Descubra como fazer a prova de vida no caixa eletrônico

prova de vida no caixa eletrônico - caixa eletrônico, agência, banco

Publicado em: 07/06/2021

Para não ter seus benefícios cortados, aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) devem realizar a prova de vida. O procedimento recentemente voltou a ser obrigatório, após o período de suspensão em decorrência da covid-19. Nem todos os beneficiários sabem, mas é possível fazer a prova de vida no caixa eletrônico.

Por causa da pandemia, o INSS parou de bloquear os benefícios de quem não fizesse a comprovação. Porém, a medida, que tinha caráter emergencial, não está mais em vigor. Desse modo, agora os prazos da prova de vida do INSS têm novas datas de vencimento, que vão de junho a dezembro deste ano.

Cadastre-se para receber conteúdos exclusivos sobre funcionário público
Erro ao enviar, tente novamente.

O que é preciso para fazer a prova de vida no caixa eletrônico?

A prova de vida é um mecanismo do INSS utilizado para evitar golpes e fraudes, principalmente aqueles em que os fraudadores assumem a identidade de um aposentado já falecido. Para minimizar esse tipo de ocorrência, todos os anos os beneficiários do órgão devem comprovar que estão vivos.

Já a prova de vida no caixa eletrônico é oferecida por alguns bancos aos clientes identificados com técnica de biometria. Em algumas instituições financeiras, basta acionar o sistema biométrico, para qualquer operação: saque, transferência, consulta etc.

Nesses casos, a simples ativação do login com essa biotecnologia já garante a prova de vida. Em outras situações, são necessários passos mais específicos, o que varia de um banco para outro.

Os aposentados que obtêm seus vencimentos por meio de conta corrente, conta poupança ou cartão magnético são obrigados a passar pela averiguação. Esse recurso de segurança existe desde 2012 e é previsto em lei.

Cadastre-se para receber conteúdos exclusivos sobre empréstimo consignado
Erro ao enviar, tente novamente.

Prova de vida digital

O INSS escolheu 5,3 milhões de usuários para um projeto-piloto de prova de vida digital. Nessas condições, o aposentado pode passar pela prova no aplicativo Meu Gov.br. Em seguida, deve ser utilizado o app Meu INSS para consultar o resultado.

Como realizar a prova de vida no caixa eletrônico?

Algumas instituições financeiras oferecem aos clientes a opção de prova de vida no caixa eletrônico. No entanto, para essa modalidade, é crucial estar cadastrado junto à instituição financeira por algum sistema de controle biométrico.

Com a inscrição biotecnológica em ordem, o segurado fica tranquilo com o recebimento da aposentadoria e também tem acesso a facilidades junto às entidades financeiras, como o empréstimo consignado. Afinal, estar regularizado junto ao INSS é uma das exigências para entrar em financiamentos com condições especiais de quitação.

A seguir, confira como funciona o procedimento em alguns dos principais bancos.

Banco do Brasil

O Banco do Brasil conta com prova de vida nos caixas eletrônicos, mas também oferece o serviço por meio do app BB. Entretanto, o programa é exclusivo para quem recebe na categoria crédito em conta.

Para o teste digital, basta clicar em “Serviços”, depois em “INSS”. Em seguida, haverá a opção para tirar foto do RG frente e verso. Para o caixa eletrônico, basta acessar com a biometria já usual.

Bradesco

A prova de vida no caixa eletrônico do Bradesco pode ser feita em qualquer um dos terminais de autoatendimento e também nas máquinas da Rede Banco24horas. Porém, o sistema funciona somente para os clientes com biometria.

Dessa forma, os demais aposentados e pensionistas que recebem pelo banco devem ir até as agências de origem. Para solicitar o cadastro biométrico, basta procurar um funcionário direto nas unidades físicas.

Caixa Econômica Federal

De igual maneira, na Caixa Econômica Federal o teste de vida nos terminais de autoatendimento opera apenas para os inscritos com biometria. Porém, nessa instituição financeira, a prova de vida é realizada com o simples acionar de qualquer operação pelo método biométrico.

Em outras palavras, o beneficiado que sacar, transferir ou mesmo consultar o saldo com a biometria já terá a prova de vida gerada automaticamente.

Itaú Unibanco

Assim como na Caixa, qualquer transação realizada com a biometria servirá de prova de vida, sem a necessidade de procedimento específico. Quem não tiver esse tipo de inscrição consegue fazer o teste nos guichês das agências do Itaú com um documento com foto.

Santander

Por sua vez, o banco Santander realiza a averiguação em qualquer caixa eletrônico, mas também exclusivamente para os correntistas identificados com biometria, assim como os demais bancos. Também é possível passar pela análise na própria agência diretamente com o gerente.

Qual é o calendário para o retorno da prova de vida obrigatória?

O calendário do INSS para a prova de vida tem limites de datas variadas, que vão de junho a dezembro de 2021. Os usuários devem ficar atentos com o cronograma a fim de não perderem o prazo.

Embora tenha sido suspenso durante a pandemia, o procedimento é indispensável para que o pagamento do benefício ocorra normalmente, sem qualquer tipo de intercorrência importante.

Vencimento da prova de vidaNovo prazo
Março e Abril de 2020Junho de 2021
Maio e Junho de 2020Julho de 2021
Julho e Agosto de 2020Agosto de 2021
Setembro e Outubro de 2020Setembro de 2021
Novembro e Dezembro de 2020Outubro de 2021
Janeiro e Fevereiro de 2021Novembro de 2021
Março e Abril de 2021Dezembro de 2021
Fonte: Instituto Nacional do Seguro Social

É importante destacar que a prova de vida no caixa eletrônico está liberada, mas o usuário deve verificar se já tem o cadastro biométrico, imprescindível para esse tipo de operação. Em caso negativo, basta se informar sobre o procedimento na sua instituição financeira.


Quer receber as últimas notícias, em primeira mão direto no seu Whatsapp? Se inscreva gratuitamente: