Governo lança pesquisa sobre o trabalho remoto dos Servidores Federais

Publicado em: 12/05/2020

Pesquisa sobre o trabalho remoto dos Servidores Federais é lançada pelo Governo e já está disponível online. Se você é Servidor Federal, saiba do que se trata e como responder a avaliação que deve ajudar a entender rotinas, comportamentos, contextos e necessidades atuais.

Trabalho remoto dos Servidores Federais

Iniciada ontem (11), a pesquisa pretende identificar o perfil e a rotina do trabalho remoto dos Servidores Federais, ou seja, o teletrabalho no Setor Público. A mudança da rotina de trabalho foi uma medida inédita e emergencial tomada em decorrência da pandemia do Covid-19.

Leia tambémTeletrabalho: o que muda na rotina de trabalho dos Servidores Públicos?

Dados oficiais revelam que, atualmente, mais da metade dos Servidores Públicos Federais (SIAPE) está trabalhando de casa, ou seja, em trabalho remoto. De acordo com a Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal  (SGP), no período de 27 de abril a 1º de maio, 51% dos Servidores Federais Civis estavam neste regime.

Diante do novo cenário, o Governo Federal quer entender essa realidade para contribuir com novas ações.

Objetivo da Pesquisa

O secretário Wagner Lenhart, da Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal, afirmou que:

Nosso objetivo é avaliar o uso de ferramentas de trabalho remoto dos servidores neste momento em que o teletrabalho vem ganhando espaço cada vez mais acelerado devido à pandemia. A ideia é obter um panorama da administração pública e do dia a dia do servidor que está trabalhando de casa

O resultado da pesquisa pode servir ainda para troca de experiências e boas práticas com outros países. Estados Unidos, Canadá e Israel já foram cotados.

Como a pesquisa será realizada?

A Escola Nacional de Administração Pública (Enap) e a Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal do Ministério da Economia serão responsáveis pela enquete.

Veja um resumo de como a pesquisa funcionará:


Tipo de pesquisa: enquete online;

Período: de 11 a 31 de maio (previsão inicial);

Quem pode participar? Servidores Públicos Federais que estejam desempenhando atividades em home office;

Como participar: acessando o formulário da pesquisa oficial, disponível neste link.

Tempo estimado para preenchimento: 15 minutos.

Adesão dos Servidores: espontânea.


IMPORTANTE: serão garantidos o anonimato e a confidencialidade das informações fornecidas. Dessa forma, o Servidor não precisa se preocupar sobre sua identificação ou uso de seus dados.

A expectativa de Diogo Godinho Ramos Costa, presidente da Enap, é de que pelo menos 100 mil Servidores Públicos Federais participem.

Os gestores podem incentivar a participação dentro de sua área, mas a participação é voluntária.

Entenda outros aspectos que devem ser conhecidos, a partir deste levantamento.

Mapeamento da saúde e aspectos emocionais

Lenhart comentou que a pesquisa sobre o trabalho e desempenho dos Servidores Federais deve ajudar a saber mais sobre as necessidades desse público.

Questões como saúde e a própria saúde emocional não devem ficar de fora, já que podem afetar na vida e rotina dos Servidores. Existe uma grande preocupação do Governo em entender quais são os reflexos da pandemia na saúde emocional dos Servidores.

Uma das expectativas é ter um diagnóstico de pontos que ainda podem ser melhorados, em outros sentidos, mas especialmente neste, que fala muito sobre o ambiente pessoal e profissional.

Esse recorte da pesquisa faz parte de um estudo mundial que é conduzido pelo Center for Advanced Hindsight (CAH) da Duke University em conjunto com a Harvard Business School e Kayma – que são importantes e reconhecidas instituições. A pesquisa global é liberada por Dan Ariely que é uma das maiores referências no assunto.

Teletrabalho é uma tendência

No entendimento do Governo, o trabalho remoto tende a ser uma tendência, como comenta Lenhart:

O esforço em gestão pública ao redor do mundo é aprimorar a prestação de serviço ao público, e uma parte desse trabalho é evoluir e obter ganho de eficiência, inclusive, por meio do trabalho remoto.

O secretário lembrou que a transição de algumas áreas para o teletrabalho já fazia parte dos processos de modernização interna. A mudança já vinha ocorrendo, em velocidade mais lenta em alguns órgãos, mas a pandemia ajudou a acelerar a migração.

Vale lembrar que todos os serviços públicos continuam sendo realizados, sem interrupções. Outro ponto importante é que nem todos os serviços podem ser realizados à distância. Ou seja, há casos em que o atendimento público e direto se faz necessário, mas o Governo está cada vez mais empenhado em melhorar sua assistência à população.

Continue acompanhando as publicações da bxblue, para ficar bem informado sobre as notícias do reajuste do salário dos Servidores Públicos Federais.

 

Quer fazer um empréstimo consignado?

A bxblue pode te ajudar a contratar o consignado que você está precisando! Compare propostas de crédito consignado de diferentes bancos e escolha a melhor para você.

Simule seu consignado

Receba novidades por e-mail