Governo lançará novo aplicativo para servidores federais. Crie a sua conta

Publicado em: 22/04/2021

O governo federal anunciou recentemente que irá lançar um novo aplicativo para servidores federais (SIAPE). Chamado de SouGov.Br, a inovação exclusiva deve atender a mais de 780 mil servidores civis do Poder Executivo Federal.

Saiba mais sobre a novidade e veja o passo a passo para criar a sua conta, desde já, antecipando essa obrigatoriedade!

Novo aplicativo para servidores federais trará mudanças importantes

Baseado no login Gov.br, o novo aplicativo para servidores federais irá concentrar todos os serviços relativos à vida funcional do servidor SIAPE, assim como serviços úteis aos aposentados e pensionistas.

O SouGov.Br será um dos grandes marcos dos projetos de digitalização da União.

Centralização de serviços

  • Como é hoje: alguns serviços estão disponíveis somente no SIGEPE Mobile (e, portanto, não disponível na plataforma SIGEPE Servidor e Pensionista que é acessado pelo computador). No entanto, dependendo da necessidade o servidor ou aposentado e pensionista precisa utilizar aplicativos complementares;
  • Como será, com o novo app: todos os serviços estarão disponíveis em um único aplicativo, facilitando a acessibilidade dos funcionários públicos.

Login

  • Como é hoje: o acesso ao SIGEPE é feito pelo SIGAC. O usário deve inserir o CPF e a senha pessoal para ingressar no seu perfil;
  • Como será, com o novo app: o titular deverá fazer o acesso pelo chamado “Login Único”, que é a conta do Gov.br – plataforma de serviços digitais do governo federal.

Selo de confiabilidade

  • Como é hoje: o cadastro no SIGAC é associado a matrícula SIAPE do servidor ativo ou do CPF do ex-servidor (se aposentado ou pensionista);
  • Como será, com o novo app: além da conta Gov.br, será necessário ainda ter o selo de confiabilidade prata ou ouro, associado ao perfil. Esse é um dos critérios que irá garantir a autenticidade e a segurança das informações.

Data prevista para lançamento

O SouGov.Br já está em fase de testes e será lançado em larga escala em Maio. No entanto, as funcionalidades serão adicionadas gradualmente. Portanto, o app terá constantes atualizações de serviços.

O governo já vem fazendo campanhas internas de lançamento para comunicar o público interessado, explicando, inclusive os pré-requisitos para liberação do uso.

O novo aplicativo para servidores federais já está disponível nas lojas de aplicativo Google Play e App Store. No momento, a versão beta só foi liberada para alguns usuários.

Com o lançamento, o SIGEPE Mobile será substituído?

Sim. O SouGov.Br irá substituir o SIGEPE Mobile e web e outros aplicativos complementares como o SIGEPE Gestor e o SIGEPE Banco de Talentos.

Sendo assim, é recomendável que os servidores ativos, aposentados e pensionistas instalem e utilizem apenas o novo app, por ter uma gama maior de serviços e porque os demais serão descontinuados, ou seja, deixarão de receber atualizações e serão, aos poucos, desativados.

Quais serviços estarão disponíveis no novo aplicativo para servidores federais?

Entre os recursos mais procurados e que devem ser disponibilizados online e em único app estarão:

O projeto será desenvolvido pela Secretaria Especial de Gestão, Desburocratização e Governo Digital, por meio da Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal.

Como criar uma conta no novo aplicativo para servidores federais SouGov.Br?

Apesar de não ter sido lançado oficialmente ainda, já é possível criar um conta gratuita para acesso ao novo aplicativo para servidores federais.

O cadastro deve ser feito pelo próprio servidor ativo ou beneficiário e permite consulta e solicitação de outros outros serviços digitais – podendo, portanto, ser utilizado para outras finalidades.

Passo a passo

Para criar a conta Gov.br de ao novo app exclusivo dos servidores federais, é preciso:

  1. Passo 1: acessar o site acesso.gov.br.
  2. Passo 2: criar uma nova conta;
  3. Passo 3: selecionar a melhor opção de cadastro.

Veja em detalhes cada etapa a seguir.

Passo 1 – acessar o site acesso.gov.br

Ao clicar em acesso.gov.br o usuário será direcionado para a tela inicial da plataforma Gov.br.

Passo 2 – criar uma nova conta

Se ainda não tiver o login único, basta clicar em “Criar sua conta gratuita no gov.br”, botão em destaque na tela.

A conta gov.br garante a identificação de cada cidadão que acessa os serviços digitais do governo.

Passo 3 – Selecionar a melhor opção de cadastro

Entre as opções para o cadastro estão:

  1. Validação Facial no App Meu gov.br;
  2. Bancos Credenciados;
  3. Internet Banking;
  4. Número do CPF;
  5. Certificado digital;
  6. Certificado digital em nuvem.

Para simplificar o processo, o usuário deve selecionar a alternativa mais viável.

Validação Facial no App Meu gov.br (confere o selo Ouro na conta)

Para quem é recomendado? Método liberado para quem tem as versões digitais do Título Eleitoral ou Carteira Nacional de Habilitação e o app Meu Gov.Br instalado no dispositivo móvel.

Como criar o cadastro? A partir da validação ou biometria facial, o servidor ativo, aposentado ou pensionista pode criar e autenticar sua conta. Para isso, necessitará de um QR Code que só pode ser gerado após inserir o CPF, dar concordância com os Termos de uso e clicar em “não sou um robô”.

Ao abrir o aplicativo, o usuário deverá escanear o código e seguir o passo a passo. Após a validação e para concluir o cadastro deve seguir as instruções da tela.

Bancos Credenciados (confere o selo Prata na conta)

Para quem é recomendado? Quem é correntista nos bancos Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Banco de Brasília, Caixa Econômica, Sicoob ou Santander. É necessário ter o app do banco instalado no celular ou tablet e ter a a senha de 4 dígitos e/ou a Chave de Segurança no celular.

Como criar o cadastro? Após ler e concordar com os termos de uso e clicar em “Avançar”, o usuário deve selecionar o banco em que é cliente. Nos passos seguintes é preciso informar (dependendo da instituição) a agência e a conta bancária para autenticação.

A finalização se dará depois da autenticação.

IMPORTANTE: em nenhum momento é solicitada qualquer senha transacional.

Exemplo do Banco Bradesco:

Internet Banking

Para quem é recomendado? O titular que já tiver acesso ao banco, pela internet.

Como criar o cadastro? O processo é feito a partir da perfil autenticado da conta bancária. O usuário terá que fazer o login na conta e solicitar o código (que é válido como a senha).

Cada instituição financeira terá um prazo para liberação e uso do código, que pode chegar a até 48h.

Banco do Brasil (https://www.bb.com.br)

Acesse serviços > previdência social > senha meu inss-nai


Banrisul (https://www.banrisul.com.br)

Acesse Menu Serviços > Criar Código INSS


Bradesco (https://banco.bradesco)

Acesse Outros Serviços > Documentos > INSS – Cadastrar Código Inicial de Acesso ao Portal Meu INSS (NAI)


Itaú (https://www.itau.com.br)

Acesse Previdência > INSS > Cadastrar senha inicial de acesso ao Portal Meu INSS


Caixa Econômica Federal (https://internetbanking.caixa.gov.br)

Acesse FGTS e Serviços ao cidadão > INSS > Gerar Código de Acesso Serviços INSS


Santander (https://www.santander.com.br)

Acesse Outros Produtos > Demais Serviços > NAI – Núcleo de Autenticação Interbancária


Sicoob (https://www.sicoob.com.br)

Acesse Outras opções > Previdência Social > Senha Meu INSS > NAI


Banestes (https://banestes.com.br)

Acesse Internet Banking > Serviços > Gerar Senha Meu INSS – NAI


Número do CPF

Para quem é recomendado? Aqueles que quiserem seguir com o cadastro mais simples, vinculado ao CPF (Cadastro de Pessoa Física).

Como criar o cadastro? O interessado deve preencher os campos obrigatórios: CPF e nome completo. Para prosseguir é preciso ainda ler e concordar com os termos e indicar não ser um robô. Ao clicar em “Avançar”, a demais instruções serão demonstradas.

Certificado digital

Para quem é recomendado? Quem já tem o certificado digital ICP-Brasil, que funciona como identificação e autenticação digital.

Como criar o cadastro? Depois de selecionar e dar “ok” na leitura e concordância com o termo, é preciso conectar o leitor e inserir o respectivo certificado que deve ser de mesma titularidade.

Certificado digital em nuvem

Para quem é recomendado? Para o cidadão que tem o certificado no formato digital.

Como criar o cadastro? Assim como no caso do acesso via bancos credenciados, o usuário deve indicar o tipo de certificado que utiliza e seguir as informações adicionais para o cadastro.

Ao criar a senha no Gov.br o titular poderá acessar a plataforma imediatamente (com CPF e senha registrados), via bancos autorizados ou um dos tipos de certificados.

Quando liberado o novo aplicativo para servidores federais, o login deverá ser realizado da mesma forma.

Como obter ou validar o selo de confiabilidade?

Para aumentar o grau de segurança da conta, é exigido dos servidores ativos e segurados que tenham o padrão ouro ou prata nas contas. Ambos permitem a assinatura avançada.

  • Selo ouro: é obtido com a validação facial no aplicativo Gov.br;
  • Selo prata: basta acessar com credenciais dos bancos integrados.

Caso o cadastro esteja na categoria bronze, determinadas configurações, informações ou autorizações podem não ser concluídas.

Veja também: como ficará a rotina de trabalho dos servidores após a pandemia?


Para continuar a receber notícias em primeira mão sobre o funcionalismo público, você que é servidor público federal (SIAPE) pode se inscrever em nosso canal exclusivo. Se inscreva GRATUITAMENTE aqui para receber notícias selecionadas via WhatsApp.

Receba novidades por notificação
Receba novidades por e-mail
Erro ao enviar, tente novamente.