Como fazer portabilidade de consignado pela internet?

Veja como fazer a portabilidade de consignado pela internet e aproveitar todas as vantagens da transferência da dívida para outro banco.

quadro de lousa com símbolo de dinheiro

Se você está passando por uma emergência financeira sabe que contar com crédito rápido e sem burocracia pode fazer toda a diferença. Prova disso é que o empréstimo consignado é uma das modalidades mais buscadas no mercado.

Porém, diante de uma urgência, poucas pessoas se atentam para as melhores taxas e condições gerais de pagamento oferecidas pelo banco escolhido. Assim, podendo migrar a dívida para um banco que dispõe de melhores condições de pagamento, fazer a portabilidade de consignado pela internet pode ser muito útil.

Isso porque este mecanismo permite economizar — e isso em um crédito que já é tradicionalmente mais barato. Descubra tudo o que você precisa saber para fazer a portabilidade do consignado pela internet e obter as melhores condições.

Portabilidade de consignado

A portabilidade de um empréstimo consignado nada mais é do que uma modalidade na qual o consumidor pode transferir a dívida de um banco para outro. Nesse tipo de operação, o banco proponente deve quitar o contrato em andamento, celebrando, em seguida, um contrato com novos termos, especialmente de taxas mais acessíveis.

Portanto, ao utilizar este mecanismo, o tomador tem a oportunidade de economizar, uma vez que as novas taxas oferecem maior vantagem financeira por meio de outra instituição, se comparadas às condições contratuais do credor original. Consequentemente, o vínculo com o banco é interrompido, e dá-se início a um novo contrato em outra instituição.

Cabe destacar que este procedimento está previsto na legislação em vigor e foi instituído por força da Resolução 4.292/2013, do Banco Central. Seu objetivo é basicamente trazer maior competitividade entre as instituições financeiras e, à vista disso, disponibilizar aos consumidores propostas de crédito mais vantajosas.

A resolução traz também as regras que determinam o funcionamento desse tipo de operação. Isso significa que os consumidores e bancos devem cumprir com os critérios estabelecidos, uma vez que a operação de portabilidade diferencia-se da concessão de empréstimos, devendo, portanto, cumprir os pilares básicos de segurança e transparência.

Lembrando ainda que compete ao consumidor interessado na portabilidade negociar — diretamente com o banco proponente — novos termos do empréstimo, como taxas mais acessíveis e parcelas menores. Ademais, a portabilidade de consignado pela internet permite analisar as condições propostas por diferentes bancos, otimizando este processo da busca pela melhor oferta

Detalhe para o fato de que a proposta pode ser negada pelo banco proponente, que deve destacar as razões para a negativa. Ademais, o banco credor (que originou a dívida), pode fazer uma contraproposta para segurar o consumidor. Este, por sua vez, tem a prerrogativa de desistir da portabilidade, exceto quando a dívida já houver sido liquidada pelo banco.

Quem pode fazer a portabilidade de consignado?

Antes de mais nada, é importante destacar que qualquer tipo de contrato financeiro pode, em tese, ser portado. Para tanto, basta que haja um interesse mútuo entre as partes envolvidas. No caso do consignado, porém, a operação está disponível apenas aqueles que atendem às regras da modalidade.

Basicamente, para que a portabilidade de consignado pela internet ocorra, ela deve simplesmente referir-se a um contrato estabelecido entre instituições integrantes do Sistema Financeiro Nacional (SFN).

Como destacamos, porém, no caso do consignado, apenas algumas pessoas que integram grupos específicos podem ter a portabilidade desse tipo de empréstimo. Isso porque, por regra, ele apenas está acessível para indivíduos que têm renda fixa comprovada e garantida, uma vez que as parcelas do crédito são automaticamente descontadas da renda do tomador.

Resumidamente, os convênios em que estão aptos à portabilidade do consignado são:

  • aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social);
  • pessoas que recebem o BPC/LOAS;
  • servidores públicos federais, estaduais ou municipais;
  • militares das Forças Armadas; e
  • empregados de empresas privadas.

Para se habilitar para a portabilidade, ambos os convênios devem ser consignáveis, ou seja, a instituição consignatária precisa estar ligada ao órgão pagador, que, neste caso, pode ser a Previdência Social, o Poder Executivo Federal (SIAPE) ou local ou, ainda, a própria empresa do setor privado.

Simule seu empréstimo consignado

O que você quer descobrir?

Seu convênio:

Qual é a sua margem consignável?

Em quantas parcelas?

Em quantas parcelas?

Em quantas parcelas?

Empréstimo de até

R$

Proposta sujeita à confirmação de margem consignável

4 vantagens da portabilidade de consignado pela internet

Com a portabilidade do consignado o consumidor passa a dever um novo credor, já que a dívida é quitada no banco proponente. A principal vantagem deste mecanismo, como vimos, é ter a opção de buscar condições mais favoráveis de pagamento, já que o crédito se mantém igual, porém, com taxas e parcelas menores.

Além disso, realizar o procedimento online pode oferecer outras vantagens, como destacado abaixo. Confira as principais delas:

1. Eficiência na pesquisa de ofertas

A portabilidade de consignado pela internet oferece maior comodidade aos usuários, especialmente porque o consumidor tem a possibilidade de verificar as condições de contratação em diferentes instituições, sem precisar visitar cada uma delas pessoalmente.

Em geral, isso se dá em função da disponibilidade de plataformas de comparação de empréstimos online, como a BX Blue — que realiza todo o trabalho de pesquisa e apresenta as melhores ofertas, com taxas exclusivas. A partir disso, a pesquisa de ofertas se dá de forma muito mais eficiente.

Lembrando que esse tipo de operação pode ser realizada em inúmeros bancos e correspondentes bancários. Com isso, fica mais fácil definir o crédito ideal, de acordo com sua necessidade e situação financeira, já que se pode comparar, virtualmente, os valores praticados por cada banco.

2. Tranquilidade para avaliar as propostas de portabilidade

O empréstimo consignado é uma alternativa de crédito barato, sobretudo se comparado ao cartão de crédito tradicional ou o cheque especial, por exemplo. Em geral, o teto de juros nominal do consignado SIAPE é de 2,05% ao mês, enquanto beneficiários do INSS podem pagar, no máximo, 2,14% por mês em relação ao juros desse tipo de operação.

Contudo, cada banco pode estabelecer sua própria taxa — obedecendo aos limites fixados em lei. Prova disso é que os juros variam de maneira considerável de um banco para outro. Nesse contexto, para garantir a melhor oferta de crédito, utilizar simuladores online pode ser uma saída interessante.

Ao invés de tomar uma decisão precipitada (por exemplo, estando à frente do gerente do banco ou de correspondente bancário), o tomador tem a oportunidade de avaliar cada oferta do conforto de casa e comparar diversas variáveis.

Ao buscar pela portabilidade de consignado pela internet é possível comparar as taxas oferecidas pelos bancos e, assim, definir aquela que melhor atende às necessidades de crédito de cada um, antes mesmo de fechar negócio.

3. Rapidez na contratação

Outra vantagem da portabilidade online é a maior rapidez na análise e conclusão do procedimento de migração da dívida entre um banco e outro. Por meio de plataforma digitais, o interessado solicita as informações referentes ao crédito original e transmite os detalhes prévios sobre o empréstimo para o banco proponente.

Como tudo ocorre online, a análise da proposta é executada em pouquíssimo tempo. Cabe lembrar, porém, que essa validação ocorre conforme as políticas de crédito de cada banco. Assim, sendo aprovado, todo o trâmite segue por meios virtuais, sem riscos e burocracias. Ademais, o consumidor pode acompanhar todo o processo online, desde a simulação até o envio de documentos, averbação e assinatura do contrato.

4. Possibilidade de sair com dinheiro no bolso

A portabilidade é uma boa opção para economizar com o empréstimo consignado, principalmente porque as taxas de juros tendem a cair quando a dívida é levada para outro banco. Contudo, essa operação também possibilita ao consumidor sair com dinheiro no bolso. 

O mecanismo, que é chamado de “troco“, nada mais é do que o pagamento da diferença do que já foi quitado pelo tomador no momento da operação. Na prática, ele se caracteriza pela substituição de um contrato cuja parte do saldo devedor já foi quitado ou, ainda, quando as parcelas aplicáveis são menores.

Como resultado dessa operação, gera-se um saldo positivo que pode ser tanto utilizado para reduzir parte da dívida, o que permite uma parcela ainda menor, ou, também, ser liberado como dinheiro real, dependendo da negociação financeira entre o consumidor e o banco.

Como fazer a portabilidade de consignado pela internet com a BX Blue?

Para fazer a portabilidade do consignado remotamente é muito simples. Basta seguir três passos básicos. São eles:

  1. Simule grátis com a BX Blue;
  2. Escolha para qual banco migrar a dívida;
  3. Faça a portabilidade do empréstimo.

Acompanhe, abaixo, o passo a passo detalhado de cada uma das etapas citadas:

1. Simule grátis

Tradicionalmente, antes de solicitar a portabilidade de consignado pela internet o consumidor deve reunir todas as informações relativas ao seu contrato em andamento. Por sua vez, o banco responsável por tais informações deve fornecer todos os detalhes em até 15 dias, obrigatoriamente. Dentre os dados do contrato que são mais importantes, destacam-se informações, como:

  • número do contrato;
  • saldo do débito em aberto;
  • tipo de empréstimo;
  • prazo total e remanescente da dívida;
  • método de pagamento;
  • valor das parcelas;
  • datas de vencimentos das parcelas.

Leia ainda: O que é DED? Saiba como solicitar para o empréstimo consignado

Contudo, na BX Blue este processo é ainda mais acelerado: com poucas informações a plataforma online consegue estimar o saldo devedor e a taxa, apresentando as principais ofertas disponíveis, sem ter que esperar o banco original fornecer as informações detalhadas.

2. Encontre um banco para migrar a dívida

Na sequência, basta avaliar as ofertas e escolher a instituição consignatária ofereça melhores condições de contratação do crédito. Aqui também a BX Blue é líder no mercado, pois facilitar a pesquisa e comparação.

3. Faça a portabilidade do consignado

Por fim, é hora de efetivar a portabilidade de crédito. Na BX Blue esse processo é todo digital, inclusive o envio da documentação necessária e assinatura do contrato.

Como já destacamos, o banco proponente não é obrigado a aceitar tal proposta, haja vista se tratar de uma renegociação de débito já existente. Assim, caso o banco manifeste interesse, o passo seguinte é formalizar a transmissão da dívida, averbar o contrato e assiná-lo.

Pronto. Agora você já sabe quais são todas as etapas necessárias para fazer a portabilidade de consignado pela internet, incluindo as regras e vantagens deste processo. Portanto, é hora de começar a buscar alternativas mais vantajosas para o seu bolso — e é justamente nisso que a BX Blue pode ajudá-lo.

Pesquise, compare e contrate o seu novo empréstimo com agilidade, segurança e muita comodidade. Faça uma simulação agora mesmo e confira.


Saiba tudo de empréstimo consignado e confira dicas para organizar sua vida financeira no canal da BX Blue no YouTube: inscreva-se gratuitamente aqui.


Redação BX Blue

Redação BX Blue

Somos especialistas em empréstimo consignado e focados em divulgar informações úteis para as suas finanças.

Quer fazer um empréstimo consignado?

A bxblue pode te ajudar a contratar o consignado que você está precisando! Compare propostas de crédito consignado de diferentes bancos e escolha a melhor para você.

Simule seu consignado