Aposentados e Pensionistas podem receber o benefício em conta-corrente

Publicado em: 30/04/2020

O Instituto Nacional o Seguro Social (INSS) divulgou que os segurados que recebem por cartão magnético, a partir de agora, podem solicitar a transferência do pagamento para depósito em conta-corrente.
Entenda a motivação para a mudança e o passo a passo para solicitar a alteração.

Pagamento de Aposentadoria e Pensão em conta-corrente

Uma nova portaria do INSS, publicada em 27 de Abril no Diário Oficial da União (Portaria nº 543), autoriza a transferência do pagamento de benefícios para modalidade de conta corrente.
Atualmente, cerca de 12.4 milhões de beneficiários recebem por meio de cartão magnético. Esse meio de pagamento foi adotado na época, para facilitar a inclusão dos desbancarizados, ou seja, daqueles que ainda não tinham conta ativa em qualquer banco.
Embora pareça ser uma realidade diferente do que se vê hoje, o número de pessoas sem acesso ao sistema bancário ainda é bem significativo.

Mas o que muda na prática?

Com a mudança, os Aposentados e Pensionistas que recebem por cartão magnético, podem, se desejarem, receber a aposentadoria ou pensão em uma conta-corrente.
Neste caso, é preciso que a conta bancária esteja no mesmo nome do titular do benefício, garantindo que o valor cairá na conta correta. Não é permitido, portanto, indicar contas de terceiros.
A medida foi criada para evitar que aqueles que recebem por cartão magnético tenham que que se deslocar ou enfrentar filas, colocando sua saúde em risco. Esse é um desdobramento do pacote de mudanças, promovidas pelo Instituto, realizadas em decorrência do novo Coronavírus.
No entanto, uma vez alterada a forma de recebimento do pagamento, o segurado pode continuar a receber por sua conta bancária, mesmo após o término da quarentena. Assim, o meio de pagamento passa a ser o de sua preferência.
Saiba como solicitar a alteração que estará disponível na plataforma digital do INSS, dentro de alguns dias.

O que é necessário para receber o benefício em conta-corrente?

Vale lembrar que as agências do INSS estão com o atendimento presencial suspenso. Portanto, no caso de qualquer necessidade, é preciso acionar os canais digitais.
Então, para passar a receber o benefício em conta-corrente, os interessados devem solicitar a mudança exclusivamente pelo Meu INSS (serviço disponibilizado em breve). O portal de serviços pode ser acessado pelo site ou pelo aplicativo, mas é preciso ter um login.
Confira o passo a passo, para facilitar o pedido.

Passo 1:  logar no Meu INSS

Ao acessar o site do Meu INSS ou o aplicativo o usuário já deve ser autenticado. A autenticação do usuário é o que permite identificá-lo e, neste caso, por se tratar de uma alteração relacionada ao crédito do benefício é preciso validar algumas informações – para evitar qualquer tipo de irregularidade ou possível fraude.

Quem ainda não tem a sua senha, pode criá-la online, clicando na opção “cadastrar” senha.

Leia tambémO cadastro do Meu INSS mudou. Crie seu novo login agora!

Uma vez criada a senha, o perfil do seguro é carregado a partir do CPF. Então, basta inserir o CPF e a senha nos campos solicitados.

Passo 2: preencher a solicitação

Para receber o benefício em conta-corrente é necessário solicitar a alteração direto ao INSS que é responsável pela autorização. Isso ocorrerá por uma nova solicitação que será preenchida online. Para isso, já na tela inicial basta selecionar “Agendamentos/solicitações”.

O passo seguinte é criar um novo pedido, ou seja, abrir um novo requerimento.

Em seguida, serão listados todos os serviços gratuitos disponíveis. Para facilitar a busca, o usuário pode digitar o serviço do seu interesse.

Em seguida, basta procurar pela opção “Atualização para manutenção de Benefício e outros serviços”.

Passo 3: Selecionar Transferência

O passo seguinte é clicar em “Transferir Benefício para Conta-Corrente”. Para finalizar o processo, as informações sobre a conta-bancária devem ser inseridas quando solicitado.
A necessidade de autenticação de documento na apresentação do requerimento está dispensada, como prevê a portaria.

Qual é o prazo estimado para a alteração?

O INSS ainda não informou o prazo previsto. No entanto, para que a efetivação da transferência da modalidade de pagamento ocorra, o crédito disponível (e dentro do prazo) será bloqueado.

Dessa forma, o órgão poderá reemitir o pagamento na conta-corrente indicada. Mesmo quem precisa do dinheiro imediatamente pode solicitar a alteração para receber o benefício em conta-corrente. Como o processo é feito digitalmente, a conferência e validação com a instituição financeira também deve ser rápida.

Vantagens do recebimento do benefício em conta-corrente

O pagamento por esta modalidade, que já utilizada por boa parte dos segurados, deve facilitar a vida e o dia-a-dia dos Aposentados e Pensionistas. Entre as principais vantagens estão:

Uso do crédito sem necessidade de saques

Diferente de como ocorre no caso do cartão magnético, o dinheiro disponível em conta-corrente pode ser movimentado e utilizado online, por exemplo. Outro benefício é contar com o cartão na função débito. Assim, conforme uso, o saldo já é deduzido automaticamente.

Leia tambémQual é o melhor banco para receber a Aposentadoria?

Isso dá mais flexibilidade e agilidade à gestão financeira, além de ampliar as possibilidades de uso do dinheiro, como compras online, transferências eletrônicas, dentre outras.

Maior praticidade e comodidade

Muitos beneficiários enfrentam mensalmente enormes filas para saque do dinheiro nas redes credenciadas. Com a recebimento em conta-corrente, o acompanhamento e a gestão do saldo passa a ser mais rápida e eficiente.
Muitos bancos disponibilizam a seus clientes sites e aplicativos específicos onde é possível solicitar transferências, efetuar o pagamento de contas, aplicar em contas de investimento.

Continue acompanhando as publicações da bxblue, para ficar bem informado sobre as notícias do INSS.

Receba novidades por e-mail
Seu e-mail foi cadastrado na nossa lista! 😍
Erro ao enviar, tente novamente.