3 dicas para não estourar o limite do Cartão de Crédito Consignado

Não existe nenhum segredo para não estourar o limite do cartão de crédito consignado. A dica é: use com consciência. Mas se, por algum motivo foi necessário usar todo o limite de crédito disponível, saiba o que fazer para não se endividar ainda mais. 

3 dicas para não estourar o limite do seu cartão

Limite de crédito pré-aprovado e disponível é sempre bem-vindo. No entanto, é preciso muito cuidado na hora de utilizar para evitar entrar no vermelho e, ainda, ter o cartão de crédito consignado disponível quando precisar. Então, aproveite para conferir essas dicas!

1 – Crie critérios para usar o seu cartão de crédito

Num primeiro momento isso pode não parecer fazer sentido. No entanto, se algumas regras ou critérios forem adotados, certamente ficará muito mais fácil controlar os gastos com o cartão. Uma boa dica dos especialistas financeiros é sempre avaliar a necessidade do uso do crédito.

Depois, vale a pena também avaliar as opções disponíveis, como orienta Hugo Santos, consultor financeiro:

Nem sempre o cartão de crédito será a melhor opção. Por estar mais acessível, muitas pessoas nem avaliam as alternativas e com isso, podem pagar mais caro.

Na prática isso significa que, podem existir soluções melhores. Conhecer e comparar as taxas de juros e o Custo Efetivo Total, podem ajudar a fazer a melhor escolha.

2 – Mantenha os gastos dentro do limite da margem consignável

Essa recomendação é muito simples e deveria ser utilizada em qualquer caso, para ter uma boa saúde financeira. Estourar o limite do cartão de crédito pode ser apenas o início do sintoma do descontrole financeiro. E, se não for resolvido, pode levar a outros problemas mais graves.

Leia também7 dicas para não se endividar com o Cartão de Crédito Consignado

Assim, a dica básica é: gaste menos do que ganhe. E, no caso do cartão de crédito consignado, vale a pena manter os gastos dentro do limite de 5% da margem consignável.

Esse será o valor descontado automaticamente do salário ou benefício INSS. Se o gasto for superior, será necessário pagar a fatura adicional, dentro do mês. Ou seja, dependendo da situação, pode haver dois descontos, o que irá comprometer a renda mensal.

3 – Use o cartão como uma reserva financeira

O limite do cartão de crédito consignado pode ser utilizado em compras parcelas ou saques em dinheiro. Essa facilidade permite, portanto, acesso fácil a dinheiro ou crédito extra. Por esse motivo, o cartão de crédito consignado também pode ser utilizado como uma reserva financeira. Ou seja, para casos emergenciais.

Dessa forma, não é preciso buscar outras modalidades de empréstimo pessoal, passar por análise de crédito e todo processo já conhecido. Basta, usar o cartão e se ainda não estiver desbloqueado, solicitar o seu desbloqueio.

Entenda agora o que fazer se o seu limite já entrou no vermelho.

O fazer se o limite do Cartão de Crédito Consignado tiver estourado?

Estourei o limite do meu Cartão de Crédito Consignado, o que faço?

O primeiro ponto é: ligue o sinal de alerta! O segundo e mais importante é pagar o débito.

Mas será que é mesmo possível estourar o limite do cartão de crédito consignado?

A resposta é sim! Apesar da margem consignável se manter a mesma, por determinação de lei, o limite de crédito pode ser atingido e até ultrapassado, em alguns casos.

Além de não ter mais saldo disponível, o titular do cartão terá que quitar o saldo devedor. Esse valor pode ser pago via desconto automático (5% da margem consignável) e também pelo pagamento da fatura adicional.

Se o valor integral da fatura não for quitado, o valor vai sendo acrescido da taxa de juros do crédito rotativo. Portanto, a dívida pode aumentar.

A dica nesta situação é, se possível, pagar parte do valor aberto. Como a fatura mensal é emitida normalmente pelo banco, seu pagamento pode ser realizado direto nos caixas eletrônicos ou via internet banking, no valor que o titular desejar ou puder arcar.

Se for pago até a data do seu vencimento o valor será o mesmo. Se tiver atraso, o titular também pode pagar taxas adicionais.

A partir do pagamento identificado, e se não for utilizado novamente, o saldo vai sendo reduzido e o limite de crédito novamente liberado. 

Como o limite do cartão de crédito consignado está associado diretamente a renda mensal do titular, não pode ter seu limite reduzido. No entanto, apesar de taxas de juros menores, quando comparado aos cartões tradicionais, vale lembrar que quanto maior o risco de inadimplência, maior o valor cobrado.

Ainda que o cartão consignado tenha seu pagamento automático (pelo uso da margem), se não tiver os devidos cuidados, a dívida pode se tornar uma “bola de neve”.

Por isso, sempre que for utilizar o seu cartão, avalie antes se é mesmo necessário e mantenha os gastos dentro do que, realmente pode pagar. Usar o cartão de crédito consignado com consciência ainda é a melhor decisão! 

 

Quer fazer um cartão de crédito consignado?

A bxblue pode te ajudar a contratar o cartão de crédito consignado que você está precisando! Compare propostas de cartão de crédito consignado de diferentes bancos e escolha a melhor para você.

Simule seu cartão de crédito consignado

Como cancelar o Cartão de Crédito Consignado? NEWS | INSS pode devolver dinheiro de até 800 mil aposentados
  • Consulte por temas

  • Você também vai gostar de