As 10 principais dúvidas comuns sobre o cartão de crédito consignado

Saiba quais são as dúvidas comuns sobre o cartão de crédito consignado e veja como garantir o seu! Simule, compare e contrate online!

bxblue - bxblue - cartões de crédito empilhados - dúvidas comuns cartão de crédito consignado

Apesar de ter se popularizado cada vez mais, o cartão de crédito consignado ainda gera muitas dúvidas entre os usuários e pessoas que pretendem fazer a sua adesão.

Muitas vezes por falta de conhecimento essa opção de crédito – que é muito vantajosa, deixa de ser utilizada. Com isso, linhas de crédito mais cara acabam sendo contratadas, sem necessidade.

Entenda o que é o cartão consignado, suas vantagens, diferenças entre o cartão convencional e muito mais.

As 10 principais dúvidas sobre o cartão de crédito consignado respondidas

Entre as 10 dúvidas comuns sobre o cartão de crédito consignado estão desde as mais clássicas, até algumas mais específicas.

1) O que é o cartão de crédito onsignado?

O cartão de crédito consignado funciona da mesma forma que os cartões comuns. O usuário pode efetuar compras parceladas e, inclusive, sacar dinheiro nos caixas 24 horas que tenham essa opção.

A principal diferença entre o cartão consignado e o cartão convencional está na forma de pagamento da dívida.

Aqueles que têm direito ao cartão de crédito consignado podem descontar automaticamente do salário ou do benefício previdenciário, parte do valor total gasto no mês.  

Exatamente por este motivo que as instituições financeiras conseguem disponibilizar taxas mais atrativas, ou seja, bem menores que as cobradas normalmente.

2) Quem pode contratar o cartão de crédito consignado?

Entre as dúvidas comuns sobre o cartão de crédito consignado mais pesquisas na internet estão: quem pode contratar? Qualquer pessoa pode fazer a contratação?

O cartão consignado, assim como o empréstimo consignado estão disponíveis para:

  • aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS);
  • servidores públicos federiais (SIAPE), estaduais e municipais;
  • funcionários que tenham registro em carteira e trabalhem em empresas privadas.

Essas são as três categorias atendidas por esta modalidade de crédito pessoal. O cartão consignado pode ser solicitado, inclusive por quem está com o nome negativado.

Cada pessoa pode ter um cartão vinculado ao seu CPF (Cadastro de Pessoa Física). Entretanto, quando permito, pode pedir um cartão adicional.

Portanto, não são todas as pessoas que podem obter esse crédito, porque tem vantagens exclusivas para determinadas categorias.

3) Qual é a margem consignável utilizada?

A margem consignável total, ou seja, o valor máximo da renda líquida que pode ser comprometida com as parcelas do(s) empréstimo(s) ou cartão consignado é de 35%.

Na prática, isso quer dizer que uma pessoa não pode gastar mais do que isso – para evitar o superendividamento com os descontos automáticos no salário, aposentadoria ou pensão. Essas regras estão previstas na Lei do empréstimo consignado (Lei 10.820/2003).

Destes ainda, 30% é destinado a empréstimos consignados e 5% fica restrito ao uso do cartão de crédito.

Assim, por exemplo, se um segurado recebe o valor líquido de R$2.500, R$875,00 estarão disponíveis como margem consignável total. E o valor do cartão de crédito que pode ser debitado automaticamente nos benefícios é R$125,00.

O cálculo da margem consignável do cartão de crédito, em resumo, é feito da seguinte forma:


Margem consignável para cartão consignado = Valor líquido recebido mensalmente x 0,05

4) Qual é o valor da taxa de juros do cartão consignado?

Enquanto que o cheque especial e cartões de crédito comum apresentam taxas de juros maiores que 20% ao mês, o cartão consignado tem uma taxa média mensal de 3,5%.

No caso de aposentados e pensionistas da Previdência Social, a taxa nominal é regulada pelo teto de 3,06% ao mês.

Essa regulamentação previne que os bancos pratiquem taxas de juros abusivas, mesmo quando se fala no crédito rotativo – que também tem taxas menores.

Vale lembrar que é sempre muito importante comparar as ofertas e propostas dos bancos com base no Custo Efetivo Total (CET). Essa referência é a que engloba todos os custos diretos e indiretos, impostos, dentre outros.

5) Qual é o valor das parcelas?

Qual é o valor que eu preciso pagar da parcela mensal?

O cálculo e o valor máximo das parcelas são outras dúvidas comuns sobre o cartão de crédito consignado. A recorrência se deve ao fato de que isso impacta no planejamento financeiro pessoal ou familiar.

Quem tem um cartão consignado paga automaticamente o valor mensal da fatura. Nem sempre esse total irá corresponder ao valor da margem consignável de 5%. A dica, nestas situações, é sempre manter os gastos dentro do limite da margem consignável.

Se a dívida for maior, no mesmo período, o contratante pode optar por pagar o valor da diferença em boleto. Se o excedente não for quitado no mesmo mês, será adicionado ao total da fatura do próximo mês. 

Saldos não quitados até o vencimento passam a ter a incidência da cobrança de juros mora ou de juros adicionais, porque entra no crédito rotativo. Mesmo que o rotativo do consignado seja menor, é preciso lembrar que a dívida inicial irá aumentar.

Os valores podem ser parcelados em até 96 meses, no caso dos funcionários públicos federais.

6) O que acontece se a fatura não for paga?

Não paguei a fatura do cartão de crédito consignado. O que acontece?

A fatura do cartão consignado é similar a dos demais cartões. O resumo deve apresentar o limite liberado e já utilizado e a relação das despesas.

Como o valor mínimo da fatura é descontado automaticamente todo mês, o titular do cartão não se torna inadimplente.

O que ocorre com o não pagamento total da fatura é que, descontado os 5% do valor líquido dos benefícios, o restante da parcela será acrescido dos juros e de eventuais novos gastos é lançado para a mensalidade seguinte.

E assim por diante, até que a dívida seja paga em sua totalidade.

7) Qual é o limite pré-aprovado?

O limite do crédito consignado depende do quanto se recebe de salário ou benefício. Assim, por exemplo, servidores públicos federais (SIAPE), costumam ter limites maiores, justamente porque ganham mais.

Para o cartão de crédito consignado, o limite liberado é em média de 25 a 27 vezes o valor da margem consignável.

Simule seu limite do cartão consignado

Seu convênio:

Valor do seu benefício

Valor do seu salário

Limite de até

R$

Proposta sujeita à confirmação de margem consignável

Ou seja, se o interessado tem a margem de R$125,00, o limite do seu cartão de crédito consignado pode variar de R$3.125,00 a R$3.375,00.

Todos os valores e propostas precisam ser confirmadas pelas instituições financeiras contratadas e mencionadas em contrato.

Já o valor da parcela irá depender também do valor gasto e do prazo escolhido para pagamento.

8) Como funciona o saque do cartão de crédito consignado?

O saque do cartão consignado permite que parte do limite seja liberado instaneamente e em dinheiro. Fica a critério do titular a sua destinação.

Dessa forma, quem tem o cartão pode usar para as compras parcelas ou para o saque em espécie. É claro que um dos usos interferem na liberação do outro, por isso é preciso ficar atento.

Conforme nova lei vigente desde 2020 o limite máximo para saques do cartão de crédito consignado é de até 70%. Assim como o limite e a taxa de juros, essa porcentagem pode variar conforme a instituição financeira contratada.

9) Posso ter um cartão de crédito sem anuidade?

Sim, as condições no entanto, vão depender da oferta de cada banco. Além da isenção da anuidade muitas operadoras de cartão oferecem outros programas de vantagens como:

  • fidelidade;
  • acúmulo de pontos ou milhas;
  • cashback.

Isso quer dizer que, se o cartão não for utilizado o titular não paga nada. Ou seja, não haverá o desconto no salário ou benefício INSS. Essa é mais uma segurança financeira, além de ser sinônimo de economia.

10) O que é necessário para contratar?

Os documentos necessários para solicitar o cartão de crédito consignado são muito simples:

  • RG (Registro Geral);
  • CPF (Cadastro do Pessoa Física);
  • Comprovante de renda atualizado: emitido pelo Meu INSS ou SouGov;
  • Comprovante de endereço.

Servidores federais também precisam emitir a autorização de consignatária e dar a dupla anuência no sistema online.

bxblue- consignações no SouGov.br

Onde solicitar o cartão de crédito consignado?

Então, teve suas dúvidas comuns sobre o cartão de crédito consignado respondidas? Preparamos ainda um resumo especial:

Pretende contratar essa opção de crédito mas não sabe como? A bxblue pode te ajudar. Você pode simular, comparar ofertas e contratar seu cartão consignado em poucos minutos. O processo ocorre pela internet, mas com a mesma segurança de quem vai a um banco.

Garanta o seu cartão, o crédito ou o dinheiro necessário para o que você precisar, sem burocracia.


Saiba tudo de empréstimo consignado e confira dicas para organizar sua vida financeira no canal da BX Blue no YouTube: inscreva-se gratuitamente aqui.


Redação BX Blue

Redação BX Blue

Somos especialistas em empréstimo consignado e focados em divulgar informações úteis para as suas finanças.

Quer fazer um empréstimo consignado?

A bxblue pode te ajudar a contratar o consignado que você está precisando! Compare propostas de crédito consignado de diferentes bancos e escolha a melhor para você.

Simule seu consignado