Como fazer a transmissão da Declaração do IR 2020?

Publicado em: 10/03/2020

A declaração do IR 2020 já pode ser transmitida, online, desde o dia 02 de março e o prazo limite é 30 de abril. A Receita espera receber 32 milhões documentos este ano. Em 2019, foram entregues 30,677 milhões, número 4,8% maior do que em 2018.

A transmissão pode ser realizada de duas formas:

  1. Sistema da Receita Federal (Programa Gerador da Declaração – PGD);
  2. Aplicativo Meu Imposto de Renda.

Se você ainda não sabe como baixar ou instalar o Programa ou aplicativo para a transmissão da Declaração do IR 2020, aproveite para conferir o passo a passo, detalhado.

Download e instalação – Programa para transmissão da Declaração do IR 2020

A DIRPF ou Declaração de Ajuste Anual do Imposto sobre a Renda é a obrigação que todo contribuinte deve prestar anualmente junto a Receita Federal (RF).

O preenchimento e transmissão podem ser realizados pelo próprio contribuinte ou profissional contador, tanto pelo computador quanto pelo celular conectado à internet.

Veja agora o passo a passo para instalar o programa do Receita Federal.

Passo 1 – download do programa

O primeiro passo é acessar o site da Receita Federal. O Programa está disponível para o sistema operacional Windows, Multiplataforma e para outros como Mac, Linux e Solaris). Selecione a opção desejada.

Para o exemplo da instalação, vamos utilizar a versão Windows. 

Depois de selecionar a versão, uma nova tela com instruções para o download será aberta.

Apesar do site mostrar o Programa IRPF 2019, é preciso de atentar para o aviso disponível sobre o programa correto.

IMPORTANTE: para declarar as informações (rendimentos e pagamentos) referentes ao ano-calendário 2019 deve ser utilizado o Programa IRPF 2020.

Assim, basta clicar no link do Programa IRPF 2020, para iniciar o download.

Em seguida, uma tela de confirmação do download será aberta no computador. O programa será salvo, geralmente, na pasta de download, onde são descarregados os arquivos. Se preferir salvar em outra pasta, basta selecionar a pasta destino.

É necessário aguardar o término do download, para depois iniciar a instalação.

Quando concluído, basta clicar na seta e em seguida na opção “abrir”.

Passo 2 – instalação do programa

Uma nova tela será aberta perguntando se “Deseja executar este arquivo”? Para dar sequência, basta clicar em “Executar”.

IMPORTANTE: antes de executar qualquer programa, confirme principalmente o nome e o fornecedor, por questão de segurança. Essa é uma forma de evitar que programas maliciosos sejam instalados no seu computador.

A tela seguinte irá pedir uma nova confirmação: “Deseja permitir que este aplicativo faça alterações no seu dispositivo”? É necessário clicar em sim.

A próxima mensagem trará o nome do programa IRPF 2020 – Declaração de Ajuste Anual, Final de Espólio e Saída Definitiva do País, depois de conferir é necessário clicar em “sim”.

Para avançar na tela de boas vindas, basta clicar em “Avançar”.

Em seguida o usuário deve escolher a pasta de destino em que o programa será efetivamente instalado. É recomendável manter a mesma indicada. Para alterar clique em “Procurar”. Para prosseguir em “Avançar”.

A nova tela irá apresentar uma mensagem dizendo que os arquivos serão copiados (instalados) no computador.

Para prosseguir, basta clicar em “Avançar”. A instalação será iniciada em seguida.

Nesta etapa só existe a opção “Cancelar”. Portanto, não é necessária nenhuma ação complementar.

Depois de concluída, será apresentada uma nova mensagem na tela. Para finalizar o processo basta clicar em “Concluir”.

Se deixar a caixa marcada, um ícone do programa será inserido na área de trabalho. Isso pode facilitar a sua localização. Se não desejar criar um atalho, desmarque essa opção.

Passo 3 – Acesse o Programa

Para abrir o programa, localize o ícone e dê dois cliques. A mensagem inicial trará informações sobre as novidades do programa para declaração do IR 2020. Depois de ler, clique em fechar.

Para não visualizar a mesma mensagem toda vez que acessar o programa, é necessário marcar a opção “Não mostrar esta tela novamente”.

Passo 4 – Selecione o tipo de declaração

O sistema apresentará as três opções disponíveis: Declaração de Ajuste Anual, Declaração Final de Espólio e Declaração de Saída Definitiva do País. A mais comum é a de ajuste anual.

Feito isso, também é possível selecionar de que forma a declaração será preenchida. Como a declaração do IR é uma obrigação anual, o usuário pode usar a última declaração como base, facilitando assim o preenchimento da nova.

Se não quiser aproveitar os dados já carregados e salvos anteriormente no sistema, o usuário deve clicar em “Iniciar Declaração em Branco”.

Passo 5 – Preencha a Declaração

O sistema é composto por várias “fichas” que são agrupamentos de receitas e despesas. Assim, o usuário deve lançar os recebimentos e os desembolsos, assim como os bens de posse nas fichas correspondentes.

Leia tambémComo fazer a Declaração do Empréstimo Consignado no IR 2020?

Vale lembrar que a declaração do IR deve ser preenchida com calma, para evitar erros e cobranças indevidas. Assim, o preenchimento pode ser realizado em etapas. Para não perder as informações, é preciso salvar a declaração todas as vezes em que sair do sistema.

Passo 6 – Faça a transmissão

Depois de preenchida todas as fichas e de conferir as informações, o usuário deve buscar no menu lateral, a opção “Entregar Declaração”.

Uma nova janela será aberta, para selecionar a declaração correspondentes já que o sistema pode ser utilizado por várias pessoas da família, por exemplo.

Depois de selecionar o nome do contribuinte, basta clicar em “ok”. Quem utiliza o certificado digital, pode selecionar “transmitir com certificação Digital”.

Em seguida, o usuário deve seguir todas as instruções que serão demonstradas na tela.

Download e instalação – Aplicativo Meu Imposto de Renda

Disponível nas versões Android e iOS, o aplicativo Meu Imposto de Renda pode ser baixado e instalado gratuitamente.

Para o exemplo da instalação, vamos utilizar a versão Android. 

Passo 1 – download e instalação do aplicativo

O Meu Imposto de Renda pode ser instalado em smartphones ou tablets pela loja Google Play. O acesso deve ser realizado pelo dispositivo em que deseja instalar o aplicativo.

Para iniciar o download é necessário clicar em “Instalar”. O download será iniciado automaticamente. Depois de instalado, basta clicar em “Abrir”.

Passo 2 – Acesse o aplicativo

O aplicativo pode ser acessado, ao clicar no ícone no celular ou tablet. A próxima tela irá solicitar a permissão para acessar fotos, mídia e arquivos do dispositivo. É preciso clicar em “Permitir” para prosseguir.

Na tela seguinte o usuário deve informar o CPF e data de nascimento, para autenticação e clicar em “Avançar”.

Passo 3 – Preencha a Declaração

Uma etapa intermediária é digitar os caracteres como aparecem na tela, para liberação do sistema. Ao clicar em “Iniciar declaração” é preciso criar uma palavra-chave, que tem a mesma validade de uma senha. O usuário deve se atentar para os pré-requisitos mencionados na tela.

Depois de criada, reinsira a palavra-chave e clique em “Avançar”. A próxima tela solicitará uma pergunta e resposta de segurança.

Digite uma pergunta e resposta correspondente. Assim, se necessário recuperar a palavra-chave essa informação será utilizada para confirmação do usuário. Depois de inserir, basta clicar em “Confirma”.

O último passo, desta etapa é ativar o dispositivo. Ao clicar em “Ativar dispositivo” nos três pontos adicionais da tela inicial. A tela seguinte trará informações complementares e instruções de como proceder.

Feito isso, o acesso já está liberado no dispositivo cadastrado. Vale lembrar que o aplicativo deve ser instalado e liberado em cada dispositivo que o usuário quiser utilizar. Os dados para acesso são os mesmos.

Passo 3 – Faça a transmissão

A tela inicial do aplicativo Meu Imposto de Renda, tem as categorias de cada lançamento, assim como no programa para computador. Depois de preenchido e confirmada as informações, o usuário deve transmitir a declaração do IR, pelo próprio aplicativo.

Essa opção está disponível no meu lateral como “Entregar”. Se constar alguma pendência, o sistema irá alertar o usuário para o preenchimento correto. Antes de prosseguir, é preciso clicar em “aceito os termos e condições” e no botão “entregar declaração”.

Uma vez transmitida a declaração, o recibo ficará salvo no ano correspondente para eventuais consultas.

Continue acompanhando as publicações da bxblue, para ficar bem informado sobre as notícias do Imposto de Renda 2020.

 

Quer fazer um empréstimo consignado?

A bxblue pode te ajudar a contratar o consignado que você está precisando! Compare propostas de crédito consignado de diferentes bancos e escolha a melhor para você.

Simule seu consignado

Receba novidades por e-mail