SouGov fora do ar ou instável: veja o que é afetado e o que fazer

Muitos serviços para SIAPE, como o contracheque, estão agora só na nova plataforma. Mas o que fazer em caso de SouGov fora do ar? Descubra.

sougov fora do ar - celular com a tela do aplicativo sougov

Servidores públicos federais da ativa ou inativos e pensionistas da Administração Pública Federal precisam recorrer ao SouGov em busca de informações financeiras, bem como detalhes do vínculo de trabalho. No entanto, às vezes é possível se deparar com problemas na plataforma, ou até mesmo encontrar o SouGov fora do ar.

De modo geral, quando a plataforma fica fora do ar ou instável é em função de instabilidades no sistema, falhas de conexão, problemas de acesso à internet ou até mesmo por conta de simples atualização ou manutenção da própria plataforma.

A seguir, confira os principais motivos para isso acontecer, quais serviços podem ser afetados e o que fazer nestas situações.

SouGov

O SouGov é uma plataforma criada como parte de um projeto de transformação digital da Administração Pública Federal. Com isso, o objetivo da ferramenta é tornar mais simples o acesso de servidores ativos, aposentados e pensionistas aos serviços de gestão de pessoas do Poder Executivo federal e do GDF (Governo do Distrito Federal).

O propósito do SouGov é reunir em apenas um espaço diversas funções, que permitem ao SIAPE ativo ou inativo verificar e consultar serviços como a prévia e o contracheque, dados pessoais e cadastrais, comprovante de rendimentos, autorização de empréstimos consignados, prova de vida SIAPE, entre outros.

Cabe destacar que antes da sua criação os servidores deveriam utilizar diversas plataformas para ter acesso a mesma informação, como o Sigepe Mobile, Sigepe Gestor, Sigepe Servidor e Pensionista e Sigepe Banco de Talentos. Agora, portanto, o SouGov agrupa todas as funcionalidades, e à medida em que forem incorporadas, as demais ferramentas serão desativadas, como já ocorreu com o Sigepe Mobile, por exemplo.

Disponível em duas versões (aplicativo e web/site), a ferramenta pode ser acessada tanto pelo smartphone quanto por um computador, ambos com acesso à internet. A seguir, confira mais detalhes sobre cada um dos mecanismos utilizados para acesso ao SouGov.

App

Por meio do app SouGov, o interessado pode verificar uma série de serviços atrelados à sua vida funcional, desde que seus proventos sejam derivados do Sistema Integrado de Administração de Pessoal (Siape).

Desse modo, o servidor ativo, aposentado ou pensionista pode ter acesso, na palma das mãos, a consultas como sua Carteira Funcional, autorização de empréstimos consignados, prévia do contracheque ou do 13º salário. O acesso ao app SouGov pode ser via celular ou tablet, nas plataformas Play Store e App Store.

Web

Última versão lançada, o SouGov web é mais uma alternativa para realizar consultas e acessar os serviços da vida funcional dos servidores federais de forma remota.

Enquanto o app SouGov permite a utilização das funcionalidades disponíveis na plataforma através da instalação da aplicação em dispositivos eletrônicos como smartphones ou tablets, o SouGov web reúne todas essas funções em um endereço na internet no qual pode ser acessado por computadores, celulares e demais dispositivos com acesso à internet.

Sendo assim, a principal diferença entre as modalidades passa diretamente pela forma de acesso. Afinal, no caso do SouGov web não é necessário a instalação de nenhum aplicativo, já que a ferramenta funciona em um site próprio. Porém, vale lembrar que a utilização dos serviços depende de cadastro no sistema, sendo a autenticação exigida em ambos os formatos.

Quais os serviços afetados quando o SouGov está fora do ar?

De maneira global, servidores públicos ativos, aposentados e pensionistas têm à disposição uma lista com mais de 40 serviços no SouGov web ou app — podendo chegar a 50 ao fim da implementação das funcionalidades, previsto para ocorrer em fevereiro de 2023.

Diante disso, caso o sistema se encontre afetado por instabilidades técnicas ou operacionais, os serviços que poderão estar indisponíveis enquanto o SouGov estiver fora do ar são:

  1. Prévia de contracheque;
  2. Prévia de 13º salário;
  3. Contracheque;
  4. Comprovante de rendimentos;
  5. Ficha Financeira Anual;
  6. Dados Pessoais (podem ser alterados pelo servidor);
  7. Consulta a Inconsistências Cadastrais (Pendente);
  8. Consulta de dependentes;
  9. Consulta a dados funcionais;
  10. Consulta ao comprovante de pensão alimentícia;
  11. Consulta a afastamentos;
  12. Consulta a férias;
  13. Carteira Funcional;
  14. Central de Mensagens (com comunicados do órgão central de gestão de pessoas da APF);
  15. Localização de unidade de gestão de pessoas;
  16. Chatbot (canal de atendimento ao usuário);
  17. Atestado médico (encaminhamento);
  18. Cadastro/alteração de dados bancários;
  19. Autorização ao acesso da Administração à Declaração do IRPF;
  20. Banco de Talentos;
  21. Prova de Vida (consulta da situação e comprovante de realização para aposentados, pensionistas e anistiados políticos civis);
  22. Autorização consignatária de Empréstimo Consignado;
  23. Consulta à autorização – com possibilidade de cancelamento e reativação;
  24. Consulta a contratos e anuência para contrato de empréstimo consignado;
  25. Anuência a empréstimo consignado;
  26. Consulta à margem consignável;
  27. Consulta a extrato de consignações ativas ou encerradas;
  28. Solicitação de Assistência à saúde suplementar;
  29. Auxílio-transporte;
  30. Licenças gestante, adotante e paternidade;
  31. Requerimento automatizado do Saúde Suplementar;
  32. Requerimento simples de Informações de Afastamentos;
  33. Requerimento automatizado de Cadastro de Dependentes;
  34. Avaliação de Serviços pelos Usuários;
  35. Programar Férias;
  36. Saúde: promoção à saúde e exames periódicos;
  37. Cadastro: consultar redução da jornada de trabalho, consultar licença incentivada e consultar dossiê consolidado;
  38. Financeiro: consultar pagamento de decisão judicial;
  39. Comprovante de Rendimento Extra SIAPE;
  40. Currículo e Oportunidades;
  41. SouGov Líder;
  42. Declaração de Fundamento Legal;
  43. Ajuda de Custo;
  44. Assistência à Saúde Suplementar;
  45. Auxílio-alimentação e refeição;
  46. Auxílio-funeral;
  47. Averbação do Tempo de Contribuição;
  48. Certificado Digital;
  49. Opção função (funções comissionadas)
Simule seu empréstimo consignado

O que você quer descobrir?

Seu convênio:

Qual é a sua margem consignável?

Em quantas parcelas?

Em quantas parcelas?

Em quantas parcelas?

Empréstimo de até

R$

Proposta sujeita à confirmação de margem consignável

O que pode deixar o SouGov fora do ar ou instável?

Apesar de muito seguro e confiável, o SouGov pode eventualmente apresentar algumas falhas que impeçam o acesso a determinados serviços, uma vez que pode acabar ficando indisponível temporariamente.

Em geral, a falta de acesso pode ter origem em problemas técnicos, como a desatualização do app ou operacionais, decorrentes de instabilidades no sistema, falta de internet ou manutenção.

A seguir, confira uma lista completa com os motivos mais comuns para isso.

Atualizações e manutenção

O SouGov pode passar, eventualmente, por algumas manutenções programadas em seu sistema. De modo geral, essas “quedas do sistema” são necessárias para que haja a atualização das funcionalidades que vão desde a inserção de novos recursos até a implementação de dispositivos de segurança, a mudança de interface e etc.

O que fazer: neste caso, recomenda-se aguardar algumas horas para tentar um novo acesso.

Instabilidade no sistema

As chamadas instabilidades no sistema normalmente ocorrem em razão da falha na comunicação com os servidores e pode ser motivada pelo grande acesso simultâneo à ferramenta. Apesar do seu robusto sistema, é comum que ocorra uma lentidão maior em momentos específicos de grande acesso ou até mesmo pode o SouGov ficar fora do ar.

O que fazer: em se tratando de uma instabilidade cuja motivação pode não ser conhecida, vale a pena aguardar alguns instantes antes de realizar uma nova tentativa de acesso, afinal, o problema pode ser rapidamente corrigido; ou, ainda, levar algumas horas para ter a conexão restabelecida.

Erros de conexão

Ao acessar o SouGov web, eventualmente os usuários podem se deparar com uma mensagem de erro ou falha na conexão com o sistema. Nesse caso, o interessado pode seguir as orientações dadas na própria tela pelo navegador, já que ela está normalmente associada a mensagem “sua conexão não é particular”.

O que fazer: além de seguir pelo acesso direto, normalmente indicado como não seguro, o usuário pode manter o seu navegador sempre atualizado e com todos os protocolos de segurança e certificação instalados.

Problemas com a internet

Mais uma razão bastante comum do SouGov fora do ar ou instável está diretamente relacionado com problemas de conexão com a internet. Por se tratar de uma ferramenta virtual, o seu sistema apenas opera com uma conexão válida com a internet. Assim, seu acesso dependerá exclusivamente da disponibilidade de rede no aparelho utilizado para conexão.

O que fazer: verifique se o seu dispositivo está conectado em uma rede segura, seja via wi-fi, cabo de rede ou dados do seu celular, em caso de conexão móvel.

Versão desatualizada

Tendo em vista a constante atualização dos sistemas a fim de fornecer a melhor experiência de uso aos interessados, o SouGov app pode apresentar falhas decorrentes da desatualização, afinal, muitas aplicações apenas estão disponíveis para as versões mais recentes.

O que fazer: a melhor forma de evitar que o SouGov fique fora do ar ou se mantenha instável na maior parte do tempo é instalar a versão mais atualizada do app em seu dispositivo eletrônico. Para tanto, basta conferir na sua própria loja de apps as atualizações disponíveis e fazer o download.

O que fazer caso o SouGov esteja fora do ar?

No caso da falta de acesso pela indisponibilidade do sistema, o interessado pode tomar algumas medidas para tentar verificar os serviços disponíveis na plataforma tanto em sua versão para web quanto aplicativo.

Veja algumas alternativas recomendadas.

Tentar plataforma diversa

Caso o sistema esteja inativo em razão da desatualização do app, por exemplo, o usuário pode acessar a versão para web a fim de verificar os serviços disponíveis no SouGov. O contrário também pode ajudar, uma vez que a falta de um navegador compatível pode comprometer o acesso, basta instalar a versão mais recente no smartphone ou tablet.

Utilizar os outros aplicativos ainda disponíveis

Com a incorporação dos serviços à plataforma SouGov, os serviços que antes poderiam ser acessados por ferramentas distintas, como Sigepe Mobile ou Sigepe Servidor e Pensionista, serão desativados gradativamente. Entretanto, até que isso ocorra, o usuário terá a oportunidade de continuar acessando-as em caso de instabilidade no SouGov. Mas vale frisar que, justamente por causa da migração, é possível que algumas funcionalidades nas plataformas antigas não estejam mais em funcionamento – como é o caso do contracheque no Sigepe.

Entrar em contato com a Central SIPEC

Outra opção é entrar em contato através da Central SIPEC. Esta, por sua vez, nada mais é do que um canal de atendimento exclusivo para usuários que estejam com dúvidas ou necessite de orientação em relação aos temas de gestão de pessoal. Para tanto, basta ligar para o número 0800-978-9009 ou enviar uma mensagem através do preenchimento de Formulário Eletrônico.

Apesar de ser possível que o SouGov fique fora do ar, é importante ressaltar que instabilidades ou problemas não são usuais, e que aos poucos todos os serviços da vida funcional dos servidores públicos federais da União estarão concentrados na nova plataforma. Portanto, servidores federais ativos e inativos, bem como pensionistas, devem se adiantar para fazer o cadastro no SouGov e se familiarizar com a nova ferramenta.

Principais dúvidas em caso de SouGov fora do ar

1. O que fazer quando o SouGov não funciona?

Tanto no caso de a plataforma estar fora do ar ou instável, o ideal é sempre aguardar um período para tentar o acesso novamente. Se algumas horas depois o SouGov continuar sem funcionar, a alternativa é entrar em contato com o departamento de recursos humanos do órgão público ao qual o servidor SIAPE está vinculado. A área poderá dar andamento à solicitação e/ou necessidade de informação.

2. O que fazer se o aplicativo SouGov estiver fora do ar?

Uma opção é desinstalar o aplicativo e reinstalar novamente. A melhor alternativa é tentar acessar as funcionalidades da plataforma por meio do site. Seja com computador, tablet ou celular, basta abrir uma página do seu navegador de preferência e digitar o endereço “sougov.economia.gov.br/sougov/”.

3. O que fazer se o site SouGov estiver com problemas?

Aqui também o caminho inverso é uma saída: tentar fazer o login no aplicativo do SouGov e, por meio da versão app, acessar as funcionalidades que precisa.

4. Não consigo acessar o SouGov. O que faço?

Se mesmo após trocar de plataforma (app ou site) e esperar algum tempo, ainda assim não for possível, você pode entrar em contato com a área de recursos humanos do órgão ao qual está vinculado.

5. Estou com problemas no SouGov. O que faço?

É sempre recomendável consultar a página de dúvidas frequentes do próprio SouGov para esclarecer os principais problemas relacionados à plataforma. O canal no YouTube do Ministério da Economia também tem alguns tutoriais em vídeo que podem auxiliar.


Informações de carreira e todas as novidades para servidores públicos federais estão no canal da BX Blue no YouTube: conheça e se inscreva gratuitamente.


Redação BX Blue

Redação BX Blue

Somos especialistas em empréstimo consignado e focados em divulgar informações úteis para as suas finanças.

O empréstimo consignado ideal para você

A BX Blue busca várias ofertas para te ajudar a encontrar o consignado que você precisa!

Compare online, escolha a melhor oferta e receba o dinheiro com rapidez e segurança.

Ver ofertas de consignado