Como saber a data de pagamento do benefício do INSS?

Publicado em: 19/03/2021

Consultar a data de pagamento do benefício do INSS é uma ação importante para aposentados e pensionistas. Isso porque com esse tipo de informação é possível se programar financeiramente, contratar um empréstimo consignado e até mesmo evitar o bloqueio de valores em razão do prazo para saque.

Vale lembrar que todos os anos o Instituto Nacional da Previdência Social divulga uma tabela com as datas de pagamento dos benefícios — e isso ocorre habitualmente no final do ano anterior ao ano de exercício.

Nesse sentido, tanto os aposentados quanto os pensionistas têm um prazo para se programarem em relação aos lançamentos futuros, otimizando o processo de organização financeira com maior tranquilidade.

Entenda como descobrir a data de pagamento do benefício sem sair de casa!

Onde consultar a data de pagamento do benefício INSS?

Todo segurado com benefício ativo tem uma data específica para receber o valor do benefício em sua conta bancária. De modo geral, o período de pagamento se altera à medida que o ano em exercício também muda.

Na prática, antigas e novas aposentadorias têm sua data determinada de acordo com o número final do benefício. Já a gratificação natalina, também chamada de 13º salário, ocorre em duas parcelas fixas previamente determinadas.

Veja também: Como consultar o benefício do INSS pelo CPF?

Para consultar a data de pagamento do benefício INSS, o segurado tem duas opções:

  1. Calendário de Pagamento
  2. Cronograma Anual

O calendário de pagamento de benefícios do INSS é um documento no qual os aposentados e pensionistas podem conferir o número final dos benefícios e consultar os respectivos dias e meses dos depósitos.

Por outro lado, o Cronograma Anual desenvolvido pelo INSS tem por objetivo demonstrar ao beneficiário a data em que o pagamento poderá ser sacado em sua rede bancária correspondente.

Vale lembrar que a programação se divide em duas etapas importantes, isto é, entre os segurados que recebem até um salário mínimo e aqueles que recebem acima desse valor.

Leia também: Como funciona o empréstimo consignado para recém-aposentados?

Como as datas são definidas?

Em termos práticos, a definição de data de pagamento do benefício INSS é influenciada por alguns fatores específicos, como o valor do benefício, número final do benefício (desconsiderando o último dígito) e de acordo com as datas do calendário definido pelo INSS.

Como já destacamos, a programação é determinada anualmente pelo INSS, geralmente durante o mês de dezembro. Além disso, o Instituto habitualmente antecipa sua folha de pagamento, sendo o mês de janeiro, por exemplo, pago entre os cinco últimos dias úteis de dezembro.

Regra 1: valor do benefício

O piso de aposentadorias e pensões do INSS é definido pelo salário mínimo. Isso significa que, seguindo as sequências de depósitos dos anos anteriores, os aposentados e pensionistas que recebem um salário mínimo são os primeiros a terem os benefícios liberados para saque, de acordo com o calendário de pagamentos.

Regra 2: número final do benefício

Outro critério utilizado para determinar o dia exato do pagamento de benefícios do INSS é o Número do Benefício de cada segurado.

Composto por uma numeração exclusiva de 10 dígitos, este código pode ser encontrado na Carta de Concessão do Benefício e segue o formato “123.456.789-0”. Para efeitos de pagamento, desconsidera-se o último dígito, devendo, portanto, se observar apenas o penúltimo — que neste exemplo é o número 9.

Regra 3: data de pagamento do benefício do INSS – 13º salário

De acordo com as regras definidas pelo Decreto nº 10.410/2020, o pagamento do 13º salário ocorrerá em meses fixos referentes às duas parcelas. A primeira corresponde até 50% do benefício devido em agosto, sendo paga concomitantemente com o benefício do mês de competência.

Nesse sentido, a segunda parcela do 13º salário — que corresponde à diferença paga e o valor total do abono salarial — deverá ser quitada no mês de competência de novembro.

No entanto, a gratificação natalina poderá ter suas datas alteradas, caso necessário. Nesses casos, porém, o segurado será devidamente comunicado das alterações aplicadas.

O que fazer se o pagamento não for pago na data?

Via de regra, os beneficiários têm o seu saldo de benefício quitado até o quinto dia útil de cada mês, de acordo com o calendário de pagamento estabelecido pelo INSS. Contudo, podem ocorrer eventuais atrasos, mudança da data ou até mesmo a suspensão temporária do benefício.

Nesse contexto, o segurado que não teve seu pagamento liberado na data marcada deve buscar os motivos pelos quais seu pagamento não ocorreu. Assim, fica mais fácil entender o que fazer para solucionar o problema prontamente.

Não raro, falhas no sistema de pagamentos, assim como atrasos e alterações de datas na Previdência Social podem levar a interrupção de pagamentos. Ademais, se houver suspeita de irregularidade, o INSS também poderá bloquear o pagamento.

Confira: O que é o pente-fino do INSS? Evite ter o seu benefício bloqueado

Abrir um requerimento no Meu INSS

Uma das formas de verificar os motivos do não pagamento do benefício na data certa é ligar para a Central de Atendimento do INSS através do número 135. Para tanto, podem ser solicitadas algumas informações básicas, como o número do benefício e demais dados pessoais.

Outra forma muito simples e prática é através do menu de serviços digitais do INSS, seja através do site Meu INSS ou Aplicativo. Confira, a seguir, como é simples abrir um requerimento online!

  • Acesse o Portal Meu INSS — ou se preferir baixe o aplicativo diretamente na Google Play ou App Store;
  • Caso seja o seu primeiro acesso, cadastre-se utilizando a Conta de Acesso Única do Governo, basta informar CPF, nome completo, data de nascimento, entre outras informações pessoais, profissionais e previdenciárias;
  • Após fazer login, escolha a opção “Agendamentos/Solicitações” no menu de serviços em destaque;
  • Na tela seguinte, toque no botão “Novo Requerimento” e digite a frase “Solicitar Pagamento de Benefício Não Recebido” no campo de pesquisa;
  • Por fim, basta selecionar o serviço de atendimento à distância para concluir a solicitação.

Pronto. O seu pedido será avaliado pelo INSS e você poderá acompanhar todo o andamento do processo utilizando o menu de “Agendamentos/Requerimentos”.

Vale lembrar que em alguns casos pode ser que o INSS solicite documentação adicional ou informações comprobatórias.


Se você é Beneficiário INSS e não quer perder mais nenhuma informação relevante, pode receber notícias selecionadas direto no seu WhatsApp. Clique aqui para se inscrever GRATUITAMENTE.

Receba novidades por notificação
Receba novidades por e-mail
Seu e-mail foi cadastrado na nossa lista! 😍
Erro ao enviar, tente novamente.