Quer quitar compras parceladas? Veja vantagens ao usar consignado

quitar compras parceladas - mão segurando sacolas de compras

Publicado em: 23/11/2021

A possibilidade de quitar compras parceladas costuma ser vantajosa para os consumidores em diversas situações. Por isso, vale a pena considerar a quitação antecipada, mas tal procedimento deve levar em conta alguns detalhes.

Abaixo, saiba mais sobre quitar compras parceladas utilizando o empréstimo consignado e como o crédito com consignação em folha pode atuar como um excelente instrumento de organização financeira.

Inscreva-se para receber conteúdos exclusivos de finanças
Erro ao enviar, tente novamente.

Compras parceladas

As compras parceladas dividem as opiniões de consumidores e especialistas em finanças. Se por um lado o parcelamento é uma oportunidade de conseguir algum item desejado, especialmente os de maior valor, por outro pode ser que a compra seja parcelada e ao final do pagamento, o produto desvalorizou, ou mesmo se perdeu, foi roubado, entre outras possibilidades desagradáveis.

Além disso, existem algumas desvantagens aliadas ao uso indiscriminado dos cartões de crédito, uma vez que incentiva a compra por impulso. Por isso, muitos consumidores se deparam com faturas com valores bem mais altos do que o imaginado.

Os juros dos cartões de crédito estão entre os maiores do mercado de crédito pessoal, afinal, paga-se também pela facilidade da utilização do serviço.

Ressalta-se que o cartão de crédito pode ser uma forma vantajosa de adquirir produtos e serviços apenas se o pagamento do valor total da fatura mensal for feito até o vencimento, caso contrário, os juros que incidem podem tornar a dívida uma verdadeira bola de neve.

Isso porque o pagamento mínimo da fatura pode multiplicar o saldo devedor, tornando cada vez mais difícil a quitação após algum tempo. No entanto, os cartões de crédito não são as únicas possibilidades de conseguir fazer compras parceladas. Veja abaixo outras opções.

Métodos comuns para parcelar compras

Ainda que a forma de pagamento mais utilizada pelos brasileiros seja o cartão de crédito, existem algumas outras opções no mercado que permitem ao consumidor adquirir produtos e serviços de forma parcelada.

  • Cheque: Há alguns anos esta era uma forma muito comum para pagamento parcelado, afinal, tinha a opção do cheque pré-datado, ou seja, estipulava-se em acordo entre vendedor e comprador, uma data em que o cheque deveria ser depositado e o valor repassado para o vendedor.

Com o passar do tempo, o cheque começou a ser ultrapassado por outras formas mais eficientes e práticas de crédito. Assim, o cheque se tornou uma possibilidade remota de solicitação de parcelamento. No entanto, ainda é utilizado no mercado.

  • Boleto parcelado: Esta possibilidade apresenta uma maior inclusão e poder de compra para aqueles que não trabalham com cartão de crédito ou cheque. O boleto parcelado funciona mais ou menos como um carnê de loja, ou seja, o comprador faz uma compra e o valor é parcelado via boleto. Ele receberá o produto em sua casa e pagará pela compra por meio de parcelas em boleto.

O boleto parcelado pode ser debitado também do cartão de crédito, ou seja, no caso de uma loja não aceitar cartão de crédito ou, em um cenário mais possível, a ausência do cartão de crédito tornar impossível uma compra; ou mesmo a falta de limite utilizável, é possível fazer uso dessa facilidade na hora de comprar.

  • Carnê de loja: Esta opção é mais popular em lojas físicas. O cenário de pandemia vivenciado globalmente causou alguns desdobramentos também no setor de compras, ou seja, o mercado online se tornou muito mais atrativo para grande parte da população que, antes preferia se dirigir a uma loja, mas que agora faz suas compras em casa.

Assim, esta opção é como um boleto parcelado. O comprador se dirige até a loja e escolhe o que deseja; na hora do pagamento, deve solicitar o pagamento por carnê. Nesse momento é acordada a quantidade de parcelas que a loja oferece e também a quantidade que o cliente deseja.

Com essas informações, o carnê é feito com várias guias de pagamento já datadas nos meses de vencimento corretos. Portanto, o cliente se responsabiliza por fazer o pagamento nas datas estipuladas.

Como quitar compras parceladas?

Quitar compras parceladas pode ser mais simples do que se imagina. A organização é o primeiro passo para uma vida financeira saudável. Confira a seguir algumas dicas para quitar compras parceladas:

Faça um levantamento

Antes de escolher o método mais apropriado para quitar compras parceladas é importante fazer um levantamento das dívidas. Saber quanto é o débito total é essencial para compreender melhor como quitar o valor. Assim, coloque na ponta do lápis todas as contas, sejam elas as essenciais, como alimentação, água, luz, telefone; ou aquelas compras de itens secundários.

Com o valor total das dívidas e compras parceladas em mãos, é possível avaliar as opções, além de poder calcular os juros aproximados e o abatimento ao quitar compras parceladas. Para quem já está inadimplente, cada conta quitada é um valor substancial de juros que deixa de ser pago e uma vantagem para se ter em mente.

Corte despesas invisíveis

Uma série de gastos podem ser considerados despesas invisíveis e que acabam por comprometer boa parte da renda. Serviços com renovação automática, por exemplo, estão entre as contas que fazem gastar valores aparentemente baixos, mensalmente, mas que ao longo do ano se tornam consideráveis.

Para fazer um corte saudável nas despesas invisíveis e conseguir folga no orçamento para quitação das compras parceladas, é importante analisar o seu tempo, a sua disponibilidade, a utilização do serviço e a viabilidade do valor.

Por exemplo, para quem assina três serviços diferentes de streaming, mas não tem tempo para assistir ao menos um filme por semana, ou mesmo um episódio de uma série, então talvez esses serviços não estejam sendo aproveitados no momento.

Atente-se também para seguros acoplados em faturas de cartões de crédito, ou então serviços redundantes, ou seja, pelos quais se paga, mas que não fazem sentido no momento; por exemplo, pagar por uma quantidade fixa de mensagens SMS sem de fato enviar este total de mensagens. Sempre fique de olho para não pagar por serviços que não utiliza.

Negocie descontos pela antecipação

Uma outra forma de quitar compras parceladas é entrar em contato com o credor e solicitar um desconto pela antecipação das parcelas. Ao negociar pela antecipação, é possível conseguir um desconto maior pela quitação das dívidas. Aproveite renda extra, como 13º salário, ou venda de bens, para quitar antecipadamente as compras parceladas com desconto.

A entrada de uma renda extra pode ser uma oportunidade para quitar compras parceladas. O fim do ano costuma ser um momento em que existe a possibilidade de o caixa pessoal contar com alguns acréscimos, desta forma, pensar em aplicar o dinheiro no pagamento das dívidas pode ser um bom plano.

O 13º salário costuma ser o principal instrumento para quitação antecipada. Mesmo para quem tenha pensado em outros planos para o dinheiro extra, é importante analisar no longo prazo os valores de juros cobrados pela dívida (em caso de inadimplência) ou da economia com o desconto pela quitação antecipada. A diferença pode ser considerável e, portanto, pode ser que o plano seja uma boa ideia.

Outra possibilidade de dinheiro extra, para quem tem saldo no FGTS, é a adesão ao Saque-Aniversário: a modalidade permite ao titular da conta resgatar, anualmente, parte dos valores, para usar livremente.

5 vantagens do empréstimo consignado para quitar compras parceladas

O empréstimo consignado é conhecido por ser uma das melhores opções de crédito pessoal para as pessoas que têm renda estável, como aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), servidores públicos de todas as esferas e trabalhadores do setor privado do regime celetista.

Com a garantia do pagamento por meio da consignação em folha, as instituições financeiras aplicam juros menores para esta modalidade de operação. Além disso, o consignado é regido por um teto na cobrança dos juros, de , ou seja, os valores dos juros não podem ser superiores àqueles propostos pela tabela.

Desta forma, para quem está com compras parceladas em modalidades mais caras, como o cartão de crédito, o empréstimo consignado é ótima alternativa para quitar as compras.

Confira a seguir vantagens do empréstimo consignado e sua utilização para quitar compras parceladas:

1. Facilita a organização

Ter uma lista de compras não pagas e débitos diversos pode ser um fator de gatilho para uma série de ansiedades referentes à vida financeira. Assim, as dívidas acabam parecendo muito mais impenetráveis do que são normalmente. Portanto, a organização pode ajudar também a ter uma perspectiva melhor sobre o assunto.

Quitar compras parceladas com o empréstimo consignado pode ser uma forma de organizar as dívidas, pagá-las e então manter apenas uma única dívida ativa. Para saber a viabilidade desse plano, é importante ter na ponta do lápis todos os gastos, assim como os valores em prestações que irá pagar ao mês.

Calcule os juros das dívidas ativas, e depois calcule os juros de uma simulação de empréstimo consignado para saber se os valores compensam. Os empréstimos consignados costumam ter juros consideravelmente menores que os empréstimos mais convencionais, assim, é uma possibilidade viável para quitar compras parceladas.

2. Permite quitar várias compras de uma única vez

É muito comum que as dívidas de compras parceladas comecem a se acumular quando existe a impossibilidade de pagamento.

O empréstimo consignado permite o pagamento de várias dívidas de uma só vez, sendo que fica uma única parcela para pagamento ao invés do caos das diversas contas em aberto, o que permite maior controle das finanças. É por esse motivo também que a análise da dívida como um todo é parte essencial do planejamento.

3. Evitar atrasos em dívidas de juros altos

Quando fala-se em juros altos é inevitável pensar em dívidas no cartão de crédito e cheque especial, afinal, segundo pesquisas recentes, mais da metade da população brasileira possui dívidas ativas nestas modalidades.

Desta forma, ao pagar o cartão de crédito ou cheque especial com o empréstimo consignado, é o fim da cobrança de juros abusivos.

4. Permite a quitação antecipada do próprio crédito

O empréstimo consignado também permite que o pagamento antecipado do crédito solicitado. Em outras palavras, no caso de você conseguir um valor extra sendo um 13º ou mesmo um bônus de fim de ano, é possível usar esse valor para antecipar as parcelas do seu empréstimo.

A antecipação do consignado traz uma série de benefícios, como liberar margem consignável para novas operações, desconto e diminuição dos juros, entre outros.

5. Fácil de contratar

Em uma pesquisa feita em 2021 pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) juntamente com o SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) e o Sebrae, 62,3 milhões de brasileiros estavam com compras parceladas em setembro. O superendividamento, nestes casos, não pode ser ignorado, e é uma das desvantagens que a facilidade das compras parceladas acarreta.

Desta forma, o empréstimo consignado surge como uma alternativa de crédito igualmente fácil de obter – já que pode ser contratado online, por meio de empresas como a bxblue – mas com um custo consideravelmente menor.

Uma vez que os valores mensais das parcelas são debitados diretamente do salário ou benefício previdenciário do tomador, a contratação do empréstimo consignado não é burocrática. Com a bxblue, após a solicitação online e aprovação do crédito, em tempo recorde o dinheiro cai na conta e pode ser utilizado como o contratante quiser – inclusive na quitação das compras parceladas em diferentes meios de pagamento.


Quer receber as últimas notícias, em primeira mão direto no seu Whatsapp? Se inscreva gratuitamente: