contracheque, é importante selecionar o vínculo que deseja consultar, caso possua mais de um. Isso pode ser feito ao clicar na seta ao lado de “Órgão – Uorg – Matrícula”.

Veja o passo a passo para acessar o contracheque de até 12 meses anteriores à data de consulta no SouGov:

  • Abra o aplicativo e certifique-se de que o vínculo escolhido é o desejado, caso possua mais de um vínculo;
  • Selecione a opção “Autoatendimento” e, em seguida, “Consulta Contracheque”;
  • Clique no mês que deseja ver o contracheque;
  • Para baixar o documento com informações do contracheque, selecione a setinha para baixo no canto superior direito;
  • Ao deslizar a tela para a esquerda e clicar em uma das opções como “Remuneração Mensal”, “Rendimentos” ou “Descontos”, aparecerá infográficos interativos;
  • A evolução do salário também pode ser vista ao rolar a tela para a esquerda.
Fonte: Reprodução/Governo Federal
Fonte: Reprodução/Governo Federal

Qualquer dúvida em relação ao contracheque deve ser encaminhada para a Unidade de Gestão de Pessoas. Para isso, basta clicar nas três linhas ao lado de “SouGov.Br”, no canto superior esquerdo, selecionar a opção “Localizar Unidade de Gestão de Pessoas” e entrar em contato com a unidade a partir das informações presentes na tela.

Como acessar a prévia do contracheque no SouGov?

Se as notificações do aplicativo SouGov estiverem ativadas no celular, o app enviará uma notificação sempre que a prévia do contracheque estiver disponível, já que ela fica acessível por pouco tempo na plataforma. 

A notificação também é enviada no e-mail do servidor. Normalmente, a prévia pode ser consultada no dia da homologação da folha de pagamento.

Leia também: Como acessar, salvar e enviar o contracheque SIAPE pela bxblue?

Confira o tutorial para acessar a prévia do contracheque no SouGov:

  • Acesse o aplicativo e clique no ícone ao lado do termo “Prévia”;
  • Em seguida, selecione a opção “Meus Contracheques”.
Foto: Reprodução/Governo Federal
Foto: Reprodução/Governo Federal

Feito isso, informações detalhadas do contracheque aparecerão na tela.

Veja como compartilhar o contracheque no aplicativo

O contracheque dos servidores pode ser consultado, baixado, impresso e até mesmo compartilhado com outras pessoas via e-mail.

Para fazer o compartilhamento, basta seguir as instruções abaixo:

  • Após acessar o contracheque, clique no símbolo de download, a seta apontando para baixo no canto superior direito da tela;
  • Depois, selecione os três pontos, também no canto superior direito da tela;
  • Clique em “Enviar arquivo” para enviar o contracheque por e-mail.
Foto: Reprodução/Governo Federal

Também é possível imprimir o arquivo ao clicar na opção “Imprimir”.

Para que serve o contracheque?

Além de ser utilizado para verificação pessoal, o contracheque também costuma ser solicitado em procedimentos variados que exigem comprovação de renda, como os processos de simulação e contratação de empréstimo consignado.

Isso ocorre porque o empréstimo consignado leva em consideração a margem consignável livre do servidor, ou seja, o valor máximo que pode ser descontado da folha de pagamento.

A margem consignável corresponde a 35% do salário do servidor público e, para fazer o cálculo, é necessário ter acesso ao valor recebido pelo funcionário e registrado no contracheque.

É válido ressaltar que a consulta deve ser feita com um contracheque recente, pois a margem pode sofrer alterações de um mês para o outro. O contracheque pode ser encaminhado pela consulta depois do download, feito a partir do tutorial detalhado nos tópicos acima.

Orientações de segurança quanto ao SouGov

É importante que os servidores públicos se atentem aos canais oficiais do governo federal, cujo endereço eletrônico têm a extensão “gov.br” no endereço. Isso porque diversos sites, no Brasil e no exterior, têm sido utilizados para roubar dados e informações dos funcionários federais.

Um dos endereços falsos que o Ministério da Economia já pediu a suspensão é servidor.sougovbr.online. A página captura usuários e senhas do aplicativo SouGov.br.

Outro site falso é o “sigacgestor.com” – o site verdadeiro do Sigac é “sso.gestaodeacesso.planejamento.gov.br/cassso/login” e, vale lembrar, a plataforma do Sigac está em fase de transição para o aplicativo SouGov, que até 2022 irá concentrar todos os serviços da vida funcional do servidor púbico ativo e inativo e pensionista do Poder Executivo Federal.

Para garantir a segurança, os servidores federais devem digitar dados como CPF e senha do Sigac apenas em páginas com o domínio oficial gov.br ou nos aplicativos baixados da loja virtual oficial do governo federal.

Se por acaso algum servidor público já tenha inserido seus dados nos sites falsos mencionados ou outros de que suspeite, a orientação é pela Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal da pasta da Economia é fazer a troca imediata da senha do portal Gov.br e dos sistemas Sigac/Sigepe.


Para continuar a receber notícias em primeira mão sobre o funcionalismo público, você que é servidor público federal (SIAPE) pode se inscrever em nosso canal exclusivo. Se inscreva GRATUITAMENTE aqui para receber notícias selecionadas via WhatsApp.

Receba novidades por notificação
Receba novidades por e-mail
Erro ao enviar, tente novamente.