INSS publica calendário para retorno da prova de vida obrigatória

Publicado em: 26/02/2021

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) publicou no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 26, portaria com o calendário para retorno da prova de vida obrigatória.

A portaria 1.278/2021 também assegura que os aposentados e pensionistas que não fizeram prova de vida entre março de 2020 e abril de 2021 não terão seus benefícios bloqueados. A prorrogação vale para os beneficiários residentes no Brasil e no exterior.

Em situações normais, a prova de vida é feita pelo segurado anualmente para comprovar que está vivo e garantir a continuidade do pagamento do benefício.

Leia também: Quem deve fazer a prova de vida do INSS?

Adiamento da prova de vida obrigatória

Com a pandemia do coronavírus, o INSS suspendeu em 2020 a realização da prova de vida obrigatória que normalmente é realizada no mês de aniversário do beneficiário.

No início de 2021, o órgão editou nova portaria adiando a prova de vida como condição para os pagamentos. Na ocasião, a suspensão da exigência da prova de vida para foi feita para duas competências (janeiro e fevereiro).

Nesta semana, mais uma vez, foi suspensa a prova de vida por mais 60 dias. Dessa forma, o novo adiamento da prova de vida valerá para as competências dos meses de março e abril.

Veja também: INSS anuncia novo adiamento da prova de vida e amplia prova digital

Calendário de retorno da prova de vida obrigatória

De acordo com a portaria publicada hoje, a rotina e obrigações contratuais estabelecidas entre o INSS e a rede bancária que paga os benefícios permanecem e a comprovação da prova de vida deverá ser realizada normalmente pelos bancos.

A partir da competência maio de 2021, o bloqueio resultante da falta de prova de vida aos beneficiários residentes no Brasil seguirá de forma escalonada, conforme o cronograma abaixo:

Competência de vencimento da comprovação de vidaCompetência da retomada da rotina
março e abril de 2020maio de 2021
maio e junho de 2020junho de 2021
julho e agosto de 2020julho de 2021
setembro e outubro de 2020agosto de 2021
novembro e dezembro de 2020setembro de 2021
janeiro e fevereiro de 2021outubro de 2021
março e abril de 2021novembro de 2021

O que acontece com quem não fizer a atualização?

O INSS pode bloquear o pagamento do benefício para quem não realizar a prova de vida obrigatória, até que a pendência seja regularizada. 

A medida da autarquia objetiva reduzir o número de fraudes aplicadas contra a Previdência Social.

Uma vez identificada a comprovação o pagamento é efetuado e os pagamentos seguintes liberados nas respectivas datas do calendário de pagamentos.


Se você é Beneficiário INSS e não quer perder mais nenhuma informação relevante, pode receber notícias selecionadas direto no seu WhatsApp. Clique aqui para se inscrever GRATUITAMENTE.

Receba novidades por notificação
Receba novidades por e-mail
Seu e-mail foi cadastrado na nossa lista! 😍
Erro ao enviar, tente novamente.