Coding Bootcamp: veja cursos de programação para servidor federal

bxblue-cursos-de-programacao-para-servidor-federal

Publicado em: 22/09/2021

A Enap (Escola Nacional de Administração Pública) está com inscrições abertas para cursos de programação para servidor federal. 

Os funcionários públicos do âmbito federal que tenham nível superior e atuam ou pretendem atuar com programação podem se inscrever até a próxima segunda-feira, 27/9.

Veja mais adiante detalhes sobre a formação, o processo seletivo e como realizar a inscrição.

Inscreva-se para receber conteúdos exclusivos sobre carreira pública
Erro ao enviar, tente novamente.

Coding Bootcamp: conheça os cursos de programação para servidor federal 

O Coding Bootcamp é uma formação do tipo licença capacitação, com uma abordagem intensiva sobre programação. O objetivo é ensinar habilidades que sejam relevantes aos profissionais.

O conteúdo inclui desde fundamentos de programação até resolução de problemas por meio de aprendizagem de máquina. 

Ao final da formação, a ideia é que os participantes tenham desenvolvido um produto, bem como a sua programação e implantação. 

Conheça as principais características da formação Coding Bootcamp:

  • Ensino de conceitos básicos de programação, como algoritmos, análise de dados e machine learning
  • Aplicação de técnicas de design de interface, experiência do usuário e banco de dados
  • Capacitação para identificar oportunidades de uso de machine learning
  • Capacitação para análise de dados e utilizá-los como base para a formulação de políticas públicas

Quais são os cursos de programação para servidor federal da Coding Bootcamp?

O site da Enap possui três cursos de programação para servidor federal no momento: Desenvolvimento web, Análise de dados e Machine learning. Porém, apenas o Machine learning está com inscrições abertas.

Saiba mais sobre o Machine learning, curso da Enap com inscrições abertas

O curso de Machine learning é voltado para o ensino dos fundamentos de aprendizagem de máquinas e como utilizá-los na solução de problemas.

Com duração de 30 dias, entre os dias 16/11 e 15/12, essa licença capacitação tem aulas remotas e ao vivo. As aulas acontecem de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h30. 

Os professores responsáveis pela condução do curso são Erick Muzart Fonseca dos Santos, que é auditor e cientista de dados do TCU (Tribunal de Contas da União), e Fernando Luiz Brito de Melo, cientista de dados do Senado Federal e instrutor de ao menos oito cursos de machine learning.

Ao longo do curso, os servidores conhecerão as melhores técnicas de machine learning e aprenderão a identificar o momento ideal para aplicá-las, por meio de modelos preditivos que contribuem para estimar cenários.

Durante a formação os alunos desenvolvem projetos que, após o término do curso, ficarão disponíveis no site da Enap. 

Quem pode se inscrever no curso Machine learning?

Embora o curso seja voltado para servidores federais de nível superior que trabalhem ou pretendem trabalhar com Machine learning, há exigências mais específicas para se inscrever na formação, tais como:

  • conhecimento intermediário em inglês;
  • conhecimento intermediário em linguagem de programação phyton;
  • conhecimento intermediário em bibliotecas pandas.

Nem todos os cursos do Coding Bootcamp possuem essas exigências. Por isso, ao se interessar por um das formações disponíveis, leia atentamente as instruções específicas daquele curso.

Como funciona o processo seletivo para o curso Machine learning?

O processo seletivo para ingressar no curso Machine learning acontece em três etapas: 

1. Inscrição: o servidor deve preencher um formulário online com informações pessoais, profissionais e apresentar um mini projeto de aplicação até o dia 27/9. O projeto consiste no esboço de um problema enfrentado pelo servidor e caminhos pensados por ele para solucioná-lo, que envolvam a aplicação do machine learning.

2. Processo seletivo: se o servidor tiver seu projeto classificado, o próximo passo será fazer um teste de conhecimento de phyton e pandas para ciência de dados. O teste é online e enviado para todos os inscritos habilitados, entre os dias 29/9 e 4/10. A duração da avaliação, elaborada em inglês, é de 1h30. A Enap indica dois conteúdos para quem deseja se preparar para a prova, na plataforma Kaggle. O resultado dos candidatos selecionados será divulgado no dia 7/10.

3. Matrícula: os aprovados deverão fazer a matrícula entre os dias 8/11 e 13/11. Os servidores selecionados devem apresentar a portaria de concessão de licença, carta de anuência da chefia imediata que o libere para a realização do curso ou comprovante de férias. Se houver desistência dos candidatos selecionados, os que estiverem na lista de espera poderão ser chamados.

Como se inscrever para o curso de Machine learning?

A inscrição para o curso de machine learning deve ser feita por meio do formulário de inscrição. São três páginas de formulário que o candidato deve preencher com as informações solicitadas (dados pessoais e profissionais). 

O tempo de inscrição consiste em alguns minutos, já que as perguntas são breves e algumas de múltipla escolha.

É importante lembrar que, nesta fase, o servidor deve ter em mãos o seu mini-projeto, pois ele deverá enviá-lo no formulário. 

Veja o cronograma completo do curso Machine learning

A seguir, reunimos as principais datas do curso:

EtapaPerído de realização
Inscrições15/9/21 a 27/9/21
Teste de conhecimento29/9/21 a 4/10/21
Divulgação do resultado do teste7/10/21
Pré-matrícula8/11/21 a 13/11/21
Realização do curso16/11/21 a 15/12/21
Fonte: Portal do Servidor

Sobre a Enap

A Enap surgiu em 1986 com o objetivo de transformar a Administração Pública por meio do conhecimento, competências e inovação. 

Para cumprir com seu papel, a Escola oferece cursos, programas de desenvolvimento, formação de carreiras e especializações nas modalidades presencial e a distância.

Ao longo de 2020, foram mais de 890 mil matrículas, 783 mil certificados emitidos e 800 mil capacitações. Além disso, a Enap também ofereceu 230 cursos a distância na plataforma EVG (Escola Virtual do Governo) e consolidou 32 parcerias com instituições de ensino estaduais.

Confira alguns exemplos de formações ofertadas pela Enap, além do Coding Bootcamp:

  • Altos executivos: voltados para líderes públicos FCPE (Funções Comissionadas do Poder Executivo)/DAS (Direção e Assessoramento Superior) 4 ou superior das três esferas e poderes
  • Certificações avançadas: formações em diferentes áreas
  • Cursos a distância de início imediato: formações com flexibilidade de horário
  • Cursos remotos com interação ao vivo: cursos para interagir com especialistas em sala de aula virtual
  • Cursos híbridos: formações com aulas presenciais e atividades online
  • Cursos presenciais: formações disponíveis em determinadas cidades
  • Doutorado: estudos de técnicas e processos que atendam demandas do mercado
  • Especialização: liderança e gestão de ações governamentais
  • Jornada gov.br: cursos focados no desenvolvimento de competências para transformação digital do governo
  • Mestrado: qualificação de gestores com conhecimentos teóricos e metodológicos
  • Servidores públicos de carreira: cursos idealizados para servidores transversais que atuam em nível gerencial

Quer receber as últimas notícias, em primeira mão direto no seu Whatsapp? Se inscreva gratuitamente: