O que é e para que serve a matrícula SIAPE?

bxblue-matricula-siape.jpg

Publicado em: 30/09/2021

A matrícula SIAPE é o número que identifica o servidor em determinado órgão. A numeração contém 7 dígitos e não se repete. Ou seja, cada servidor tem uma combinação diferente.

Pode ser entendida também como o número de registro. Como está associado diretamente com cada servidor, acaba sendo uma informação solicitada com frequência para identificação.

Saiba o que é o SIAPE e veja como encontrar o número de matrícula no contracheque de servidores ativos, aposentados e pensionistas.

Inscreva-se para receber conteúdos exclusivos sobre o serviço público
Erro ao enviar, tente novamente.

SIAPE: o que é?

Antes de descobrir como consultar a matrícula do servidor no SIAPE, é importante estar inteirado sobre o que é SIAPE e o que significa.

SIAPE é a sigla utilizada para Sistema Integrado de Administração de Pessoal. Ela é utilizada para nomear o sistema que faz a integração de todas as plataformas de gestão da folha de pessoal dos servidores públicos.

Até 2017, o sistema foi responsável pela produção das folhas de pagamento de mais de 200 órgãos federais e pelo envio das informações às unidades pagadoras de cada um deles.

Como fazer a consulta da matrícula do servidor SIAPE?

A matrícula SIAPE pode ser encontrada nada folha de rosto do contracheque. Geralmente, essa informação está disponível no campo superior, logo nas primeiras linhas, próximo ao nome do servidor ou pensionista.

O formato do contracheque pode variar um pouco de um órgão, para o outro. No entanto, a matrícula SIAPE deve ser mencionada obrigatoriamente. Portanto, é possível fazer a consulta tanto na versão impressa, quanto na versão digital do contracheque.

Foto: Reprodução | SIAPE

Por se tratar de um número de identificação, qualquer pessoa que tenha vínculo com algum órgão SIAPE, tem a matrícula.

Matrícula SIAPE servidor ativo

Os servidores ativos, que utilizam a matrícula com mais frequência, podem consultar esse dado da mesma forma. Alguns órgãos podem disponibilizar a matrícula no cartão do ponto ou de registro também.

Matrícula SIAPE servidor aposentado

Os servidores públicos federais aposentados também podem consultar a matrícula no contracheque SIAPE. O registro é diferente de quando era ativo, mas a fonte pagadora se manterá a mesma.

Matrícula SIAPE pensionista

Ao contrário do que muitos pensam, no caso dos pensionistas, tanto o beneficiário da pensão, quanto o instituidor tem a matrícula SIAPE. E os números também seguem a mesma regra: são diferentes e únicos.

Outra informação que pode ser solicitada é a identificação única. Entenda quais são as principais diferenças e quando utilizar um ou outro.

Qual a diferença entre a matrícula SIAPE e a Identificação Única?

A identificação única, como o próprio nome sugere, serve para identificar os servidores ativos e aposentados no Serviço Público Federal.

Diferente da matrícula, a identificação única é composta por 9 dígitos (somente números). 

Foto: Reprodução | SIAPE

Entre as principais diferenças estão:

  • Matrícula SIAPE: é composta por 7 dígitos e utilizada para acesso a serviços externos e confirmações de vínculo com o órgão pagador.
  • Identificação única: é composta por 9 dígitos e utilizada em cadastros e acessos a redes internas do órgão.

É importante não confundir a matrícula SIAPE com a senha do SIGEPE Servidor e Pensionista. Os caracteres ou dígitos são diferentes e utilizados para outras finalidades também.

O servidor ativo, aposentado ou pensionista que quiser ter acesso às informações como prévia do contracheque, consignações, dentre outras, precisa criar uma senha específica para acesso ao SIGAC.

A senha é pessoal e intransferível. O órgão empregador não tem essa responsabilidade. Portanto, cada servidor deve criar a sua.

Outra dúvida muito comum é sobre a consulta da matrícula pelo CPF.

É possível consultar matrícula SIAPE pelo CPF?

Ao pesquisar em qualquer sistema interno do órgão, geralmente, é possível localizar a matrícula SIAPE pelo CPF. A forma de busca, no entanto, pode variar de sistema a sistema.

Então, caso necessite dessa informação, vale a pena procurar o Departamento de Recursos Humanos, para se informar. 

O número de identificação única também pode ser obtido na unidade pagadora. 

Apesar de, aparentemente, serem números fáceis de memorizar, a recomendação é anotá-los em algum local seguro. Assim, toda vez que precisar, terá essa informação em mãos.

Número da matrícula em caso de progressão ou promoção

Ainda que o servidor ativo, tenha sido beneficiado por uma progressão ou promoção, o número da matrícula será o mesmo.

Vale lembrar que o número da matrícula confirma o vínculo com o órgão federal e não com a carreira funcional. Dessa forma, o histórico pode ser arquivado física ou eletronicamente, a partir do mesmo registro.

Agora que você já sabe o que é a matrícula e em que casos utilizar, certifique-se de anotá-la. A matrícula e a identificação única são registros importantes em sua carreira no serviço público. 

SouGov: nova plataforma para servidores substitui SIAPE e SIGEPE



O SIAPE ficou disponível aos servidores até 2017, quando foi substituído pelo SIGEPE (Sistema de Gestão de Pessoas do Governo Federal). Com a mudança, os servidores tinham diversas plataformas SIGEPE que atendiam necessidades específicas, como o SIGEPE Gestor, SIGEPE Banco de Talentos, SIGEPE Servidor e Pensionista e SIGEPE Mobile.

Com o objetivo de centralizar todos os serviços sobre a relação de trabalho dos servidores com a Administração Pública, o governo federal lançou o SouGov, em maio de 2021. O SouGov tem sua versão em aplicativo, ideal para celulares smartphone e tablets, e desde agosto de 2021 também conta com a versão web, que pode ser acessada por celulares, tablets e computadores com acesso à internet.

O desenvolvimento da nova plataforma foi conduzido pela Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital e sua Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal, do Ministério da Economia. De acordo com o órgão, a migração dos serviços para o SouGov será feita de modo gradual, em etapas.

A cada fase, novos serviços serão integrados ao aplicativo e ao site SouGov ao passo que as plataformas antigas serão desativadas. O SIGEPE Mobile e o SIGEPE Banco de Talentos foram os primeiros a serem tirados do ar após o término da migração dos serviços.

O SouGov chegou com 24 serviços, mas quatro novos serviços foram implementados no mês de julho. A expectativa do órgão é que mais funcionalidades sejam incorporadas no mês de outubro e até 2023, a plataforma ofereça 50 serviços.

Dentre as funcionalidades já disponíveis, está a consulta ao contracheque. Confira o passo a passo para acessá-lo no aplicativo SouGov:

  1. Acessa a plataforma SouGov e faça o login com a conta cadastrada no sistema gov.br. Caso não tenha, é possível fazer um cadastro pela própria plataforma. Clique em “Entrar com gov.br”, digite o número do CPF e clique em “Crie sua conta gov.br”
  2. Se tiver mais de um vínculo com a Administração Pública, selecione o tipo de vínculo em que deseja consultar o contracheque.
  3. Vá até a opção “Autoatendimento” e, depois, clique em “Consulta Contracheque”.
  4. Selecione o mês desejado.
  5. Para fazer o download, clique na seta branca no canto superior direito da tela, ao lado da palavra “Contracheque”.
  6. Deslize a tela para esquerda e selecione opções como “Remuneração Mensal”, “Rendimentos” ou “Descontos” para ver detalhes em infográficos.
Foto: Reprodução | Governo federal
Foto: Reprodução | Governo federal

Para continuar a receber notícias em primeira mão sobre o funcionalismo público, você que é servidor público federal (SIAPE) pode se inscrever em nosso canal exclusivo. Se inscreva GRATUITAMENTE aqui para receber notícias selecionadas via WhatsApp.