Prazo da prova de vida SIAPE termina em 30/09; veja o que fazer

bxblue-prazo-da-prova-de-vida-siape

Publicado em: 10/09/2021

Desde julho de 2021 a obrigatoriedade da comprovação de vida para os servidores federais voltou a valer e o prazo da prova de vida SIAPE (Sistema Integrado de Administração) se aproxima do fim.

Com o retorno da exigência, os servidores que não fizerem a comprovação correm o risco de terem o pagamento do benefício suspenso. 

Descubra qual é a data-limite para fazer a prova de vida e fique por dentro das formas de fazer a comprovação.

Inscreva-se para receber conteúdos exclusivos sobre o funcionalismo público
Erro ao enviar, tente novamente.

Qual o prazo da prova de vida SIAPE?

Após mais de um ano de suspensão da obrigatoriedade da prova de vida, como uma forma de diminuir as chances de contágio do coronavírus, o Ministério da Economia divulgou um calendário com as novas datas para realização da comprovação. 

Aposentados, pensionistas e anistiados políticos civis do Poder Executivo Federal que não fizeram a prova de vida em 2020 têm até o dia 30/9/2021 para regularizar a situação. 

Já o prazo da prova de vida 2021 deve ser feita entre julho e dezembro de 2021, a depender do mês de aniversário do servidor. 

Calendário da prova de vida SIAPE

Confira abaixo o calendário oficial para a realização da prova de vida SIAPE:

Fonte: Ministério da Economia | Arte: bxblue

Como fazer a prova de vida?

Atualmente, os servidores podem fazer a prova de vida de duas formas: presencial, por meio do comparecimento ao banco onde recebe o pagamento, e a distância, pelo aplicativo SouGov.

Quem optar pela comprovação presencial deve levar um documento de identificação com foto até a agência bancária.

A prova de vida digital, por sua vez, é disponibilizada para quem possui biometria cadastrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) ou do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito). Isso porque a comprovação online é feita com a identificação biométrica facial.

Além disso, também é necessário que o servidor aposentado, pensionista ou anistiado tenha o aplicativo SouGov e o MeuGov.br instalados no celular. Ambos podem ser baixados tanto na loja de aplicativos App Store (iPhone) quanto na Play Store (Android). 

Feito isso, o servidor pode dar início à realização da prova de vida a partir dos seguintes passos: 

  • Faça o login no aplicativo SouGov com a conta cadastrada no sistema gov.br. Caso não possua, é possível criar uma conta dentro do próprio aplicativo;
  • Na página inicial, clique nas três linhas no menu superior da tela;
  • Depois, selecione a opção “Prova de vida”;
  • Três situações podem aparecer na tela: regular, que significa que a comprovação está em dia; pendente, o que quer dizer que ela precisa ser feita; e em atraso, que significa que o prazo para fazer a prova de vida já se esgotou;
  • Se aparecer pendente ou em atraso, clique na opção “Instruções para a Prova de Vida”;
  • Leia as instruções e clique em “Entendi! Abrir MeuGov.br” para que o SouGov seja redirecionado automaticamente;
  • Faça o login no app MeuGov, também com o cadastro do sistema gov.br;
  • Clique em “Autorizar” e selecione a opção “Realizar Validação”;
  • O aplicativo pedirá permissão para usar a câmera e fazer a comprovação. Clique em “Permitir”;
  • Siga as orientações e clique em “Entendi” ou selecione a opção “Pular” para avançá-las;
  • Clique no botão marcado para tirar a foto;
  • Aguarde a mensagem “Validação facial realizada com sucesso!” aparecer na tela e clique em “Ok”;
  • Abra o aplicativo ou site SouGov para acompanhar a situação da prova de vida. A atualização deve acontecer em até dois dias.
Foto: Reprodução/Governo Federal
Foto: Reprodução/Governo Federal
Foto: Reprodução/Governo Federal
Foto: Reprodução/Governo Federal
Foto: Reprodução/Governo Federal
Foto: Reprodução/Governo Federal

Nova forma de realizar a comprovação de vida

Uma terceira forma de fazer a prova de vida está em fase piloto. Trata-se da Prova de Vida Analytics, do Banco do Brasil.

Os servidores correntistas do banco poderão fazer a comprovação de forma automatizada, pois a partir da ciência de dados, o banco criou um conjunto de regras pré-definidas que comprovam a vida de forma proativa.

A confirmação de que a prova de vida foi realizada é feita a partir de uma comunicação do banco por mensagens de SMS, mobile, internet ou terminais de autoatendimento do Banco do Brasil.

O que acontece com quem não fizer a prova de vida?

Qualquer servidor aposentado, pensionista ou anistiado civil que receba pelo SIAPE deve fazer a prova de vida anualmente, no mês de aniversário. 

A exceção à regra foi durante a pandemia, quando os servidores podiam fazer a comprovação normalmente, mas aqueles que não fizessem até junho de 2021 não corriam o risco de ter o pagamento suspenso.

Desde o mês de julho, a regra voltou a valer e a prova de vida retornou à obrigatoriedade, sob pena de suspensão do pagamento. 

Para regularizar a situação e voltar a receber os pagamentos normalmente, o servidor deve fazer a prova de vida.

Veja também: o aumento da margem de 5% não vale para todos os convênios


Informações de carreira e todas as novidades para servidores públicos federais estão no canal da bxblue no YouTube: conheça e se inscreva gratuitamente.