Como calcular valor de parcela de Empréstimo Consignado?

Publicado em: 24/09/2020

Em dúvida sobre como calcular o valor da parcela de um empréstimo consignado? A bxblue te ajuda! Preparamos um guia básico para que você entenda o que entra no cálculo e até ter mais facilidade para definir ou descobrir esses valores.

E tudo isso sem ter que ficar fazendo conta na mão ou indo de banco em banco. Confira!

O que define o valor da parcela de um empréstimo consignado?

Conforme estabelecido pela Lei do Empréstimo Consignado, essa modalidade de crédito é destinada exclusivamente para beneficiários do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), Funcionários públicos e de empresas privadas – desde que haja convênio válido com uma instituição consignatária.

De acordo com as regras, as parcelas do crédito consignado devem ser descontadas automaticamente do pagamento de salários, aposentadoria ou pensão dos tomadores.

O valor da parcela de um empréstimo consignado, no entanto, não pode ser calculado somente considerando o valor solicitado e as taxas de juros, como é bem comum.

Ao fazer isso, a conta terá um resultado errado e poderá impactar no planejamento financeiro necessário para o pagamento da dívida. Entenda o que compõe esse valor:

Valor solicitado

O primeiro fator comum para a definição das parcelas do crédito consignado é o valor solicitado. Ou seja, o valor desejado que a pessoa gostaria de ter acesso.

Entretanto, como o consignado tem regras específicas, esse valor está condicionado a margem consignável. Assim, por mais que as simulações de crédito sejam feitas com base no valor solicitado ou das prestações, podem ser valores estimados já que só são confirmados a partir da margem disponível.

Valor da margem consignável disponível

Os interessados em contratar um empréstimo consignado devem dispor de margem consignável livre, sendo estabelecido o percentual máximo de 35%.

Destes, 5% é utilizado exclusivamente para custear as despesas com cartão de crédito, enquanto o restante pode ser utilizado para o pagamento mensal das parcelas de um empréstimo consignado.

Leia também: O aumento de margem INSS já está valendo? Veja as últimas notícias

Na prática, para chegar ao valor da margem disponível, basta aplicar a seguinte fórmula:

Margem consignável = valor total dos rendimentos líquidos (salários ou benefícios) x 0,3

Para ter uma ideia básica sobre o quanto pode ser comprometido todos os meses com esse pagamento, basta utilizar o valor líquido e multiplicá-lo por 0,3.

Exemplo:

Quem tem renda líquida de R$ 1.000,00 pode ter uma parcela única de R$ 300,00 ou vários contratos que não ultrapassem esse valor mensalmente.

A margem consignável limita, portanto, o valor da parcela de um empréstimo consignado.

Vale destacar ainda que os 30% atribuídos ao empréstimo correspondem a soma total das parcelas de todos os contratos vigentes. Assim, os somatórios dos contratos devem ser iguais ou inferiores à margem disponível no momento.

Outra informação importante é que os Aposentados e Pensionistas podem ter no máximo 9 (nove) contratos simultâneos. Nos demais casos, a limitação é determinada pelo uso da margem.

Prazo de pagamento

Tendo uma noção do valor pretendido e da margem livre, é hora então de pensar no prazo para o pagamento.

Os prazos mínimos desse tipo de crédito podem variar em função da instituição consignatária cedente. Algumas financeiras oferecem no mínimo entre 12 e 24 meses para quitação do contrato.

Em contrapartida, os prazos máximos são superiores, embora também possam variar de acordo com a política de crédito adotada em cada instituição.

Além disso, é importante lembrar que cada convênio tem um tempo permitido por lei para quitação do empréstimo.

No caso do crédito consignado para beneficiários do INSS, o tempo máximo para quitar um contrato é de 84 meses, ou seja, 7 anos. Por outro lado, o prazo limite de pagamento dos empréstimos tomados por Servidores Públicos é de até 96 meses – podendo ainda ser o contrato refinanciado sempre que necessário.

Limite de idade

A idade também pode interferir diretamente nas variáveis dessa operação financeira. Isso porque, geralmente, idades inferiores e superiores têm limites de crédito menores.

Essa é uma forma que os bancos têm para reduzir o risco do crédito. Embora no caso do consignado seja muito menor, ainda existe. É por esse motivo que os Aposentados e Pensionistas podem contratar essa opção até 79 anos, 11 meses e 29 dias e têm prazos menores.

Idades superiores e prazos menores para pagamento são responsáveis por valores de parcelas maiores, no mês.

Como saber o valor de parcela de empréstimo consignado?

Embora muitas vezes o Custo Efetivo Total (CET) não seja levado em consideração num primeiro momento, é esse índice o que trará o valor final de um empréstimo e, por consequência, o valor da parcela para pagamento. Em outras palavras, este é o custo mensal que será pago.

Então, a melhor forma de saber o valor da parcela de um empréstimo consignado é dividir o CET pelo prazo pretendido.

Além dos juros, o CET traz outras taxas e encargos relativos a operação financeira. São exemplos de valores cobrados: taxas administrativas e IOF (Imposto sobre Operações Financeiras). Mas a conta pode não ficar só por aqui.

É justamente isso o que torna um empréstimo mais barato que o outro – quando se compara as diferentes modalidades de crédito pessoal ou bancos.

IMPORTANTE: todos os valores cobrados devem ser discriminados na proposta e na Cédula de Crédito Bancário (CCB). É direito de todo consumidor saber o que efetivamente está pagando.

Exemplo:

  • Valor total da operação (já com o CET): R$ 50.000,00;
  • Prazo para pagamento: 60 meses;
  • Valor da parcela mensal do empréstimo: R$ 833,33.

Duas vantagens de destaque do empréstimo consignado são: as taxas de juros e o valor das parcelas que são fixos. Ou seja, não sofrem alteração ao longo do tempo.

Dessa forma, ao contratar um empréstimo é possível ter mais clareza sobre o que será descontado todos os meses do benefício ou pagamento.

DICA: ao utilizar o nosso simulador de empréstimos, você não precisa se preocupar, porque calculamos tudo para você! E mais: você ainda pode comparar ofertas de vários bancos de uma só vez. Simule agora!


Quer receber as últimas notícias, em primeira mão direto no seu Whatsapp? Se inscreva gratuitamente:

Receba novidades por e-mail
Seu e-mail foi cadastrado na nossa lista! 😍
Erro ao enviar, tente novamente.