Empréstimo Consignado Privado pode ter juros reduzido ainda em 2018

bxblue-emprestimo-consignado-privado-pode-ter-juros-reduzido-ainda-em-2018-pelos-bancos

O empréstimo consignado privado, garante as mesmas condições do crédito consignado para um grupo específico de pessoas.

A modalidade já traz inúmeros benefícios e pode ter ainda juros reduzidos, neste ano. Saiba mais!

 

Empréstimo Consignado Privado pode ter juros reduzido ainda em 2018

Medidas anunciadas recentemente, devem trazer novidades para o bolso daqueles interessados em contratar um empréstimo consignado privado.

Alternativa para quem  busca crédito barato e sem burocracias, o crédito consignado tem sido uma das opções mais procuradas.

Mas o que é empréstimo consignado privado?

 

O que é Empréstimo Consignado Privado?

O empréstimo consignado privado é a modalidade de empréstimo pessoal em que as parcelas são descontadas direto do contracheque ou salário mensal do trabalhador.

Funciona como qualquer outro empréstimo em que é necessário pagar uma prestação mensal. A diferença, portanto, está na forma como esse pagamento é realizado.

Neste caso, não há a necessidade de pagar boletos, já que a prestação do empréstimo é descontada automaticamente do salário.

Leia tambémComo funciona o Empréstimo Consignado?

Isso só é possível em função do convênio das empresas privadas com os bancos, que permite a averbação do contrato do empréstimo consignado e a liberação do dinheiro na conta do funcionário.

Com o dinheiro em sua conta, o colaborador pode usar da maneira como preferir: realizar a viagem dos sonhos, pagar dívidas mais caras, comprar ou quitar o financiamento do carro.

Saiba agora quem pode contratar o empréstimo consignado privado e descubra como essa modalidade de crédito pode te ajudar!

 

Quem pode contratar Empréstimo Consignado Privado?

São elegíveis ao empréstimo consignado privado aqueles trabalhadores com carteira assinada de empresas privadasOu seja, que atuam em regime CLT (Consolidação das Leis do Trabalho).

Nesta modalidade, a renda fixa é a garantia que os bancos entendem como forma de minimizar o perfil de risco do consumidor.

Portanto, o crédito consignado não é não é liberado para assalariados ou autônomos.

Entretanto, o empréstimo consignado pode ser contratado por funcionários negativados. Ou seja, mesmo estejam com o nome do SPC ou SERASA.

Os bancos não fazem análise do histórico devedor do tomador. Isso ocorre porque a consignação em folha, reduz o risco do não recebimento da dívida.

Leia tambémEmpréstimo para negativados: sem consulta SPC ou Serasa

Para isso, é necessário que tenham margem consignável disponível. A margem consignável é o limite do salário do trabalhador que pode ser comprometido com as despesas do empréstimo ou cartão de crédito consignado.

Como os funcionários de empresas privadas não contam com a estabilidade financeira de Servidores Públicos ou Beneficiários INSS, a taxa de juros nominal é maior.

Esse valor gira em torno de 3,0% ao mês, podendo variar de banco a banco.

No entanto, o empréstimo consignado privado ainda é a linha de crédito mais barata se comparada aos demais créditos pessoais. A exemplo disso, estão o cartão de crédito e o cheque especial.

Embora o empréstimo consignado seja mais barato, o Ministério do Planejamento ainda estuda formas para reduzir seus juros, ainda neste ano.

 

Ministério do Planejamento estuda reduzir juros do Consignado

Um balanço sobre as operações de crédito consignado foi divulgado recentemente pelo Ministério do Planejamento.

O Governo Federal anunciou a redução dos juros do empréstimo consignado para os trabalhadores do setor privado.

A redução deve ocorrer agora, no segundo semestre de 2018.

Essa medida, é uma sequência da decisão anunciada no ano passado, da redução do teto de juros do empréstimo consignado para Servidores Públicos e Aposentados e Pensionistas INSS.

Até abril de 2017 o teto estava em 34,5% ao ano para o setor Público. Enquanto para os beneficiários INSS era de 32% ao ano.

Julio Alexandre, secretário de Planejamento e Assuntos Econômicos (Seplan) do Ministério do Planejamento, afirma que:

O consignado é importante porque permite acesso a recursos com taxas mais baixas, contribuindo para que as famílias utilizem esse crédito no pagamento de dívidas com juros mais altos ou para melhorar suas condições financeiras

Como a saída do país da recessão, no início do ano passado, o Banco Central já tinha iniciado um trabalho para redução das taxas básicas de juros.

Essa também foi uma oportunidade identificada para melhorar as condições do empréstimo consignado. Justamente por ser visto como um importante instrumento de acesso ao crédito.

Entre abril de 2017 e março de 2018, com a baixa dos juros o empréstimo consignado injetou cerca de R$ 16 bilhões de crédito no mercado.

A expectativa, com a nova redução é de que esse número também aumente até o fim deste ano.

Vale ressaltar que, o uso do saldo no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) como garantia do pagamento, deve contribuir para o aumento do acesso ao crédito e redução da inadimplência.

Apesar do crédito consignado privado ser descontado direto do salário do empregado, em caso de demissão, o tomador do crédito é quem deve assumir todos os pagamentos.

Dessa forma, o uso do FGTS beneficiaria tanto o interessado no crédito, quanto aos bancos. Saiba mais.

 

FGTS poderá ser utilizado como garantia

Em termos normativos, para utilizar o FGTS como garantia no empréstimo consignado, não é necessária nenhuma mudança na lei, como afirma Julio.

A Caixa Econômica Federal, como agente operador do FGTS, já está trabalhando nessa agenda. Neste momento, eles estão realizando os trabalhos de tecnologia da informação para montar uma plataforma que possibilite a operação

Ele acrescentou ainda que a medida não deve afetar negativamente a saúde financeira do FGTS, uma vez que a garantia só será acionada em casos de demissão sem justa causa.

O número de empréstimos consignado para o setor privado, também é muito pequeno (menos de 6% do total emprestado), o que não traz tanta preocupação.

É importante lembrar que o crédito consignado com uso do FGTS existe desde abril de 2017. No entanto, por dificuldades operacionais não avançou.

Outra desvantagem, foi que a taxa inicialmente oferecida pelos bancos privados era superior ao consignado tradicional. Na época 3,5% ao mês ou 51% ao ano.

Saiba agora como contratar um empréstimo consignado privado.

 

Como solicitar um Empréstimo Consignado Privado?

O primeiro para para solicitar um empréstimo consignado provado, o funcionário precisa procurar a área de Recursos Humanos da empresa.

Além de informar o interesse em contratar o empréstimo consignado privado, confirmar em quais bancos a empresa já tem convênio.

Para que o crédito possa ser liberado e averbado, a empresa precisa obrigatoriamente ter convênio com o banco. 

Caso seja mais de um banco, a recomendação é sempre comparar as taxas de juros e condições de pagamento. Para isso, é possível utilizar o simulador de empréstimo consignado online.

A partir desta facilidade, o funcionário poderá obter as melhores condições para o seu contrato.

Crédito na conta em até 48 horas. Empréstimo consignado rápido e seguro. Simule e contrate online! 

 

Quer fazer um empréstimo consignado?

A bxblue pode te ajudar a contratar o consignado que você está precisando! Compare propostas de crédito consignado de diferentes bancos e escolha a melhor para você.

Simule seu consignado

Empréstimo Consignado Privado pode ter juros reduzido ainda em 2018

Posts recomendados