Como funciona a tabela de pagamento de benefícios INSS?

bxblue - tabela de pagamento beneficios inss, aposentados pensionistas

Publicado em: 18/01/2021

A tabela de pagamento de benefícios previdenciários do ano seguinte é anunciada, geralmente, sempre no final do ano anterior. 

Desta maneira, os aposentados, pensionistas e demais segurados do Instituto Nacional do Seguro Social têm um intervalo de tempo para se programar, quanto aos futuros recebimentos e se organizar financeiramente.

Veja o que é e como funciona a tabela, como consultá-la e quais as principais alterações de 2020 para 2021. 

Inscreva-se para receber novidades sobre empréstimo consignado
Erro ao enviar, tente novamente.

O que é a tabela de pagamento de benefícios INSS?

A tabela de pagamento de benefícios INSS, segundo o próprio instituto, é:

A programação anual que o INSS faz para esclarecer ao cidadão em qual data o seu pagamento estará disponível na rede bancária

Essa programação é divida em duas partes:

  1. Tabela de pagamento de benefícios INSS para quem recebe até um salário mínimo;
  2. Tabela de pagamento de benefícios INSS para quem recebe mais de um salário.

O salário mínimo em 2020 foi de R$1.045,00 assim, todos os beneficiários que recebiam até este valor segue a primeira tabela. O que vale é a base do salário mínimo nacional, independente do valor do reajuste (que também ocorre anualmente).

O valor do salário mínimo de 2021 foi fixado em R$1.100,00. Dessa forma, o grupo de segurados que recebe o piso salarial do INSS, são pagos prioritariamente.

Leia também: Novo salário mínimo INSS de 2021 terá reajuste de 5,26%

Na tabela de pagamento de benefícios INSS recebem primeiro os aposentados, pensionistas e outros segurados que ganham até um salário mínimo. Já, para aqueles que recebem além deste valor, são pagos na sequência.

O fato de serem dias úteis é bem importante para não haver nenhum equívoco quanto a data do recebimento. Caso o intervalo de dias tenha um feriado, o pagamento é feito no dia útil seguinte.

Número do cartão do benefício INSS

Além do valor que distingue quem recebe primeiro ou depois, os beneficiários da Previdência Social também precisam respeitar outra regra para o recebimento.

Essa divisão respeita o número do benefício final de cada segurado.

A tabela de pagamento de benefícios é um calendário, ou cronograma de pagamentos anual, mês a mês. Nela estarão estipulados em quais dias o pagamento dos beneficiados estará disponível.

O crédito pode ser feito direto na conta corrente indicada pelo titular ou via cartão magnético.

Cada cartão de benefício tem uma sequência numérica única e, é através deste número que ocorre o agrupamento dos beneficiários e especificação da data na tabela de pagamento INSS.

Esta numeração é composta de 9 dígitos e a tabela utiliza o penúltimo número como base. Vale lembrar que, neste caso, não é considerado o dígito verificador (aquele que aparece após o traço).

Por exemplo, se a numeração for: 012.345.678-9, o número que o beneficiário deve ficar atento é o 8. E ao consultar a tabela deve buscar a data correspondente a cada mês.

Quem recebe pela tabela de pagamento?

A tabela de pagamento INSS é válida para aqueles que se enquadram nos benefícios abaixo:

Vale ressaltar que o calendário também é válido para:

  • Idosos com 65 anos ou mais;
  • Pessoas Portadoras de Deficiência, enquadradas na Lei Orgânica da Assistência Social (Loas).

Como consultar a tabela de pagamento INSS?

As datas de pagamento de benefícios INSS são informações importantes. Essa é uma forma prática para se organizar financeiramente. Por isso, vale a pena ficar atento à divulgação.

A tabela oficial é divulgada pelo INSS e não sofre alterações ao longo do ano.  A informação está disponível no Portal INSS e já pode ser consultada assim que liberada.

Confira as datas de pagamento dos benefícios INSS 2020 e 2021!

Tabela de pagamento de benefício 2020

A tabela deste ano, assim nos demais, segue a mesma lógica de pagamento. É separada em colunas, data dos pagamentos mensais, e linhas, data específica para cada benefício (penúltimo número do código do benefício).

Fonte: reprodução INSS – Tabela de pagamento de benefícios 2020

Atenção para as informações de pagamentos para beneficiários que recebem mais do que o piso salarial: as datas de pagamento agrupam dois finais de benefícios – e não apenas um como é o caso daqueles que recebem o salário mínimo.

Tabela de pagamento de benefícios 2021

O INSS já divulgou a data dos depósitos deste ano. Os valores referentes a Janeiro serão feitos entre os dias 25 de janeiro e 05 de fevereiro. Isso é válido para aqueles segurados que recebem um salário mínimo. 

Quem recebe acima de um salário terá seu pagamento credito a partir de 1º de fevereiro de 2021.

Confira o calendário de pagamento de benefícios de 2021:

Fonte: reprodução INSS – Tabela de pagamento de benefícios 2021

Um ponto importante é que o pagamento é realizado no banco escolhido pelo beneficiário. A exigência é que a conta indicada esteja no mesmo nome – já que, por lei, não é possível transferir o valor para a conta de terceiros.

Leia também: Qual é o melhor banco para receber a aposentadoria? Descubra agora

Mas, se houver insatisfação com custos, taxas, etc. o aposentado ou pensionista pode solicitar a mudança do banco, sem problemas.

Pagamento e calendário do décimo terceiro salário

Anualmente, o INSS paga também a gratificação natalina para determinados grupos de segurados. O calendário de pagamentos do décimo terceiro salário, normalmente, segue o cronograma regular.

Excepcionalmente, em algumas situações, o órgão pode antecipar o pagamento ou alterar as datas. De qualquer forma, deve informar os segurados.

Outra dúvida comum, em caso de não receber o pagamento dentro do prazo é sobre como proceder. Aproveite então para esclarecer essa questão, caso venha a ocorrer.

Como receber os benefícios em atraso?

Segundo estabelecido pelo próprio INSS:

O prazo para saque dos benefícios com cartão é até o final do mês seguinte (aproximadamente 60 dias) ao da disponibilização do valor na conta. Caso o segurado não faça o saque nesse período, os valores correspondentes serão devolvidos ao INSS

Portanto, isso quer dizer que se o beneficiário passar esse prazo perde o direito ao saque?

Segundo informações da Central de Atendimento INSS, após os dois meses (60 dias), o valor do benefício é bloqueado.

Para liberar o valor, o titular ou o representante legal devem solicitar a liberação do pagamento via pedido direto ao INSS. A solicitação pode ser realizada online, pelo Meu INSS (https://meu.inss.gov.br/).

Leia também: Meu benefício INSS não foi depositado. O que fazer?

A plataforma está disponível via site ou aplicativo e para acessá-la é preciso ter uma conta e um cadastro prévio. O registro é feito no Gov.Br e dá acesso ainda a outros serviços digitais do Governo Federal.

Consultar a tabela de pagamento de benefícios é essencial. Ter o cronograma de pagamentos antecipadamente pode ajudar a:

  • Ter um planejamento financeiro anual;
  • Contratar empréstimo consignado;
  • Não deixar passar o prazo para saque;
  • Evitar tumultos, filas e aglomerações nas agências bancárias.

Veja também: quais benefícios do INSS podem contratar consignado


Se você é beneficiário INSS e não quer perder informações relevantes, pode receber notícias selecionadas direto no seu WhatsApp.  Clique aqui para se inscrever GRATUITAMENTE.