Reajuste para quem ganha acima de um salário mínimo será de 3,43%

A inflação oficial de 2018 fechou em 3,75%, conforme divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O índice, que é referência para outros cálculos, também confirmou o reajuste dos benefícios de quem ganha acima de um salário mínimo. 

Assim, Aposentados e Pensionistas INSS que ganham acima do mínimo, terão reajuste de 3,43% em 2019.

Apesar de menor, o reajuste é maior do que o do ano anterior. Com isso, o teto da Previdência Social deverá subir para R$ 5.839,45. Em 2018, esse valor era de R$ 5.645,80, como já publicado no Diário Oficial da União (DOU) a portaria número 9 de 15 de Janeiro de 2019. 

Para quem ganha o salário mínimo, o reajuste será de 4,61%. O piso subiu de R$ 954 para R$ 998 em 2019.

Entenda agora como o reajuste é determinado e sua série histórica.

Reajuste anual de quem ganha acima de um salário mínimo

Qual o salário dos Aposentados que ganham acima do mínimo em 2019?

A correção anual dos benefícios INSS é baseado no reajuste do salário mínimo.
Entretanto, as alíquotas para quem ganha o teto do salário e acima de um salário mínimo, apresentaram grande variação ao longo dos anos.

Uma das principais questões é que não há uma alíquota única. Sendo assim, o índice para cada uma das faixas salariais é diferente.

Acompanhe no infográfico a seguir, a variação histórica dos reajustes das aposentadorias INSS e sua comparação.

 

Loading...

 

O reajuste para beneficiários que ganham acima do piso nacional, geralmente, é sempre menor que o de quem ganha até um salário.

A exceção ocorreu apenas nos anos 1996, 1997, 2017 e 2018.

Mas, porque o reajuste acima de um salário mínimo, é menor do que o próprio reajuste do salário?

O reajuste para Aposentados e Pensionistas do INSS que recebem benefícios com valor acima de um salário mínimo, tem sido exatamente a variação do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) do ano anterior.

Vale lembrar que o INPC, que é considerado a inflação oficial, é utilizado para o cálculo do reajuste do salário mínimo.

Não há nenhuma justificativa clara para essa diferença, entretanto, quem ganha mais que um salário mínimo tem direito a reajuste, da mesma forma. 

Então, se você é Aposentado ou Pensionista INSS, programe-se para os próximos saques. Aproveite para conferir a nova tabela de pagamento de benefícios!

Pagamentos para quem ganha acima de um salário mínimo

A tabela de pagamento de benefícios do INSS 2019 já foi divulgada. O pagamento com a correção entra em vigor ainda no mês de janeiro.

Dessa forma, os cerca de 11,7 milhões de beneficiários que recebem acima de um salário mínimo poderão sacar o valor reajustado, a partir de fevereiro.

Os primeiros pagamentos são para os benefícios de final 1 e 6. E assim, consecutivamente, já que, neste caso, os Aposentados e Pensionistas que ganham acima de uma salário mínimo são agrupados pelo número do benefício.


IMPORTANTE: E nós te ajudamos a não perder nenhuma data! A bxblue criou uma agenda exclusiva com o calendário completo para facilitar a sua programação!  Basta copiar e adicionar direto na sua agenda (computador ou celular) os lembretes dos compromissos.


Com o aumento confirmado, Aposentados e Pensionistas INSS receberão R$ 193,65 a mais no mês, diferença esta, referente ao teto anterior (R$ 5.839,45 – R$ 5.645,80).

Aposentados e Pensionistas que queiram contratar um empréstimo ou cartão consignado, também poderão contar com uma margem consignável complementar.

Margem consignável para empréstimo

O novo salário mínimo 2019 INSS trará uma margem adicional de R$ 68,78. Na prática, isso quer dizer que, quem precisa de um novo empréstimo pode utilizar esse valor.

Caso o Aposentado ou Pensionista tenha ainda margem disponível, o valor pode ser somado.

Margem consignável anterior

  • R$ 1.976,03 (35% de R$ 5.645,80)

Nova margem consignável

  • R$ 2.043, 81 (35% de R$ 5.839,45)

Vale lembrar que, o percentual do limite do benefício que pode ser comprometido com o empréstimo não mudou.

A margem consignável é de 35% e o cálculo se baseia no valor líquido. Ou seja, desconsiderando os demais descontos.

Do valor limite, 30% é destinado para as parcelas do contrato do empréstimo. Os 5% adicionais, são para uso com o cartão de crédito consignado.

Como as parcelas ou parte da fatura do cartão são descontados automaticamente da aposentadoria ou pensão, saber o valor do reajuste de quem recebe acima de um salário mínimo, pode ajudar no planejamento financeiro.

Aproveite para acompanhar também outras dúvidas, que certamente serão do seu interesse!

6 dúvidas comuns sobre o reajuste do benefício INSS

Como complemento a este conteúdo, reunimos aqui e respondemos as 6 principais dúvidas sobre o reajuste do salário mínimo, recebida dos nossos leitores.

1 – O benefício INSS é sempre reajustado pelo salário mínimo?

R:  Sim. Todos os benefícios previdenciários devem ser reajustados anualmente, com base no reajuste do salário mínimo. Para isso, é claro, é preciso que a correção do salário mínimo tenha ocorrido antes.

2 – Oficialmente, quando o valor do novo salário mínimo deve ser anunciado?

R: O novo salário mínimo (ano seguinte) é anunciado pelo Governo até o final de dezembro do ano corrente, com base em uma estimativa.

O cálculo do reajuste do salário mínimo leva em consideração o INPC acumulado de 12 meses e o PIB dos dois anos anteriores. Então, como o anúncio é feito em dezembro, o valor do INPC ainda não foi confirmado. A inflação oficial do ano anterior é apurada e anunciada em janeiro do ano seguinte.

3 – Se a variação real do INPC for maior que o reajuste anunciado, o Governo pagará a diferença?

R: Por lei  os índices estimados não precisam ser revisados. Os eventuais acréscimos ou valores adicionais podem ser compensados no reajuste seguinte. Entretanto, sem considerar pagamentos retroativos.

4 – O valor do reajuste de Aposentados INSS que recebem acima de um salário mínimo é o mesmo de quem recebe o piso salarial?

R: Não. As alíquotas de reajustes são variáveis. Portanto, quem recebe até um salário terá um aumento e quem recebe acima de um salário mínimo, outro.

Não há nenhuma razão clara para isso. Mas o reajuste é de direito tanto dos Aposentados, quanto dos Pensionistas INSS. Como o valor é baseado na inflação, o aumento é concedido para que as pessoas não percam o poder de compra.

5 – O novo salário mínimo também pode reajustar o valor das contribuições INSS?

R. Sim. Esses novos valores são também os valores base para contribuição para a Previdência Social.

6 – Quais são os novos valores, mínimos e máximos, para aposentadoria?

R: As aposentadorias e pensões não poderão ser inferiores a R$ 998 (valor do novo salário mínimo). A partir de janeiro deste ano, nenhum seguro pode receber mais que R$ 5.839,45 (que é o novo teto da Previdência).

Quer fazer um empréstimo consignado?

A bxblue pode te ajudar a contratar o consignado que você está precisando! Compare propostas de crédito consignado de diferentes bancos e escolha a melhor para você.

Simule seu consignado

Qual será o aumento da Margem Consignável? O que muda com as novas regras do Empréstimo Consignado INSS 2019?
  • Consulte por temas

  • Você também vai gostar de