O que é a política de crédito das instituições financeiras?

Entenda como é construída a política de crédito das instituições financeiras, que afeta a concessão de vários produtos, como o consignado.

política de crédito das instituições financeiras - cadernos coloridos numerados

A política de crédito das instituições financeiras tem um papel fundamental no norteamento da disponibilização e concessão de produtos financeiros diversos.

De início, é preciso ter em mente que o sistema de crédito é o alicerce da economia contemporânea, sobretudo por ocupar lugar de destaque no financiamento global das esferas da produção e do consumo. É uma ferramenta que possibilita a antecipação do consumo e o acesso imediato ao bem ou ao serviço, com pagamento diluído ao longo do tempo.

Mas, para manter a saúde do sistema de crédito, é preciso regulá-lo de maneira eficiente, e minimizar as possibilidades de inadimplência é uma das melhores maneiras de garantir o ciclo de oferta de crédito.

Para isso é indispensável estabelecer uma política de crédito  das instituições financeiras, com diretrizes claras sobre seu funcionamento. Entenda o tema nos tópicos a seguir.

Política de crédito das instituições financeiras

As instituições financeiras estão no centro do sistema de crédito e são responsáveis por alimentar grande parte da cadeia econômica por meio de suas linhas de crédito. Portanto, torna-se imprescindível a existência de uma política de crédito das instituições financeiras.

Assim, é possível estabelecer parâmetros às concessões das mais variadas linhas de financiamentos e empréstimos, incluindo o empréstimo consignado.

A política de crédito é, por assim dizer, todo um grupamento de regras e normas utilizadas para orientar na concessão de recursos financeiros, garantindo, assim, os lucros da empresa credora e a satisfação das necessidades do tomador do crédito.

Por conta de especificidades pontuais de cada segmento, setor ou cliente, ou, ainda, para atender necessidades circunstanciais do negócio, cada banco ou instituição financeira desenvolve sua própria política de crédito

É, portanto, na política de crédito das instituições financeiras que estão definidos:

  • critérios de análise e concessão;
  • operações possíveis e necessárias;
  • diretrizes gerais e específicas para cada situação.

Resumindo, é por meio da política de crédito que a instituição avalia critérios de oportunidades e riscos à operação, controlando, assim, a inadimplência e garantindo a solidez da organização.   

Empréstimo consignado e a política de crédito dos bancos

A política de crédito das instituições financeiras é desenvolvida para garantir a segurança e rentabilidade das operações de crédito.

Para isso, pode-se estabelecer critérios que atendam às necessidades dos bancos, sem que, no entanto, violem o ordenamento jurídico. Assim, as instituições determinam suas políticas de crédito nos limites legais que regulamentam a atividade.

Em relação ao empréstimo consignado, a política de crédito das instituições financeiras pode dispor seus critérios conforme melhor atender seus objetivos, observando sempre o disposto na legislação.

Para oferecer um produto competitivo e atrair consumidores, pode, por exemplo, fixar taxas de juros em parâmetros bem mais vantajosos do que os disponíveis no mercado. Entretanto, não pode cobrar valores acima do teto estipulado em lei.

Outra possibilidade é oferecer vantagens e melhores condições aos clientes que solicitem empréstimo consignado, como por exemplo conceder carência para o pagamento das parcelas do consignado.

É possível, ainda, conforme os parâmetros legais, dispor também sobre os limites de idade que devem ser comprovados para a concessão do crédito consignado.

Ou seja, apesar de existir uma flexibilidade entre os requisitos das políticas de crédito, nenhum deve ferir os direitos e deveres dispostos na legislação do empréstimo consignado.

Por que os bancos criam suas próprias políticas de crédito?

Como mencionado anteriormente, a política de crédito das instituições financeiras atua para garantir a fluidez do serviço de oferecimento de crédito e minimizar os riscos envolvidos nessas operações. É possível dizer que a política de crédito das instituições financeiras funciona como um manual de instruções para garantir a conclusão da operação.

Esse processo se inicia com a solicitação feita pelo cliente e e, em rigor, se encerra com o pagamento pelo devedor.

Como já é possível imaginar, cada instituição possui a sua própria análise de risco, conforme o perfil do seu cliente e histórico de inadimplência. Além, claro, dos diferentes custos referentes à concessão de crédito.  

A ideia, portanto, é desenvolver normas que se concentram na busca pela eficiência entre a concessão de crédito e o sistema de cobrança. Dessa forma, a política de crédito das instituições financeiras se estrutura de forma a reduzir ao máximo os riscos de inadimplência.

Isso é feito por meio de estratégias de rigidez e flexibilidade na concessão e na cobrança do crédito. Se uma instituição, por exemplo, deseja ampliar seu leque de clientes, ela pode ser mais flexível na concessão de crédito.

Caso haja um aumento considerável na inadimplência, devido ao risco da flexibilização, é um sinal de mais rigorosidade. Por isso, é natural que a política de crédito das instituições financeiras esteja sempre em evolução e adequação

Frisa-se que existem formatos e estratégias diferentes na formulação de uma política de crédito, o que pode ser conferido abaixo.

Política de crédito flexível

De modo geral, se a pretensão do banco ou instituição é ampliar a carteira de clientes, aumentando o número de contratos de crédito oferecidos, adota-se uma política de crédito flexível. Nela o tomador tem acesso facilitado ao crédito.

Em outras palavras, na modalidade flexível, a política de crédito das instituições financeiras prevê requisitos menos rigorosos para a concessão de financiamentos e empréstimos a novos clientes.

Porém, como já dito, aumentar o número de clientes implica em aumento do risco de inadimplência e, assim, a instituição pode optar por um sistema de cobrança rigoroso, que seja mais efetivo no recebimento dos créditos concedidos.

É preciso observar, contudo, que há possibilidade de combinação entre concessão e cobrança flexíveis de crédito, sobretudo naquelas instituições em que o risco de inadimplência, ainda que aumente com a flexibilidade da concessão, não coloca em risco a sua saúde financeira.

Política de crédito rigorosa

De maneira oposta à política de crédito flexível, a modalidade rigorosa de concessão restringe o acesso às linhas de crédito. É, portanto, uma forma efetiva de diminuir os riscos de inadimplência. No entanto, a restrição implica em menor quantidade de clientes ativos.

Assim como na modalidade anterior, a política de crédito das instituições financeiras pode combinar a concessão do crédito com a cobrança de formas variadas.

A concessão mais rigorosa permite, por exemplo, um sistema de cobrança mais flexível, ou seja, menos rigoroso. Como o risco de inadimplência é menor por conta da seletividade na concessão, é possível abrir mão de uma cobrança mais rígida.

Contudo, existem instituições que optam por conceder o crédito de maneira mais rigorosa e cobrá-lo com mais rigidez também. É uma escolha que a política de crédito das instituições financeiras trará, conforme estejam dispostos os objetivos e as necessidades da empresa.

Política de crédito moderada

Existe, ainda, a possibilidade de uma política de crédito moderada, que atue como o equilíbrio entre a flexibilidade e o rigor nas concessões e cobranças de crédito. Vale dizer, novamente, que é diante das circunstâncias empresariais que a política de crédito das instituições financeiras será desenvolvida.

Assim, para instituições menores, com poucos pedidos de crédito e que o risco de inadimplência se mostre baixo, é possível a moderação na concessão e na cobrança.

Simule seu empréstimo consignado

O que você quer descobrir?

Seu convênio:

Qual é a sua margem consignável?

Em quantas parcelas?

Em quantas parcelas?

Em quantas parcelas?

Empréstimo de até

R$

Proposta sujeita à confirmação de margem consignável

Principais critérios da política de crédito das instituições bancárias

Ao desenvolver a política de crédito, as instituições financeiras estabelecem critérios a partir dos quais os procedimentos serão guiados.

Como a operação de crédito é um processo complexo, os critérios que estruturam a política de crédito das instituições financeiras podem ser divididos em dois grupos: 

  • os aspectos internos, que têm a ver com a atuação da própria instituição; e 
  • aspectos externos, que se referem aos clientes.

Aspectos internos

Neste caso, a política de crédito pode apresentar como principais critérios a divisão operacional nas diversas fases pela qual a operação percorre.

É possível, por exemplo, estabelecer que a análise e a decisão sobre um pedido de crédito sejam tomadas por equipes distintas. Ou, ainda, que o acompanhamento do processo seja feito por uma equipe especializada, dentre tantas quantas sejam as necessidades e escolhas que atendam à organização.

Ainda na organização interna, a política de crédito das instituições financeiras pode estabelecer:

  • critérios de avaliação e desempenho; 
  • métodos para captação de novos clientes; 
  • práticas administrativas e operacionais mais eficientes.

Aspectos externos

Como critérios externos, a política de crédito das instituições financeiras usualmente:

  • traça o perfil do cliente;
  • avalia sua capacidade financeira por meio de faturamento e rendimento;
  • analisa o motivo do pedido de crédito e sua viabilidade, seu histórico e seus relacionamentos financeiros.

Veja também: 54% dos idosos têm dificuldade em pagar as contas; saiba o que fazer

Onde encontrar a política de crédito dos bancos?

Encontrar a política de crédito das instituições financeiras não é um processo exatamente intuitivo. Como se trata de um documento com normas e regulamentos internos não é tão comum que essa informação esteja à vista dos consumidores, em uma aba específica do site ou app. Não é de praxe, portanto, que essa informação seja muito divulgada.

Apesar disso, os consumidores fazem bem em conhecer alguns dos itens da política de crédito das instituições, especialmente porque nela estarão informações relativas às normas de concessão ou negativa de crédito

A maneira mais simples de localizar esse documento é inserir no buscador a expressão “política de crédito do banco X“, substituindo “X” pelo banco desejado. Entre os primeiros resultados, o usuário terá acesso a um PDF que pode ser baixado ou visto online.

Veja abaixo exemplos de políticas de crédito de instituições financeiras tradicionais do mercado:

O que significa ter crédito negado por política de crédito interna?

É por meio da política de crédito que a instituição financeira dinamiza e realiza suas operações, com minimização de risco e garantia de lucratividade. A partir desses parâmetros realiza a triagem dos pedidos de crédito, sua concessão, entre outras fases, até chegar ao recebimento ou, em último caso, à cobrança.

Portanto, ter o crédito negado por política de crédito interna é uma possibilidade real e que não é ilegal. Isso porque nenhuma instituição financeira é obrigada a conceder crédito.

As instituições financeiras podem acessar informações fornecidas pelo próprio cliente e por entidades de proteção ao crédito. Além de um banco de dados denominado SCR – Sistema de Informações de Crédito do Banco Central, sistema conta com o registro de operações financeiras realizadas por instituições de todo o Brasil.

Com esses dados, a depender da política de crédito interna, podem conceder ou não o crédito solicitado. É possível, portanto, que um cliente tenha seu pedido de crédito negado por uma instituição, mas atendido por outra.

Afinal, como visto anteriormente, pode existir parâmetros e requisitos diferentes entre as diversas instituições financeiras.

Assim, é importante que os consumidores saibam o que é a política de crédito das instituições e em que medida tal política influencia no acesso individual de cada às linhas de crédito disponíveis no mercado bancário.


Saiba tudo de empréstimo consignado e confira dicas para organizar sua vida financeira no canal da BX Blue no YouTube: inscreva-se gratuitamente aqui.


Redação BX Blue

Redação BX Blue

Somos especialistas em empréstimo consignado e focados em divulgar informações úteis para as suas finanças.

Quer fazer um empréstimo consignado?

A bxblue pode te ajudar a contratar o consignado que você está precisando! Compare propostas de crédito consignado de diferentes bancos e escolha a melhor para você.

Simule seu consignado