Crédito com débito em conta x Empréstimo Consignado. Qual é o melhor?

crédito com débito em conta x empréstimo consignado

Ainda em dúvida sobre o que é melhor entre o crédito com débito em conta ou empréstimo consignado? Então, aproveite para saber quais são as principais diferenças dessas modalidades de empréstimo pessoal e faça a melhor escolha para o seu bolso!

4 diferenças entre o Crédito com Débito em Conta e o Consignado

As linhas de empréstimo pessoal têm se diversificado ano a ano. E, isso pode se traduzir em vantagens para o tomador de crédito, tanto em relação às taxas de juros, quanto em relação à forma de pagamento dessas dívidas.

1 – Forma de pagamento da parcela

Os dois tipos de empréstimo tem suas parcelas descontadas mensalmente de forma automática. Entretanto, a forma com que esse desconto é realizado é diferente:

Crédito com débito em conta: o valor correspondente à parcela mensal é descontado da conta bancária;

Empréstimo consignado: o valor correspondente à parcela mensal é descontado do benefício INSS ou do salário, antes de ser transferido para a conta bancária. O valor do desconto é limitado pela margem consignável.

2 – Taxas de juros

A taxa de juros cobrada em um empréstimo está diretamente relacionado ao risco da operação. Assim, por mais que as duas modalidades tenham pagamento facilitado, as taxas de juros cobradas são diferentes.

Crédito com débito em conta: taxa de juros nominal média de 3,49% ao mês, para todos os casos;

Empréstimo consignado: taxa de juros nominal de 2,05% a 2,08% ao mês, para Servidores Públicos e Beneficiários INSS, respectivamente.

3 – Prazos de pagamento

Os prazos de pagamento do empréstimo podem variar conforme a modalidade, o valor solicitado e outras condições.

Crédito com débito em conta: o prazo mínimo, geralmente é de 12 e o máximo 36 meses;

Empréstimo consignado: o prazo mínimo varia entre 12 e 24 meses e o máximo 72 meses e 96 meses para Aposentados e Pensionistas INSS e Servidores Públicos, respectivamente.

4 – Limites de crédito

O limite do crédito com débito em conta pode levar em consideração a movimentação bancária. Enquanto o caso do empréstimo consignado considera apenas a renda mensal líquida disponível e/ou já utilizada.

Crédito com débito em conta: pode variar de R$2 mil a R$50 mil, conforme a instituição financeira;

Empréstimo consignado: pode variar de R$2 mil a R$150 mil, conforme a instituição financeira.

Por se tratar de um empréstimo com desconto direto na conta bancária, o crédito com débito em conta pode exigir alguns cuidados. Confira as principais dicas para não ter problemas financeiros.

Cuidados com o Crédito com débito em conta

Vale lembrar que todo empréstimo deve ser planejado. Assim, não só a sua contratação deve ser muito bem pensada, como também o planejamento do seu pagamento, para evitar atrasos no pagamento e a inadimplência.

No caso do crédito com débito em conta é preciso ficar muito atento ao saldo bancário. Isso porque, na data do vencimento o valor da parcela será debitado, independentemente do valor disponível na conta. 

Em outras palavras, isso quer dizer que, o valor será quitado mesmo que a conta esteja com o saldo negativo. O cuidado neste caso é que, muitas vezes sem perceber, o titular poderá entrar no cheque especial que, por ser pré-aprovado é acessado automaticamente.

O cheque especial também é considerado uma modalidade de empréstimo pessoal. No entanto, com uma das maiores taxas de juros do mercado. E se o cheque especial já tiver sido utilizado, o valor devido continuará sendo acumulado.

Portanto, a dívida pode ser tornar ainda maior já que além do valor devido, as taxas de juros e outros encargos vão sendo somados à conta total.

Então, a dica é: programe o pagamento das parcelas e sempre monitore o saldo bancário para evitar sustos no final do mês e controle os gastos para não desequilibrar o orçamento pessoal ou familiar.

Saiba quais são os cuidados necessários com o empréstimo com desconto em folha de pagamento.

Cuidados com o Empréstimo Consignado

O empréstimo consignado também tem suas parcelas descontadas automaticamente. Mas, diferentemente do crédito com débito em conta, o valor mensal da parcela é debitado direto da aposentadoria, pensão ou salário dos titulares.

Logo, o valor recebido na conta bancária será menor, pelo tempo em que durar o contrato do empréstimo. Por isso, é preciso também planejar a contratação do empréstimo consignado.

Da mesma forma que a conta bancária pode ficar negativa, a margem consignável também pode ser negativada. Por isso, é preciso ficar atento aos possíveis descontos indevidos ou compulsórios. Na prática, isso quer dizer que antes de contratar um novo empréstimo ou cartão consignado, é preciso conferir a margem consignável disponível.

Se não tiver margem ou a margem estiver negativada, duas possibilidades são o refinanciamento ou a portabilidade de crédito dos contratos atuais.

Antes de decidir pelo seu empréstimo procure comparar as diferentes modalidades e avaliar também as ofertas de cada banco. Faça a escolha que melhor se adequar ao seu bolso. Evite fechar qualquer negócio por impulso, você pode se arrepender! E mais, uma escolha errada por sair bem caro.

 

Quer fazer um empréstimo consignado?

A bxblue pode te ajudar a contratar o consignado que você está precisando! Compare propostas de crédito consignado de diferentes bancos e escolha a melhor para você.

Simule seu consignado

Crédito com débito em conta x Empréstimo Consignado. Qual é o melhor?

Posts recomendados