Dia dos Pais na bxblue: entre reuniões, refeições, banhos e afeto

Em homenagem ao Dia dos Pais, reunimos relatos de pais da bxblue sobre a paternidade nos tempos atuais.

bxblue-dia-dos-pais-capa4.

Das mudanças na rotina das famílias no último um ano e meio, uma se destacou: o convívio maior de mães e pais com seus filhos por causa do trabalho remoto. E é em homenagem ao Dia dos Pais, celebrado em 2021 no dia 8 de agosto, que a bxblue traz as histórias de paternidade de alguns de nossos blues (como são chamados, carinhosamente, os colaboradores da bxblue).

Em depoimento especial, os blues falam neste Dia dos Pais das dores e delícias da paternidade moderna e reflexos do “novo normal” na relação com os filhos.

Tempo de qualidade

Bernardo Lima, um dos nossos líderes do super time de tech, vivencia esta experiência recentemente, com a chegada da sua primogênita, a pequena Stella, no dia 30/03.

Sabemos que, mais do que enaltecer a importância da figura paterna para o desenvolvimento saudável das crianças, medidas efetivas são indispensáveis para garantir a presença dos pais no dia a dia dos filhos. É por isso que os blues têm direito a 30 dias de licença-paternidade, para estarem ao lado do recém-nascido e da mãe neste período delicado dos primeiros momentos de vida dos filhos. E foi o que aconteceu com o Bernardo, um dos primeiros a usufruir da licença estendida:

A rotina muda, a quantidade de energia muda, as prioridades mudam, a quantidade de “nãos” aumenta. Mas fico tranquilo pelo amparo que tenho do time e da empresa para seguir de forma saudável com essa adaptação e continuar fazendo o meu melhor tanto na paternidade quando na carreira.

bxblue-dia-dos-pais-bernardo-2
Bernardo com sua filha, Stella, no colo.

Do lado de cá, todos os blues ficam sempre na maior expectativa pelas novidades das crianças, e qual não foi nossa surpresa ao receber uma apresentação do Bernardo compartilhando sua experiência de estreante na paternidade:

Ter mais pessoas passando pelo mesmo processo na bx, ou que já passaram, tem sido muito legal também para poder contar com a experiência e a compreensão de todo mundo. Trazer lembranças para alguns e ajudar a preparar outros/as foi uma forma legal de fazer essa energia rodar entre nós.

Não à toa, enquanto a frase que o Bernardo lembra de dizer nas conferências online é “cheguei agora porque estava trocando fralda”, o que ele ouve em resposta é: “Legal, mas… cadê a Stella?” Afinal, nada como um bebê na tela para animar qualquer videoconferência – e não raro fotos atualizadas são pedágio a ser pago pelos nossos blues.

bxblue-dia-dos-pais-bernardo3

Outro integrante do nosso rol de novos papais é o desenvolvedor do time de tecnologia Fabiano Alves. Há três meses com a Olivia, Fabiano ressalta que o maior desafio da paternidade nesta pandemia é manter e ajudar a família a manter a saúde física e mental.

Precisamos cuidar não só dos protocolos de higiene, mas dedicar um tempo para as conversas e brincadeiras para aliviar o estresse. Ser pai está naturalmente associado a amar incondicionalmente e se preocupar com os filhos, e esta pandemia nos traz várias preocupações adicionais.

Neste cenário, Fabiano não deixa de registrar também a importância da compreensão de todos ao redor nesta nova fase com a Olivia:

A paternidade é fulltime e todo o tempo da vida pessoal é dedicado a isso. O profissional tem o horário diário definido, mas, como é home office, vez ou outra acabo indo exercer meu papel de pai e dar um cheiro pra acalmar minha bebê. Tem sido puxado, e um pouco cansativo, mas extremamente gratificante.

Fabiano já trabalhava de modo remoto, mas com a chegada da sua filha, cita entre os novos desafios manter a objetividade e desempenhar suas funções “que antes exigiam 100% de concentração, em uma atenção um pouquinho dividida com minha bebê“.

bxblue-dia-dos-pais-fabiano.

Assim, um dos aprendizados, afirmou, é aprender a se dividir entre as atividades.

A paternidade me ensinou o que realmente é o sentimento de ternura e de cuidado. Me ensinou o que é amar alguém além do que se acha possível. Me ensinou a dormir poucas horas por noite e mesmo assim ficar feliz e bem porque tem um bebezinho lindo sorrindo (depois que passa o chorinho) sempre que se acorda na madrugada. Tem me ensinado bastante sobre não ter rotina e que não temos controle de tudo. Me ensinou que não sei de muita coisa e que todos os dias são de novos aprendizados.

Trabalho e diversão podem andar juntos

Para o Bruno Pedroso, um dos mais antigos blues e que também lidera nosso time de tech nas suas mágicas, a experiência do home office integral não é nova. Mas com a esposa Camila também trabalhando de casa e a Cora (4 anos) e o Bento (8 anos) sem frequentarem as aulas em razão da pandemia, os desafios para organizar os horários aumentaram, com o casal se dividindo na atenção com os filhos:

Os meninos sentiram muita falta durante o tempo em que a escola estava suspensa. Depois que voltou, mesmo em parte, eles se ascenderam de alegria e tudo ficou muito mais fácil.

No home office o que não falta, claro, são fatos divertidos envolvendo as crianças. E o Bento, quando ainda tinha cerca de cinco anos, protagonizou uma especial:

Um dia Bento soltou um baita palavrão. Na hora me assustei e virei para ele: Bento! Quem foi que te ensinou a falar isso?! – Foi você, papai.” Coisas da paternidade, não?

bxblue-dia-dos-pais-bruno
Bruno Pedroso ao lado da Cora e do Bento.

Na bxblue, Pedroso trabalha seis horas por dia e conta que consegue dedicar bastante tempo para as crianças – o que não impede, claro, que folgas sejam necessárias. E uma lição da paternidade que nosso blue destaca neste Dia dos Pais é “o fato de as coisas que realmente importam, e que são maravilhosas, são necessariamente as mais difíceis. E que, por mais difíceis que sejam, a alegria compensa de sobra”.

Convidados especiais nas videoconferências

Para celebrar a chegada de um filho ou uma filha, tanto as mamães quanto os papais blues recebem um mimo por ocasião do nascimento. Aqui, os blues têm toda a liberdade: os horários flexíveis permitem que tanto os pais quanto as mães se organizem da forma que acharem melhor.

É por isso que, entre uma tarefa e outro, Roberto Braga, cofundador e CMO da bxblue, consegue parar para trocar a fralda do Gabriel, com 1 ano e 4 meses (e que faz a alegria nas videoconferências do time de Marketing).

E que o Júlio Fernandes, head de Finanças, pode parar para dar banho na Sofia. Aliás, a Sofia, quando aparece, é certeza de animação para todo o time da bxblue:

bxblue-dia-dos-pais-julio
Júlio Fernandes com a filha, Sofia.

Outro que faz aparições especiais nas conferências online da bxblue é o Luke, de 2 anos e 7 meses, filho do Edson Ma, que integra nosso time de tecnologia:

Às vezes no meio de uma reunião alguém comenta: “Acho que sua porta abriu sozinha e tem alguém do seu lado aí te observando”. E o susto que eu tomo?!

O Ma conta que era acostumado a fazer muitas atividades extras e, com a paternidade, o tempo ficou bem limitado, principalmente nos primeiros meses da vida do Luke.

bxblue-dia-dos-pais2
Edson Ma segura seu filho, Luke.

Mesmo depois dele crescer mais e ter a chance de voltar pra algumas atividades, sempre há o pensamento: Vou crochetar ou jogar bola com o Luke? A escolha geralmente tende a ser fazer algo com ele rs. A organização das tarefas e escolhas das atividades são sempre planejadas pensando nele e de certa forma é um grande aprendizado de como conciliar vida pessoal e carreira.

Por isso, segundo o Ma, a paternidade o fez dar muito mais valor ao tempo do trabalho e momentos de “cuidar” do pequeno Luke.

Home office tem suas coisas engraçadas. Ele aprendeu que eu preciso trabalhar, aí 7h da manhã, no domingo, ele vai ao meu quarto, me puxa e fala: “Papai, trabalhar, trabalhar!” e só sossega se eu for ao escritório! 

Mudanças que vieram para ficar

Fabricio Buzeto, nosso CTO e cofundador, também conhecido por Fabs, ressalta neste Dia dos Pais um outro lado, ao se ver com menos tempo para passar com seu filho Theo, por conta dos trabalhos de casa, que ficam cada dia mais intensos:

Ter uma criança em casa 24/7 é um pequeno gerador de caos bem intenso. Mas de toda forma, meu sentimento de ser pai continua tão forte quanto no dia que vi o Theo pela primeira vez. Fui tomado por uma paixão quase adolescente ao ver aquele projeto de ser humano na minha frente. E todo dia é um dia novo, uma pessoa nova que conquista meu coração. Afinal, em meio a tanta coisa, ouvir uma pessoinha dizer “Pai, tá na hora de me dar colo” sempre me desmonta todo.

Por isso vemos, em meio ao caos da pandemia, que apesar dela muitos pais que eram viciados em trabalho redescobriram o prazer de passar mais tempo com seus filhos. Sem dúvida, uma das grandes vantagens do trabalho remoto. É a experiência, aliás, que compartilha o nosso CEO Gustavo Gorenstein (o Guga):

 bxblue-dia-dos-pais-guga

Não é diferente, aliás, do que passa o Luan Pallin, do time operacional da bxblue, com sua filha Isabella, de 9 anos:

O desafio mesmo é eu me segurar pra ir brincar com ela toda hora. Pra mim o maior desafio é não conseguir dar atenção que minha filha merece em determinados momentos (principalmente nas chamadas de vídeo). Entretanto, o fato de tê-la por perto o dia todo é muito bom! Fico com o sentimento de que posso ajudar a qualquer momento. É realmente muito melhor do que qualquer outro tipo de trabalho presencial.

O convívio maior tem sido uma das principais vantagens para o Luan:

Minha filha estava pedindo licença ao entrar no meu escritório durante uma chamada de vídeo. Nessas situações, o que geralmente acontece (em empresas tradicionais) é evitar que a criança apareça para não atrapalhar a reunião. Mas os integrantes da reunião pediram pra vê-la, totalmente o contrário do que acontece no meio tradicional, e bateram o maior papo com minha filha. Agora, todos perguntam por ela.


E das lições da paternidade, Luan destaca uma: “Um coração não é suficiente para tanto amor.

Independentemente de quais sejam as alegrias e dores de cada blue que encara a nobre missão da paternidade, são todas experiências únicas que merecem ser compartilhadas. E é por isso que na bxblue vamos repetir um evento especial que aconteceu no Dia das Mães, promovendo uma roda de conversa tanto dos nossos blues quanto dos companheiros de funcionárias da bxblue que são pais.

O objetivo é promover um espaço seguro e de confiança para trocarem ideias, sentimentos e lições do dia a dia com seus filhos, como a que conta o Bernardo:

A humildade de me colocar em segundo plano e fazer o que tem que ser feito para uma criança que depende completamente da sua responsabilidade. A paternidade me ensinou que o sorriso da pequenininha tem o poder de melhorar por completo qualquer coisa ruim do dia.

Bernardo Lima, tech lead e pai da Stella

Simule seu empréstimo consignado

O que você quer descobrir?

Seu convênio:

Qual é a sua margem consignável?

Em quantas parcelas?

Em quantas parcelas?

Em quantas parcelas?

Empréstimo de até

R$

Proposta sujeita à confirmação de margem consignável


Saiba tudo de empréstimo consignado e confira dicas para organizar sua vida financeira no canal da BX Blue no YouTube: inscreva-se gratuitamente aqui.


Redação BX Blue

Redação BX Blue

Somos especialistas em empréstimo consignado e focados em divulgar informações úteis para as suas finanças.

Quer fazer um empréstimo consignado?

A bxblue pode te ajudar a contratar o consignado que você está precisando! Compare propostas de crédito consignado de diferentes bancos e escolha a melhor para você.

Simule seu consignado