App SouGov.br, exclusivo para servidores federais, é lançado oficialmente

app SouGov.br - app, aplicativo, serviços, governo, Gov.br, servidores

Publicado em: 04/05/2021

Foi lançado oficialmente nesta terça-feira, 04/05, o app SouGov.br, canal que irá reunir todos os serviços relacionados à vida funcional dos servidores públicos federais civis ativos, aposentados e pensionistas do Poder Executivo Federal.

O lançamento foi transmitido pela internet, por meio do canal do Ministério da Economia no YouTube. Acompanhe:

Lançamento do app SouGov.br

O novo aplicativo para servidores federais permitirá que tenham acesso, via internet, a dezenas de serviços, entre os quais o envio de atestado médico e a realização da prova de vida digital. Com o SouGov.br, todos os serviços estarão concentrados em um só lugar.

Trata-se de uma mudança radical em relação ao modelo atual, no qual os usuários têm diversos canais para acessar os serviços, assim como as unidades de gestão de pessoas para atendê-los.

Atualmente, os usuários acionam os serviços por diversos meios, como por exemplo o atendimento presencial, a central telefônica, e-mail, Sigepe Mobile, Sigepe Gestor, SIGEPE Servidor e Pensionista, SIGEPE Banco de Talentos, entre outros. O aplicativo integra o projeto de transformação digital da Administração Pública federal.

SouGov.br e a transformação digital

Na live do lançamento o secretário de Gestão e Desempenho de Pessoal, Leonardo Suttani, destacou que o SouGov.br promoverá um “acesso mais simples e mais ágil, com respostas mais tempestivas” às solicitações dos servidores.

O presidente do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), Gileno Barreto, destacou que o projeto é “emblemático no processo de transformação digital que tanto tem melhorado a vida dos cidadãos e agora vai melhorar a vida de todos os servidores públicos federais“. Barreto também lembrou que a mudança exigirá redesenho de processos e normativas de trabalho.

O diretor do Departamento de Sistemas e Informações Gerenciais, Rafael Cunha Alves Moreira, explicou que o nome SouGov.br vem justamente do “foco no usuário” e que o governo busca “quebrar um paradigma” com o novo aplicativo, que é “de servidor para servidor”.

A gerente do projeto, Mayara Farias, afirmou que é mais do que uma mudança e sim uma transformação digital, “de ponta a ponta, da percepção do usuário até o processamento do serviço“. “E é preciso também uma transformação cultural“, concluiu.

Quem poderá usar o app SouGov.br?

Levando-se em consideração o quadro atual de servidores públicos federais, a estimativa do governo é de que o novo aplicativo beneficiará 1,3 milhão de usuários e mais de 14 mil servidores da área de gestão de pessoas.

Como criar uma conta no app SouGov.Br

Já é possível fazer o download do app SouGov.Br, tanto na App Store quanto no Google Play – veja como fazer.

O cadastro deve ser feito pelo próprio servidor ativo ou beneficiário. Confira o passo a passo para realizar seu cadastro.

Fases de lançamento do aplicativo SouGov.br

Por se tratar de um dos principais projetos do governo federal no âmbito da transformação digital, a iniciativa está sendo realizada em fases. Ou seja, novos serviços e funcionalidades serão incorporados ao app SouGov.br aos poucos – enquanto, paralelamente, os canais atuais vão sendo desativados.

De acordo com as informações dadas no evento de lançamento do SouGov.br, o cronograma prevê novas funcionalidades no aplicativo a cada dois meses. Além disso, dentro do aplicativo será informada a data de quando determinada funcionalidade será disponibilizada.

No total, o projeto do SouGov.br prevê a inclusão de 20 novos serviços, totalizando cerca de 50 serviços disponíveis no aplicativo para os mais de 1,3 milhão de usuários.

Neste mês de maio/2021 ocorrerá a desativação do SIGEPE Mobile. Por isso mesmo, explicou o diretor do Departamento de Sistemas e Informações Gerenciais, Rafael Moreira, é que o SIGEPE Mobile não foi atualizado com a margem adicional de 5% para empréstimos consignados nem a nova carência, conforme prevê a Lei 14.131/2021: “Pensando no melhor uso dos recursos públicos, não valia a pena fazer a mudança.”

Conforme a programação oficial, o projeto segue até setembro de 2022, quando então o novo aplicativo estará em pleno funcionamento com todos os serviços disponíveis.

Orientações de segurança quanto ao SouGov

É importante que os servidores públicos se atentem aos canais oficiais do governo federal, cujo endereço eletrônico têm a extensão “gov.br” no endereço. Isso porque diversos sites, no Brasil e no exterior, têm sido utilizados para roubar dados e informações dos funcionários federais.

Um dos endereços falsos que o Ministério da Economia já pediu a suspensão é servidor.sougovbr.online. A página captura usuários e senhas do aplicativo SouGov.br.

Outro site falso é o “sigacgestor.com” – o site verdadeiro do Sigac é “sso.gestaodeacesso.planejamento.gov.br/cassso/login” e, vale lembrar, a plataforma do Sigac está em fase de transição para o aplicativo SouGov, que até 2022 irá concentrar todos os serviços da vida funcional do servidor púbico ativo e inativo e pensionista do Poder Executivo Federal.

Para garantir a segurança, os servidores federais devem digitar dados como CPF e senha do Sigac apenas em páginas com o domínio oficial gov.br ou nos aplicativos baixados da loja virtual oficial do governo federal.

Se por acaso algum servidor público já tenha inserido seus dados nos sites falsos mencionados ou outros de que suspeite, a orientação é pela Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal da pasta da Economia é fazer a troca imediata da senha do portal Gov.br e dos sistemas Sigac/Sigepe.


Para continuar a receber notícias em primeira mão sobre o funcionalismo público, você que é servidor público federal (SIAPE) pode se inscrever em nosso canal exclusivo. Se inscreva GRATUITAMENTE aqui para receber notícias selecionadas via WhatsApp.