O que avaliar em um banco antes de fazer um Empréstimo Consignado?

o que avaliar em um banco

Além de decidir qual modalidade de crédito é melhor, outra decisão muito importante para quem irá contratar um empréstimo é definir em qual instituição contratar. Nesse momento, saber o que avaliar em um banco antes de contratar o seu empréstimo consignado, pode fazer toda diferença.

Entre os principais fatores estão:

  • Convênios atendidos;
  • Documentação necessária para contratação do crédito;
  • Processo e condições de contratação;
  • Tempo de liberação do empréstimo consignado;

Em geral, esses são os itens mais avaliados. Veja cada um deles, em detalhes a seguir e aproveite para avaliar o banco em que você está pensando em contratar seu crédito.

O que avaliar em um banco antes de fechar negócio

Fazer um empréstimo tem que ser uma decisão consciente. Por isso, também é válido destinar tempo a pesquisar e comparar as propostas de crédito e serviços oferecidos pelos bancos. Certamente haverá vantagens e desvantagens em cada um.

Então, se o seu interesse é contratar um empréstimo consignado, esse checklist pode ajudá-lo.

Convênios atendidos

Cada instituição financeira tem uma política de crédito. Essas são as regras que vão determinar as linhas oferecidas, o público-alvo e os pré-requisitos para contratação de um empréstimo com desconto em folha.

Cada banco pode priorizar uma ou mais modalidades. Portanto, nem todas as instituições oferecem empréstimo consignado.

Mas, a boa notícia é que entre aquelas que atendem Aposentados, Pensionistas INSS, Servidores Públicos e Trabalhadores CLT estão os maiores bancos.

Leia também: Quais são os melhores bancos para fazer um Empréstimo Consignado?

Estando entre o público atendido, outro ponto a avaliar em um banco é a documentação pessoal ou financeira do interessado.

O que avaliar: pré-requisitos para contratação, refinanciamento ou portabilidade de crédito.

Documentação necessária para contratação

A documentação necessária para análise ou para liberação do crédito pode variar conforme a modalidade e o banco.

Se o empréstimo estiver associado a uma garantia, por exemplo, é preciso detalhar também as informações do bem. No caso de uma nova contratação de empréstimo consignado, a documentação é simples, já que uma das comprovações essenciais é a da disponibilidade da margem consignável.

Essa confirmação prévia é dada no primeiro momento pela validação das informações do contracheque ou extrato do benefício INSS.

Quando o contrato é averbado, ou seja, quando é autorizado pelo banco e pelo órgão pagador, a operação é então oficializada. O passo seguinte é o da liberação do dinheiro na conta indicada pelo contratante.

O que avaliar: relação de documentos necessários e forma de disponibilização das informações.

Processo de contratação

Geralmente, o processo de contratação do empréstimo consignado não muda de um banco para o outro. Para melhor o atendimento aos seus consumidores, uma das opções que podem ser disponibilizadas pelos bancos é a contratação online. Em alguns casos a contratação já é 100% digital.

Ainda assim, o processo online é muito similar ao offline. Dessa forma, os consumidores que vão até uma agência bancária ou procuram por soluções online de comparação de crédito, passam basicamente pelo mesmo processo.

O que avaliar: passo a passo do processo de análise, aprovação e contratação.

Tempo de liberação do crédito

O tempo de liberação do crédito consignado é em média de 3 a 5 dias úteis. Esse prazo pode variar em função do tempo de averbação do contrato. Mas, uma vez autorizado, o banco já consegue liberar o dinheiro solicitado.

Nesta fase, é importante ficar atento também para confirmar se o valor foi creditado. Então, se há urgência em receber o dinheiro, é preciso se programar em função dos prazos previstos.

Como boa parte dos processos dos bancos já ocorrer online, o tempo de liberação do crédito também pode ser antecipado. Na prática isso quer dizer dinheiro liberado na conta em menos tempo.

O que avaliar: tempo de liberação do empréstimo consignado em cada banco.

E como saber o que não mudará de um banco para o outro?

O que não mudará de um banco para o outro?

Como o empréstimo consignado tem algumas regras específicas, determinadas pela Lei 10.820/2003, devem ser seguidas por todas as instituições.

Entre os principais pontos estão: a limitação da margem consignável e a taxa de juros nominal. 

Aposentados e Pensionistas INSS podem comprometer até 35% da sua renda mensal. Deste valor, 30% é destinado a empréstimo com desconto em folha e 5% para o cartão de crédito consignado.

A regra também é válida para o Servidores Públicos Federais, Estaduais e Municipais. Outro convênio que respeita as mesmas regras é o dos Trabalhadores de empresas privadas.

Em relação à taxa de juros nominal, esse valor foi definido em 2,08% ao mês para beneficiários INSS e em 2,05% ao mês para Servidores Públicos. No caso do consignado privado o valor médio é de 2,14%.

Em resumo, isso quer dizer que o valor cobrado pelos bancos para a taxa nominal, não pode ser superior a este.

Como saber o que os outros clientes pensam sobre aquele banco?

Ao avaliar um banco para contratar um novo crédito, refinanciar ou portar o contrato atual, vale buscar a opinião de outros clientes. 

Assim, é possível saber a opinião deles em relação ao atendimento, suporte, política de crédito, respeito ao Direito dos Consumidores, dentre outros.

Outra dica prática é avaliar também o índice de reclamações em sites especializados, como o Reclame Aqui.

No fim, tão importante quanto escolher a modalidade de crédito e aquelas parcelas que caibam no seu bolso, é saber o que avaliar em um banco, para tomar a melhor decisão.

 

Quer fazer um empréstimo consignado?

A bxblue pode te ajudar a contratar o consignado que você está precisando! Compare propostas de crédito consignado de diferentes bancos e escolha a melhor para você.

Simule seu consignado

O que avaliar em um banco antes de fazer um Empréstimo Consignado?

Posts recomendados