Como desbloquear o cadastro do Meu INSS? Veja o novo passo a passo

desbloquear o cadastro do Meu INSS - cadastro, aposentado, INSS, digital, online

Publicado em: 29/06/2021

Esquecer ou perder a senha de uma conta é algo desagradável, mas que não raro acontece. No entanto, a boa notícia é que hoje em dia pode-se resolver quase tudo por meio das plataformas digitais — inclusive desbloquear o cadastro do Meu INSS.

Dessa forma, aposentados, pensionistas e demais segurados da Previdência Social conseguem recuperar sua senha sem ter que ir até uma unidade do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Esse recurso permite voltar a fazer o login por meio da Central de Serviços Digitais e realizar todas as ações disponíveis.

Isso inclui inúmeras facilidades como pleitear a revisão do benefício, calcular a margem consignável para empréstimos, fazer consultas de extratos de pagamentos, solicitar benefícios previdenciários e muito mais. Por isso, descubra, a seguir, como desbloquear o cadastro do Meu INSS.

Receba novidades por e-mail.
Erro ao enviar, tente novamente.

O que pode gerar o bloqueio do cadastro no Meu INSS?

A perda ou esquecimento da senha podem fazer com que o usuário não consiga mais acessar a plataforma. O sistema também pode, eventualmente, apresentar sistemas de proteção de dados para a segurança dos usuários.

Sendo assim, quando o segurado não consegue validar suas informações, a conta pode ser bloqueada por 24 horas.

O que fazer para desbloquear o cadastro do Meu INSS?

Para resolver esse tipo de bloqueio, o beneficiário deve entrar em contato com a Central de Atendimento INSS por meio do telefone 135 ou solicitar o link e o código de segurança para a criação de uma nova senha do Meu INSS.

O processo pode ser concluído online, pela internet em 4 passos:

  1. Acesse o Meu INSS;
  2. Informe os dados pessoais
  3. Selecione a forma de recuperação da senha
  4. Crie uma nova senha

Acompanhe em detalhes cada uma das etapas abaixo.

1. Acesse o Portal Meu INSS

O primeiro passo para desbloquear o cadastro no INSS é acessar o sistema de serviços digitais, Meu INSS. O usuário deve clicar na opção “Entrar com gov.br”.

Fonte: reprodução Meu INSS

2. Informe os dados pessoais

Em seguida, será solicitado o número de CPF para viabilizar a identificação. Nesse caso, é preciso inserir apenas os números, sem o uso de símbolos. Ou seja, não é preciso utilizar traços nem barras. Depois, basta clicar em avançar.

Fonte: reprodução Meu INSS

A tela seguinte irá solicitar a senha. Como o objetivo é recuperar o login, é necesário clicar na opção “Esqueci minha senha”.

Fonte: reprodução Meu INSS

Antes de seguir para a recuperação de conta do Meu INSS, é preciso indicar que não é um robô e clicar em “Avançar”.

3. Selecione a forma de recuperação

Nessa etapa, é importante prestar mais atenção, porque dependendo do método escolhido, é preciso seguir mais passos.

Fonte: reprodução Meu INSS

Ou seja, os usuários têm direito de escolher se querem desbloquear pela validação facial, pela validação do Banco do Brasil, pela validação por e-mail ou pela validação por Internet Banking (outros bancos). Veja:

3.1 Validação facial

Para alguns beneficiários, é possível desbloquear o cadastro do Meu INSS com a validação facial. No entanto, é preciso ter CNH ou título eleitoral com biometria. Além disso, é necessário contar com o app Meu Gov.Br instalado no smartphone. Veja qual é o caminho a ser feito:

  • Validação facial;
  • QR Code;
  • CNH ou Título de Eleitor;
  • Cadastrar senha;
  • Não sou um robô;
  • Gerar QR Code.

3.2 Validação do Banco do Brasil

Aposentados, pensionistas e demais assistidos da Previdência Social têm a opção de fazer a autenticação pelo Banco do Brasil.

Ao clicar nessa alternativa, o solicitante será encaminhado ao site do banco, no qual terá que fazer o login (conta bancária, agência e senha de 8 dígitos da instituição financeira).

A partir daí, basta acompanhar as orientações do sistema até que a operação seja finalizada com sucesso.

3.3 Validação por e-mail

Para recuperar a conta pelo e-mail, o interessado deverá aguardar uma mensagem do INSS que será direcionada ao endereço eletrônico anteriormente repassado por ele à Previdência.

Depois disso, basta abrir a mensagem, copiar e colar o código – ou digitar o número no aplicativo Meu INSS.

3.4 Validação por Internet Banking

Por fim, a última opção do usuário para reaver uma conta é usar o Internet Banking de algumas das 8 instituições financeiras autorizadas a realizar o procedimento. Essa alternativa é direcionada apenas aos correntistas dos seguintes bancos:

  • Banco do Brasil;
  • Banese;
  • Banrisul;
  • Bradesco;
  • Itaú;
  • Caixa Econômica Federal;
  • Santander;
  • Sicoob.

4. Crie uma nova senha e finalize a operação

Depois de escolhido o canal para recebimento do código, com o mesmo em mãos, é hora de seguir para a etapa de finalização do trâmite. Assim, deve-se copiar o código no espaço em branco do sistema e clicar em “Avançar”.

Na página seguinte, vai surgir a tela para que a nova senha seja inserida. Essa palavra-chave terá de ser repetida no botão de confirmação – e deve contar com no mínimo 8 e no máximo 70 caracteres.

Também é importante elaborar senhas complexas para evitar fraudes e invasão de contas. Assim, utilize letras maiúsculas e minúsculas e coloque símbolos para evitar ataques hackers e de outros criminosos.

Por fim, aperte “Concluir”. Feito isso, a senha nova começa a valer imediatamente.

Canais de atendimento do INSS

Existem diversos canais do INSS para ajudá-lo a a recuperar a sua senha. Afinal, pode acontecer algum problema que exija um atendimento mais específico, não sendo possível realizar os procedimentos destacados anteriormente. São eles:

Central de Atendimento 135

O número 135 é o telefone do INSS, sendo que o serviço fica à disposição do público de segunda a sábado, das 7 às 22 horas. Além disso, as chamadas feitas de telefones fixos e públicos não são cobradas tarifas.

Portal do INSS

Existe também o próprio Portal do INSS. Nesse caso, é possível acionar a Ouvidoria caso você encontre alguma dificuldade em desbloquear o cadastro do Meu INSS. Nele também há vários serviços online disponíveis.

Rede de atendimento

A rede de atendimento do INSS é formada por agências fixas e móveis. Assim, tanto no site como no telefone 135 é possível consultar qual é a unidade mais próxima para cada beneficiário.

Em razão da pandemia, alguns dos endereços físicos não estão funcionando em determinadas regiões e Estados. Ou seja, antes de ir até uma unidade da Previdência Social, verifique se ela está realmente aberta.


Se você é beneficiário INSS e não quer perder informações relevantes, pode receber notícias selecionadas direto no seu WhatsApp.  Clique aqui para se inscrever GRATUITAMENTE.