Margem Empréstimo Consignado para Funcionário Público

bxblue-margem-de-emprestimo-consignado-para-funcionario-publico

Precisando de dinheiro extra, rápido e seguro? Quer saber a margem do empréstimo consignado para Funcionário Público?

Então, aproveite para consultar sua margem para empréstimo e contrate sem sair de casa.

O empréstimo consignado para Funcionário Público, ativo ou inativo, oferece taxas de juros mais baixas que os outros créditos, ou linhas de  empréstimo pessoal. Sendo assim, é uma das alternativas mais indicadas para quem está precisando de dinheiro.

Nessa modalidade, o banco tem garantia de que o valor das parcelas será pago, por descontar mensalmente direto do contracheque.

Leia tambémComo funciona o Empréstimo Consignado?

Por isso também garante as melhores condições para Funcionários Públicos, tanto em relação às taxas de juros, quanto em relação aos prazos para pagamento.

No entanto, para contratar o empréstimo consignado para Funcionário Público, é preciso ter margem consignável. Saiba agora como descobrir e consultar a margem para empréstimo consignado online.

Margem de Empréstimo Consignado para Funcionário Público

No empréstimo consignado, as mensalidades são descontadas diretamente do pagamento do Servidor, antes que este receba o salário. 

A margem consignável é um limite estabelecido pela lei 10.820/2003, para evitar que Servidores Públicos, Aposentados ou Pensionistas acabem se endividando.

A margem é fixa, no entanto, é calculada com base no salário de cada Servidor. Logo, o valor máximo das parcelas do empréstimo consignado para Funcionário Público, que pode ser gasto por mês, dependerá da margem consignável disponível de cada um.

Sendo assim, as parcelas mensais do empréstimo consignado contratado não podem ser superiores a 30% do valor recebido pelo Servidor. O valor das parcelas pode ser calculado rapidamente, sem segredos.

Basta saber o valor do salário ou benefício e multiplicá-lo por 0,3 — que corresponde a 30%. Assim, por exemplo, se o rendimento líquido mensal é de R$4.500,00, o valor máximo da soma das parcelas de todos os contratos do empréstimo não pode ultrapassar R$1.350,00.

Leia também:  Posso ter dois Empréstimos Consignados ao mesmo tempo?

A esse limite só pode ser adicionada a margem para cartão de crédito consignado, que é exclusiva e só pode ser utilizada para este fim.

Margem para Cartão de Crédito Consignado

O cartão de crédito consignado está disponível para os mesmos grupos que podem fazer um empréstimo consignado. Ou seja, àquelas pessoas que são elegíveis a essa modalidade.

Parecido com o cartão de crédito comum, o cartão consignado tem seu pagamento mínimo descontado diretamente do salário do cliente, assim como o empréstimo.

Geralmente, esse cartão cobra taxa de anuidade. Para adquiri-lo não é preciso ter conta corrente no banco escolhido. Assim, é possível buscar pela melhor opção de crédito.

O cartão de crédito consignado também possui uma margem consignável. Seu limite é de 5% da renda mensal liquida do usuário.

Esse limite pode ser utilizado para a quitação das faturas ou saques. Os saques são de até 90% do limite do cartão.

Leia tambémComo funciona o Cartão de Crédito Consignado?

Vale destacar que é descontado em folha somente o valor mínimo do cartão, ou seja, os 5% da margem consignável. O que for gasto além deste limite deve ser pago, como uma fatura convencional.

A margem do cartão de crédito consignado pode ser usada somente uma vez, diferentemente da margem do empréstimo.

Para contratar um cartão de crédito consignado para Funcionário Público, basta que o Servidor emita uma autorização, com o nome do banco escolhido.

Portanto, somando a margem para empréstimo consignado e a margem para o cartão de crédito consignado, o total da margem consignável para Funcionário Público é de 35%. 

Margem Consignável 35%

O valor total da margem consignável é, portanto, de 35% do salário ou benefício recebido mensalmente.

Esse limite foi determinado para garantir, como já mencionado, que o Servidor possa ter acesso as linhas do crédito consignado, porém, sem comprometer mais do que pode da sua renda.

Caso o cliente já tenha 30% da renda comprometida com empréstimos, é importante se atentar ao uso do cartão.

Mas vale a ressalva de que, mesmo utilizando as margens permitidas combinadas, todo novo crédito deve ser utilizado com consciência. Essa é uma medida inteligente para não afetar o planejamento financeiro. 

E para os casos em que o servidor já está sem margem, e precisa de novo empréstimo consignado, existem duas opções. Entenda agora quais são e quando utilizar.

Como um Funcionário Público pode fazer novo empréstimo sem margem?

Mesmo podendo utilizar o empréstimo e o cartão de crédito consignado ao mesmo tempo, a margem do 35% do consignado para Funcionário Público, pode ser zerada facilmente.

A margem consignável também pode ser reduzida por conta de retenções legais, como pensão alimentícia, por exemplo. Todos os descontos obrigatórios influenciam na margem.

Ao contrário do que muitos pensam, as remunerações pontuais ou temporárias, como 13º salário, não fazem com que o limite aumente.

Ao atingir o limite, o Funcionário Público fica, portanto, sem margem. Em outras palavras isso quer dizer que fica proibido de solicitar novos créditos consignados.

O limite só volta a ser liberado quando as parcelas são pagas e o empréstimo quitado. Porém, ainda existem duas saídas para o Funcionário Público que estiver sem margem: a portabilidade de crédito e o refinanciamento.

Portabilidade de crédito

A portabilidade de crédito é a transferência de um crédito de um banco para outro.

Essa operação financeira foi criada para estimular a concorrência de taxas de juros entre os bancos. Sendo assim, o Funcionário Público pode levar sua dívida para outra instituição financeira que apresente melhores condições de pagamento e atendimento.

O banco que recebe a dívida pode alterar as taxas de juros. Já os prazos de pagamento e valor de empréstimo, geralmente permanecem iguais.

O banco que emitiu a dívida inicial tem obrigação de fornecer todas as informações solicitadas pelo Servidor, quando este manifestar o seu interesse em fazer a portabilidade de crédito.

Já o novo banco, para onde o Servidor tem a intenção de levar o crédito, não tem obrigação de aceitar a portabilidade. Sendo negada, o banco tem que, necessariamente, informar o motivo da recusa.

O processo vale a pena quando o novo banco oferece melhores condições para o Custo Efetivo Total.

Com parcelas mensais mais baixas, parte da margem consignável volta a ser liberada.  A portabilidade de crédito não tem custo algum.

Outra possibilidade é fazer o refinanciamento do contrato do empréstimo consignado para Funcionário Público.

Refinanciamento do contrato

O refinanciamento é outra forma de conseguir crédito com o empréstimo atual, sem assumir uma nova dívida. É a saída para os clientes que já pagaram parte do empréstimo, entre 15 e 30% das parcelas, e querem ou precisam liberar margem.

Neste caso, não há necessidade de trocar de banco. A dívida é renegociada e volta ao prazo de pagamento original, com um novo contrato.

O cliente pode pagar menos por mais tempo. Quanto mais parcelas estiverem quitadas, maior será o limite liberado.

O refinanciamento pode ser solicitado por Servidores Públicos, militares das Forças Armadas, Aposentados e Pensionistas. O empréstimo consignado para funcionário público, pode ser pago em até 96 meses.

Uma simulação do refinanciamento online pode ajudar a definir se, realmente vale a pena refinanciar sua dívida.

A maioria das instituições financeiras já aceitam renegociar a dívida e a análise a aprovação do processo dura, em média, até 5 dias.

A principal diferença entre a portabilidade de crédito e o refinanciamento de crédito é que, além de não mudar de banco, com o refinanciamento se pode, geralmente, alterar o prazo de pagamento e ainda receber um valor como troco.

Como se pode perceber, o empréstimo consignado para Funcionário Público oferece diversas vantagens, como:

  • Mais praticidade no pagamento;
  • Taxas de juros mais baixas;
  • Parcelas fixas e prazos de pagamento mais flexíveis.

Além disso, pode ser solicitado também por quem está negativado.

Cartão de Crédito Consignado

Outra opção pra quem precisa de crédito é o cartão de crédito consignado. Assim como outros cartões, pode ser utilizado tanto para compras parcelas, como para saques.

Dessa forma, o limite pode ser sacado e utilizado como o Servidor desejar.

Agora que você já sabe tudo sobre a margem para empréstimo consignado para Funcionário Público, aproveite para usar o simulador de empréstimo consignado online e encontre a melhor opção para o seu bolso.

Em pouco tempo você receberá propostas personalizadas, de acordo com o que realmente precisa e procura.

 

Quer fazer um empréstimo consignado?

A bxblue pode te ajudar a contratar o consignado que você está precisando! Compare propostas de crédito consignado de diferentes bancos e escolha a melhor para você.

Simule seu consignado

Margem Empréstimo Consignado para Funcionário Público

Posts recomendados