Prorrogação da prova de vida 2020: INSS adia recadastro para Outubro

Publicado em: 08/07/2020

Nova portaria divulgada pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) amplia o prazo da prorrogação da prova de vida dos Aposentados e Pensionistas, neste ano.

A comprovação de vida é uma obrigatoriedade anual. Ou seja, um compromisso onde os segurados precisam garantir que estão vivos, para continuar a receber os benefícios regularmente. Saiba mais sobre a prova de vida INSS 2020.

Prorrogação a prova de vida é válida até o final de Outubro

Até quando vale a prorrogação da prova de vida INSS em 2020?

A Portaria nº 680 de 17 de junho de 2020, estabelece orientações quanto às medidas protetivas para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da pandemia do coronavírus (COVID 19).


Art. 1º Prorrogar, por mais 60 (sessenta) dias, as interrupções das rotinas de atualização e manutenção de benefícios administrados por este Instituto, de que trata o caput do art. 1º da Portaria nº 373/PRES/INSS, de 16 de março de 2020, em decorrência da permanência do estado de emergência pública, resultante da pandemia do coronavírus (COVID 19), podendo ocorrer nova prorrogação enquanto perdurar a situação.


Em março, no início da pandemia, a Portaria nº 373/PRES/INSS suspendeu a prova de vida por 120 dias. O prazo se encerrou em junho. Depois, adiou novamente por mais 60 dias (prazo expira em 30 de setembro) e agora, alterou para 31 de outubro.

Novos prazos da prova de vida

Qual o prazo para fazer prova de vida 2020?

Com o outro adiamento, passa a vigorar o novo prazo com a prorrogação da prova de vida, por mais 30 dias:

Suspensão inicialPrimeira prorrogação da suspensãoSegunda prorrogação da suspensão
120 dias
(contados a partir de março)
60 dias
(contados a partir de junho)
30 dias
(contados a partir de setembro)

Como previsto no próprio documento, os prazos para o recadastramento INSS 2020 podem ser novamente alterados – conforme necessidade pelo estado da pandemia.

O adiamento é parte das medidas práticas do Governo para evitar a aglomeração de pessoas nas agências bancárias – onde a comprovação é feita presencialmente.

Geralmente, o processo ocorre via leitura de biometria e apresentação de documento original com foto.

IMPORTANTE: Essa prorrogação não se aplica ao inciso VI do art. 1º da Portaria nº 373/PRES/INSS, de 16 de março de 2020.

Para quem vale a prorrogação da prova de vida 2020?

A suspensão temporária da prova de vida em 2020, se aplica a todos os Aposentados e Pensionistas.

Mesmo aqueles que têm acima de 80 anos ou dificuldades de locomoção, também precisam cumprir com a obrigatoriedade todos os anos. A diferença é que são atendidos de outra forma.

Vale lembrar que os cidadãos vinculados a outros regimes, como é o caso dos Servidores Públicos, têm regras específicas.

Os Aposentados e Pensionistas da União, por exemplo, também tiveram as regras da prova de vida atualizadas recentemente.

Prova de vida garante o pagamento benefícios

Anualmente, os Aposentados e Pensionistas precisam fazer esse procedimento, além de cumprir com outras possíveis exigências solicitadas pelo órgão.

A prova de vida ocorre no mês de aniversário do segurado e pode ser feita em qualquer agência bancária. A única regra é que seja da mesma rede em que recebe o benefício.

Assim, quem recebe no banco Bradesco, por exemplo, pode se apresentar em qualquer agência do país para o procedimento.

O objetivo do recadastramento é garantir que tanto a aposentadoria, quanto as pensões sejam pagas aos respectivos titulares dos benefícios. Essa é uma das formas de reduzir o número de fraudes previdenciárias.

Dessa forma, mesmo aqueles que precisam encaminhar documentos comprobatórios e atender outras exigências, podem fazê-lo durante a pandemia, pelo Meu INSS.

O mesmo se aplica aos casos em que houver dados cadastrais insuficientes ou faltantes identificados pelo Sistema de Verificação de Conformidade da Folha de Pagamento de Benefícios (SVCBEN). Essas informações são disponibilizadas no Painel de Qualidade de Dados do Pagamento de Benefícios (QDBEN).

Todos os segurados que se enquadrarem nessas situações, serão comunicados por carta de convocação.

Aos demais, basta aguardar novo prazo para a prova de vida. Não precisando, portanto, tomar nenhuma ação até lá.

Cumprimento de exigências pode ser feito online

Os Aposentados e Pensionistas convocados podem encaminhar as informações online, pela plataforma Meu INSS. Os sistema está disponível para acesso pela internet, via site ou aplicativo gratuito.

O prazo máximo é de até 90 dias para regularização das pendências, sob o risco de ter o benefício bloqueado ou pagamento suspenso temporariamente.

A exceção se aplica apenas quando houver dúvidas quanto à documentação apresentada, onde pode haver nova suspensão, até o retorno do atendimento presencial.

As atividades foram reiniciadas, mas em horário de atendimento parcial e para cinco dos principais serviços somente.

Leia também: Quais serão os horários de atendimento do INSS, durante a pandemia?

Para os outros atendimentos, os cidadãos e segurados podem contato com o Meu INSS. Inclusive, essa é a recomendação geral – uma vez que o atendimento pode ser facilitado online.

Prova de vida à distância

A implementação da prova de vida à distância a todos os segurados deve ser implementada em breve. Os testes com um grupo menor já estão em andamento.

Com a digitalização dos serviços do Governo, a expectativa da Previdência Social é de que esse processo também possa ser renovado em breve.

Leia também: 3 mudanças da prova de vida para Aposentados e Pensionistas INSS

Se a prova de vida for alterada definitivamente para o sistema online, irá beneficiar muitos brasileiros.


Se você é Beneficiário INSS e não quer perder mais nenhuma informação relevante, pode receber notícias selecionadas direto no seu WhatsApp. Clique aqui para se inscrever GRATUITAMENTE.

Receba novidades por e-mail
Seu e-mail foi cadastrado na nossa lista! 😍
Erro ao enviar, tente novamente.