De quanto será o aumento dos Aposentados em 2021?

Publicado em: 15/10/2020

Todos os anos, o Governo Federal altera os valores relacionados aos benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social, o INSS. Esta alteração está diretamente associada à variação dos valores reguladores, como é o caso do salário mínimo. 

Como o pagamento de benefícios previdenciários tem como base o salário mínimo qualquer mudança ou atualização nas regras ou valores, por consequência, também resulta no aumento do Aposentados que é pago mensalmente.

Entenda como é feito o cálculo, quem tem direito e descubra qual será o reajuste da aposentadoria em 2021.

Como é calculado o aumento dos Aposentados?

Em linhas gerais, o valor da aposentadoria é estabelecido a partir das alíquotas aplicadas no aumento do salário mínimo.

De acordo com a Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia, o reajuste foi calculado com base em diversos outros parâmetros. Dentre os indicadores estão:

  • Dólar médio: este que deverá chegar a R$ 5,11, ainda que a estimativa inicial tenha sido de R$ 4,29;
  • PIB (Produto Interno Bruto): que teve uma redução de 0,1% para 2021;
  • SELIC (Taxa Básica de juros da economia): Com previsão de fechamento em 2,13% no ano de 2021, perante a projeção de 4,33% para a LDO (Lei das Diretrizes Orçamentárias);
  • IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo): este que passou de 3,65% para 3,24%.

Ao unir os indicativos econômicos levantados, a equipe do Ministério da Economia decidiu que o reajuste do Salário Mínimo deveria ser corrigido apenas pela inflação.

Sendo assim, este será o segundo ano consecutivo de uma política de correção real do piso salarial. Afinal, nos anos anteriores, o “aumento” se dava sobre um verdadeiro ganho real, ou seja, acima da inflação.

Leia também: Qual será o valor da aposentadoria INSS em 2021?

Por outro lado, o setor da Previdência Social anunciou que o teto de gastos será de R$ 1,485 trilhão, sendo este valor baseado no teto de 2020 e corrigido pela inflação de 12 meses.

Valor do salário mínimo em 2021

De acordo com o Projeto de Orçamento para 2021, a previsão é de que o salário mínimo seja fixado em R$ 1.067 no ano que vem – o que representa um aumento de R$ 22 em relação ao ano de 2020.

Com isso, após validado pelo Congresso Nacional e publicado no Diário Oficial da União (DOU), o salário mínimo estabelecido entrará em vigor e passa a valer a partir de 1º de fevereiro.

Valor da aposentadoria em 2021

Quanto os Aposentados do INSS vão receber em 2021?

Em 2021, o aumento previsto para todos os pagamentos previdenciários será de 2,1%. Contudo, vale lembrar que não existe ganho real acima da inflação.

Isso porque, ainda com o aumento declarado, este valor corresponde tão somente a um mecanismo adotado para manter o poder de compra dos Aposentados e Pensionistas do INSS.

Qual será o reajuste para aposentados que ganham acima 2021?

Assim como os outros cidadãos que têm sua renda baseada no salário mínimo, os Aposentados não terão no ano de 2021 um aumento real da renda.

Portanto, o valor máximo pago aos beneficiários do INSS será de R$ 6.229,18, que representa o teto de pagamento da instituição aos seus segurados. Neste ano, o teto corresponde a R$ 6.101,06.

Quem tem direito ao aumento dos Aposentados?

O aumento do valor da aposentadoria que acontecerá em 2021 é devido a todos os segurados do Regime Geral da Previdência Social (RGPS), e portanto, direito de todos os Aposentados e Pensionistas.

A alíquota aplicada de 2,1% refere-se a todos os que têm suas rendas vinculadas diretamente ao salário mínimo.

Dos cerca de 35 milhões de segurados, aproximadamente 80% recebem o mínimo que é conhecido também como o piso do INSS.

Leia também: Novo PL propõe pagamento de até dois salários mínimos INSS adicionais

É importante saber essa informação uma vez que o exercício de recebimento do valor reajustado é parte de seus direitos essenciais, e de garantia do seu poder de compra perante as movimentações econômicas no Brasil e no mundo.

O valor pode ser alterado?

Vale lembrar que as informações disponíveis até o presente momento não são definitivas. Ou seja, os dados financeiros podem ser alterados até o final do ano, uma vez que pode haver alterações no valor do salário mínimo para 2021 até dezembro – que é quando o anúncio oficial é realizado.

Existe, portanto, tempo hábil suficiente para que o Governo mude sua abordagem e faça alterações na alíquota apresentada até então. Por isso, é importante manter-se de olho nas movimentações que acontecem de agora em diante.


Se você é Beneficiário INSS e não quer perder mais nenhuma informação relevante, pode receber notícias selecionadas direto no seu WhatsApp. Clique aqui para se inscrever GRATUITAMENTE.

Receba novidades por e-mail
Seu e-mail foi cadastrado na nossa lista! 😍
Erro ao enviar, tente novamente.