O que é e como utilizar a calculadora do INSS?

Publicado em: 26/06/2020

A calculadora do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) é um recurso online gratuito e fundamental para quem está em processo de aposentação ou quer saber mais sobre esse processo.
Com a ajuda da calculadora é possível simular diferentes cenários, eliminando a necessidade de ter que avaliar inúmeros documentos para isso.
Isso porque todas as informações previdenciárias são disponibilizadas de forma simplificada pelo sistema do INSS. Conheça agora mesmo todas as possibilidades e descubra as principais vantagens de utilizar esse simulador virtual!

Calculadora do INSS

Também conhecida como Simulação Automática ou Simulador de Aposentadoria, a calculadora do INSS é uma ferramenta que ajuda a calcular quanto tempo ainda falta para solicitar a aposentadoria.
Fornece informações e relaciona idade e tempo de contribuição, ficando de mais fácil entendimento.
Com isso, pode-se determinar o período em que será possível se aposentar, de acordo com diversas regras. Esse sistema se baseia nas informações previdenciárias daqueles que estão vinculados a Previdência Pública, por meio das contribuições pagas regularmente.

Como funciona?

Com a calculadora, qualquer cidadão pode fazer a simulação e descobrir quanto tempo ainda falta para dar entrada no pedido da aposentadoria.
O simulador considera a idade e sexo do solicitante, tempo de contribuição, período de carência para a aposentação, dentre outros dados. Apesar de ser uma estimativa, todo cálculo considera as regras para a concessão do Benefício Previdenciário.
Para isso, é claro, o interessado deve observar os pré-requisitos estabelecidos e os cálculos oficiais do INSS.

Quem pode utilizar a calculadora do INSS?

Todos os cidadãos com acesso ao portal Meu INSS, podem consultar a calculadora do INSS, online, sempre que precisarem, pelo site ou aplicativo, já sendo ou não segurado.
Inclui-se portanto, a esse grupo os Aposentados e Pensionistas do Regime Geral e Servidores Públicos Efetivos do Regime Próprio – em atividade ou inativos de todas as esferas que contribuem para o INSS.
Além destes, a calculadora pode ser acessada ainda por contribuintes facultativos do sistema previdenciário, como trabalhadores rurais e urbanos, empregados domésticos, autônomos e segurados especiais (pescadores ou pequenos produtores).

Cálculos disponíveis

A calculadora do INSS pode realizar sete tipos de cálculos, sendo dois deles para a aposentadoria por idade e o restante em função do tempo de contribuição. Com a institucionalização da Reforma Previdenciária, as regras de aposentadoria passaram a adotar critérios distintos.

Leia também: Novas regras do INSS: um guia completo da Nova Previdência

Com isso, o simulador também passou por adaptações. Assim, que acessar a ferramentas poderá ver as regras antigas e aquelas definidas com a Nova Previdência.

Regras antigas

De acordo com as regras estabelecidas para quem iniciou no trabalho antes da promulgação da reforma, a aposentadoria por idade estava disponível para mulheres a partir dos 60 anos e os homens aos 65. Nesse caso, atingindo a carência mínima de 15 anos, o tempo de contribuição não se aplicaria.
Já em relação à aposentadoria por tempo de contribuição, os homens poderiam se aposentar após 35 anos, sendo exigido 30 anos de contribuição das mulheres, independentemente da idade para ambos os sexos.

Regras de transição

Agora, as regras de transição permitem calcular o tempo restante de aposentadoria em cinco cenários distintos:

  • Idade: mais vantajosa para aqueles que contribuíram por longos períodos, porém não atingiram a idade mínima. O sistema calcula o período que falta para que homens completam 35 anos de contribuição e mulheres com 30 se aposentem aos 56 e 61 anos de idade, respectivamente. É importante lembrar que essa idade subirá seis meses a cada ano, completando 62 anos para mulheres em 2031 e 65 anos para os homens em 2027.
  • Tempo de contribuição (pontos): somando-se a idade e o tempo de contribuição, homens devem atingir pelo menos 96 pontos, enquanto as mulheres precisam de 86 para se aposentar. Contudo, haverá o aumento de um ponto por ano, fechando o ciclo em 100 pontos para mulheres em 2033, e 105 pontos para os homens, em 2028.
  • Tempo de contribuição (idade): de acordo com essa regra de transição, para se aposentar, o segurado deverá completar simultaneamente o tempo de contribuição e idade mínima. Isto é, dos 61 anos, pelo menos 35 deles devem ser de contribuição, se homem. As mulheres de 56 anos poderão se aposentar se contribuírem por no mínimo 30 anos. Contudo, essa regra será anualmente alterada, quando seis meses serão acrescidos na conta, completando 65 anos para homens e 62 para mulheres em 2031.

Pedágios

  • Pedágio 50%: caso falte apenas dois anos para atingir o tempo mínimo de contribuição, é possível aposentar sem atingir a idade mínima se pagar pedágio de 50% sobre o tempo restante
  • Pedágio 100%: assim como o cenário anterior, essa regra corresponde ao tempo adicional que poderá ser aplicado caso o trabalhador continue contribuindo pelo dobro do tempo que faltaria para se aposentar até as novas regras entrarem em vigor, desde que tenham à época o mínimo de 60 anos completos.

Onde e como simular a aposentadoria?

Para acessar a calculadora do INSS é bem simples. Basta que o usuário faça login no site Meu INSS. A tecnologia também pode ser acessada pelo aplicativo gratuito desenvolvido para o sistema operacional Android ou iOS.

Leia também: O cadastro do Meu INSS mudou. Crie seu novo login agora!

Na tela inicial, o usuário deve buscar a opção “Simular Aposentadoria”, nos serviços em destaque.

Como o usuário já é identificado, os sistema carrega automaticamente todas as informações que são utilizadas para o cálculo.

A primeira parte irá detalhar o perfil como idade, sexo e tempo de contribuição atuais. Já a segunda trará informações com base nas regras antigas e novas, apresentando os períodos que ainda faltam para atingir o mínimo necessário em cada opção.

Esse serviço pode ser conferido no aplicativo, pelo mesmo menu.

Quais são os benefícios da calculadora do INSS?

A calculadora do INSS é uma forma prática, rápida e eficiente para descobrir o tempo que falta para se aposentar e possíveis inconsistências.
Outra vantagem é poder ser acessada online e sem custo, permitindo também a simulação com outros dados.
Importante lembrar também que, os resultados apresentados já estão em conformidade com a Nova Previdência. Portanto, embora seja um simulador, é uma ferramenta que oferece dados precisos e fornece uma ideia bem próxima sobre o tempo que ainda deve ser cumprido para concessão da aposentadoria.
Acesse agora mesmo.


Se você é Beneficiário INSS e não quer perder mais nenhuma informação relevante, pode receber notícias selecionadas direto no seu WhatsApp. Clique aqui para se inscrever GRATUITAMENTE.

Receba novidades por e-mail
Seu e-mail foi cadastrado na nossa lista! 😍
Erro ao enviar, tente novamente.