Meu INSS fora do ar: veja serviços afetados e o que fazer

Ao todo, mais de 90 funcionalidades podem ser acessadas na plataforma. Conheça alternativas para acessá-las com o Meu INSS fora do ar.

bxblue-meu-inss-fora-do-ar.jpg

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), assim como os demais beneficiários da Previdência Social podem consultar e/ou solicitar uma série de serviços previdenciários e assistenciais por meio dos canais digitais do órgão. Porém, poucas pessoas sabem o que é preciso fazer com o Meu INSS fora do ar.

Em geral, quando isso ocorre as consultas tendem a ficar prejudicadas. 

Abaixo, veja em detalhes quais serviços podem ser afetados se o Meu INSS ficar fora do ar, conheça as razões mais comuns para o problema e descubra o que você pode fazer em tais situações.

Meu INSS fora do ar

O Meu INSS é uma plataforma que reúne, em um só lugar, diversos serviços virtuais disponibilizados pelo órgão da Previdência Social. A ferramenta surgiu a partir da necessidade de facilitar o acesso à consulta e informações relativas às contribuições previdenciárias, bem como os benefícios assistenciais e previdenciários do INSS.

Ao acessá-lo é possível solicitar aposentadorias, auxílios e até mesmo enviar atestados médicos, sem sair de casa. Contudo, por se tratar de uma central de serviços digitais, a plataforma está sujeita a eventuais falhas.

Descubra quais serviços podem ser afetados se o sistema do Meu INSS sair do ar.

Quais serviços são afetados quando o Meu INSS está fora do ar?

Os segurados do INSS têm acesso a uma lista com mais de 90 serviços digitais.

Em razão da indisponibilidade do sistema, o cidadão pode ter problemas para utilizar as seguintes funcionalidades:

  1. Aposentadoria por idade urbana
  2. Aposentadoria por idade rural
  3. Aposentadoria por tempo de contribuição
  4. Agendamentos e consultas de pedidos
  5. Extrato previdenciário (CNIS)
  6. Extrato de pagamento de benefício
  7. Extrato de empréstimo consignado
  8. Extrato para Imposto de Renda
  9. Carta de concessão do benefício
  10. Agendamento de perícia médica
  11. Consultar revisão de benefício − Artigo 29
  12. Alterar dados básicos de contato
  13. Resultado da perícia médica
  14. Recurso
  15. Revisão
  16. Alteração de forma de pagamento
  17. Reativar benefício
  18. Atualização de dependentes para Imposto de Renda
  19. Atualização de dados cadastrais do beneficiário
  20. Solicitar pagamento de benefício não recebido
  21. Bloqueio/desbloqueio do benefício para empréstimo
  22. Cadastrar ou renovar procuração
  23. Certidão para saque de PIS/Pasep/FGTS
  24. Cadastrar pensão alimentícia
  25. Pecúlio
  26. Pensão por morte
  27. Salário-maternidade
  28. Calculadora da aposentadoria por idade ou tempo de contribuição
  29. Acordos internacionais
  30. Marcação ou remarcação de perícia médica, etc

Lembrando que tanto no site quanto no aplicativo, os serviços disponíveis são os mesmos. Por isso, quando o Meu INSS estiver indisponível para a versão web, por exemplo, uma saída pode ser tentar entrar no app ou vice-versa.

Meu INSS fora do ar afeta a contratação de empréstimo consignado?

Para fazer a solicitação de um consignado, o benefício precisa estar desbloqueado para empréstimo e o beneficiário deve ter consigo um extrato do benefício recente, pois esse é um dos documentos exigidos para dar continuidade à operação. 

Ambos podem ser consultados pela plataforma e, caso ela apresente problemas, o que pode ocorrer é o processo de contratação demorar mais que o previsto.

Contudo, se o processo estiver em uma fase mais avançada, que independa de atuação do órgão pagador (por exemplo, após a averbação do contrato), a contratação não será afetada.

Simule seu empréstimo consignado

O que você quer descobrir?

Seu convênio:

Qual é a sua margem consignável?

Em quantas parcelas?

Em quantas parcelas?

Em quantas parcelas?

Empréstimo de até

R$

Proposta sujeita à confirmação de margem consignável

Meu INSS fora do ar: possíveis causas

As instabilidades do sistema são relativamente comuns e afetam também páginas oficiais do governo. Sendo assim, tanto a versão para web quanto o aplicativo Meu INSS podem ficar fora do ar por uma série de razões. A seguir, veja as causas mais comuns:

Instabilidades no servidor

Via de regra, o principal motivo para que o Meu INSS fique fora do ar são as falhas nos servidores. Normalmente, elas são provocadas por alterações que, por sua vez, podem ocasionar erros como a derrubada do site ou do aplicativo.

Nesse caso, por se tratar de uma situação que não depende das ações dos usuários, o mais recomendado é aguardar por um período até que a conexão se restabeleça. Em geral, esse tipo de falha tende a ser corrigida dentro de algumas horas.

Atualização de versão

Outra causa comum para a indisponibilidade dos servidores do Meu INSS é a atualização da plataforma.

Desse modo, à medida que surgem novas atualizações para correção de erros comuns, a plataforma pode ficar temporariamente fora do ar. 

Em situações como esta, vale verificar se o aplicativo está atualizado com a versão mais recente. A consulta pode ser feita nas lojas de aplicativos App Store e Play Store. 

Manutenção no sistema

Tal como ocorre com a atualização de versões do sistema, o mesmo pode passar por alguns processos de manutenção a fim de melhorar as funcionalidades da plataforma. 

O surgimento de novos recursos ou a melhoria da navegabilidade podem gerar, momentaneamente, uma falha do sistema. 

Excesso de acessos simultâneos

Ao passo que as pessoas utilizam com bastante frequência os serviços do Meu INSS, a conexão com a rede pode passar por momentos de instabilidade com sobrecarga de acesso. 

Esse problema é o mesmo que ocorre, por exemplo, quando centenas de pessoas acessam, ao mesmo tempo, o sistema do Banco Central para verificar valores a receber ou o site do Enem, para consultar a sua nota na prova.

A queda do site pode acontecer em função da incapacidade da rede em lidar com todos os dados em uma única vez. Consequentemente, a conexão torna-se instável e as plataformas podem ficar novamente fora do ar.

  • Leia também: Como acessar o Meu INSS pela internet? Veja o passo a passo
  • Erros de conexão

    Eventualmente, um erro de conexão pode ocorrer por diferentes motivos. Em geral, elas estão associadas a problemas na conexão com o SSL —  um certificado digital que autentica a identidade de um site — o que interrompe o acesso do usuário.

    Embora seja um sistema seguro, o Meu INSS pode sofrer com esse tipo de problema. Logo, para solucioná-lo, basta seguir as orientações destacadas na tela, de modo a corrigir a mensagem de erro de falha na conexão. Outro ponto é tentar o acesso por meio de um navegador que tenha seus protocolos de segurança devidamente instalados.

    O que fazer quando o Meu INSS estiver fora do ar?

    Existem algumas alternativas simples e rápidas para conferir se o Meu INSS está fora do ar. Em primeiro lugar, recomenda-se verificar se há uma conexão válida com a internet. 

    Outra saída é averiguar, por exemplo, se o domínio digitado no navegador está correto. Ainda, uma terceira opção é trocar a forma de acesso: se estiver tentando pelo app Meu INSS, tentar o acesso por meio da versão web e vice-versa.

    Caso o problema persista, pode ser necessário buscar alternativas para acessar os serviços da plataforma.

    Central telefônica 135

    A Central 135 é um canal de atendimento remoto no qual os usuários podem fazer agendamentos e requerimentos, bem como consultar uma série de informações. Dessa forma, caso o site ou aplicativo Meu INSS esteja indisponível, o interessado ainda poderá ter seu atendimento concluído.

    Vale lembrar que, assim como o atendimento virtual, as ligações também podem gerar o número do protocolo de atendimento. Com ele, o cidadão poderá, posteriormente, acompanhar o andamento da sua solicitação por meio dos canais digitais do Meu INSS.

    Ademais, para protocolar sua solicitação, basta informar alguns dados pessoais a fim de confirmar a titularidade da conta, como CPF, NIS/PIS/NIT ou o Número do Benefício.

    A ligação para a Central 135 é gratuita para telefones e tem o custo de uma ligação local para celulares.

    Atendimento presencial

    Por fim, a retomada do atendimento presencial nas agências do INSS possibilita aos interessados o comparecimento até a unidade mais próxima para concluir sua solicitação ou pedido de requerimento. 

    Para tanto, os atendimentos sem agendamentos devem ser submetidos a um processo de triagem prévia para esclarecimentos de dúvidas gerais.

    Já os atendimentos mais específicos requerem o agendamento para que, na data e horário marcados, o cidadão possa ter sua situação analisada por um especialista da agência previdenciária.


    Veja vídeos exclusivos sobre os principais temas da vida dos beneficiários do INSS: conheça o canal da BX Blue no YouTube e se inscreva gratuitamente.


    Redação BX Blue

    Redação BX Blue

    Somos especialistas em empréstimo consignado e focados em divulgar informações úteis para as suas finanças.

    O empréstimo consignado ideal para você

    A BX Blue busca várias ofertas para te ajudar a encontrar o consignado que você precisa!

    Compare online, escolha a melhor oferta e receba o dinheiro com rapidez e segurança.

    Ver ofertas de consignado