Como sacar o benefício do INSS no caixa eletrônico?

Publicado em: 20/07/2021

Existem diversas maneiras para sacar o benefício do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Sendo assim, aposentados e pensionistas da Previdência Social — que recebem aposentadoria, pensão, auxílios ou salário-maternidade —, devem estar atentos às principais formas de recebimento disponíveis.

Tendo em vista ser dispensável a abertura de conta corrente para que os segurados recebam o benefício, o valor pode ser creditado por qualquer instituição financeira conveniada ao Instituto Nacional do Seguro Social. Ainda, deve-se considerar que o saque pode ser concluído por meio do cartão magnético, sendo, assim, possível sacar os valores em lotéricas, caixas eletrônicos e demais pontos autorizados.

A seguir, entenda mais detalhes sobre como sacar o benefício do INSS em terminais de autoatendimento.

Receba novidades por e-mail.
Erro ao enviar, tente novamente.

O que é preciso para fazer o saque do benefício no caixa eletrônico?

Inicialmente, deve o cidadão confirmar a autorização do benefício por meio da Carta de Concessão emitida pelo INSS. Geralmente, esse tipo de documento é lançado após a aprovação ou não do benefício previdenciário que foi solicitado junto ao órgão.

Dessa forma, uma vez aprovado o benefício, no documento constará todas as informações relativas ao benefício, como número de identificação, valor, data, local de pagamento, etc.

Para visualizar todos esses detalhes, é muito simples. Basta que o segurado acesse o Portal Meu INSS tanto pelo site quanto aplicativo — disponível no Google Play e Apple Store.

Logo após acessar a ferramenta, o interessado deve fazer login ou se cadastrar na plataforma. Por fim, é só procurar pelo serviço “Carta de Concessão do Benefício” na barra de pesquisa.

Passo a passo para sacar o benefício do INSS no caixa eletrônico

De posse da carta de concessão, é hora de se dirigir até a agência bancária indicada. Além da carta, para sacar o benefício previdenciário pela primeira vez, o interessado deverá apresentar um documento de identificação com foto, como o RG.

Em seguida, caberá ao segurado autorizar o envio do benefício para uma conta bancária ou solicitar a emissão do cartão magnético do INSS.

Caso prefira utilizar o cartão da Previdência Social, basta que o usuário faça o cadastramento de uma senha segura para realizar todas as transações financeiras, como sacar o benefício do INSS no caixa eletrônico.

Sendo assim, para retirar a quantia disponível desejada é muito simples e prático: apenas deve-se inserir o dispositivo no caixa, digitar a senha e escolher a opção “saque”.

Exemplos de benefícios do INSS que podem ser sacados nos caixas eletrônicos

Para grande parte dos beneficiários que realizam saques no caixa eletrônico, a rede do Banco 24 horas é uma excelente alternativa, já que essa é uma forma muito prática, rápida e segura para usufruir do dinheiro da aposentadoria, pensão por morte, auxílio-acidente ou salário-maternidade.

Em geral, quem não pode esperar mais tempo para ter o valor em mãos, o saque pelo caixa eletrônico é um método mais recomendado, afinal, o saldo fica automaticamente disponível no cartão do titular. Portanto, basta se dirigir até um terminal eletrônico para realizar a transação isenta de burocracia.

Limites do caixa eletrônico para sacar benefício do INSS

Todas as instituições financeiras podem estabelecer um limite para o saque nos terminais eletrônicos de todo o país. Enquanto alguns clientes estão autorizados a sacar apenas R$ 600,00 por dia, outros podem fazer retiradas superiores a R$ 4.000,00 de uma só vez.

Sendo assim, o ideal é que o próprio segurado consulte na instituição financeira à qual está vinculado o seu pagamento para se informar acerca do limite diário estabelecido.

É igualmente importante lembrar que, tendo em vista algumas questões técnicas e de segurança, os caixas eletrônicos estão limitados a determinado valor de saque individual, ou seja, condicionados a um “teto máximo” do que pode ser retirado por vez.

Sendo assim, essa limitação se dá em razão de fatores como: disponibilidade de cédulas no equipamento e questões de segurança para os usuários, já que em áreas e regiões consideradas menos seguras, o limite é normalmente menor.

Dicas de segurança para sacar o benefício nos caixas eletrônicos

Um dos principais erros de segurança, que acaba incorrendo em crimes como furto do benefício previdenciário, é utilizar informações frágeis para compor a senha de acesso.

Utilizar a data de nascimento ou números sequenciais são apenas alguns exemplos de estratégias que devem ser evitadas para garantir a proteção do cartão magnético do beneficiário da Previdência.

Além disso, é importante estar atento à oferta de ajuda de desconhecidos, sobretudo indivíduos que oferecem alguma vantagem financeira. Logo, se precisar de qualquer tipo de auxílio para sacar o benefício do INSS no caixa eletrônico, é preciso buscar apoio apenas com os próprios funcionários do banco.

Algumas ações práticas também podem evitar que ocorrências importantes sejam registradas no momento de sacar o benefício em caixas eletrônicos, como:

  • evitar manusear as cédulas na frente de muitas pessoas;
  • distribuir o valor retirado em locais diferentes, como bolsos, carteiras e mochilas;
  • ir até caixas eletrônicos posicionados em locais seguros, como nas agências, centros comerciais, etc;
  • evitar a realização de saques em períodos noturnos;
  • conferir se o equipamento apresenta condições normais de uso antes de inserir o cartão magnético;
  • impedir que outras pessoas visualizem ou obtenham informações de acesso.

Empréstimo consignado INSS: saque do valor no caixa eletrônico

Destaca-se, ainda, que existem duas formas básicas de o aposentado ou pensionista que fizer um empréstimo consignado receber o valor solicitado: via conta bancária ou cartão magnético.

Dessa forma, aposentados e pensionistas do INSS que tem um benefício consignável, contrataram o crédito da modalidade e não possuem uma conta bancária, já tendo recebido por meio do cartão magnético, basta utilizar esse formato como meio de receber o valor solicitado.

No caso do saque do empréstimo por meio do cartão, o valor creditado pode ser utilizado da melhor forma pelo titular, sendo os saques em espécie feitos em caixas eletrônicos e demais pontos autorizados, como casas lotéricas.

Ainda, quando disponível na função débito, o cartão também pode ser utilizado para pagar despesas com o saldo do valor emprestado, nesta função.

Por outro lado, é importante destacar que não se pode fazer transferências ou destinar uma conta de terceiros para creditar o empréstimo consignado INSS. Sendo assim, ainda que o segurado tenha um representante legal, o valor apenas será liberado na conta ou cartão de titularidade do próprio beneficiário.

Para quem está em busca de crédito consignado, a bxblue é a melhor plataforma para pesquisar as ofertas disponíveis no mercado, comparar as diversas propostas e contratar online. Simule gratuitamente aqui.


Se você é beneficiário INSS (aposentado e pensionista) e não quer perder mais nenhuma informação relevante, pode receber notícias selecionadas direto no seu WhatsApp. Clique aqui para se inscrever GRATUITAMENTE.

Receba novidades por notificação
Receba novidades por e-mail
Erro ao enviar, tente novamente.