Quanto tempo o valor do benefício INSS fica disponível para saque?

Beneficiários possuem um prazo para retirar o valor do benefício INSS. Descubra qual é e o que fazer após deixar de efetuar o saque.

bxblue-valor-do-beneficio-inss.jpg

Os benefícios previdenciários pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) são disponibilizados na conta bancária dos beneficiários vinculada ao órgão, no fim do mês de competência. Via de regra, recebem primeiro aqueles que ganham até um salário-mínimo. Logo, os demais têm a remuneração liberada posteriormente, segundo calendário do Instituto.

A partir do momento em que o valor do benefício INSS for pago, o beneficiário poderá movimentar os recursos para fazer saques ou realizar transações via aplicativos bancários. Porém, o que poucas pessoas sabem é que, se não houver movimentação, o valor pode retornar aos cofres do INSS.

A seguir, confira as principais informações sobre prazos para saque e saiba como recuperar o dinheiro em caso do bloqueio do benefício não utilizado.

Valor do benefício INSS

O aumento salarial que costuma ocorrer anualmente implica no reajuste do benefício INSS. Em 2022 houve mudança nos valores dos salários e também nos vencimentos de aposentados e pensionistas. O benefício INSS não é um valor único devido a todos os beneficiários, pois leva em consideração uma série de fatores.

O primeiro dos critérios é o tipo de benefício ou auxílio recebido. Nesse sentido, o valor é proporcional à contribuição feita durante um período específico, assim como em relação ao tipo de necessidade.

O benefício INSS não é um valor que o governo doa ao cidadão. Trata-se de uma espécie de poupança feita com contribuições durante os anos de trabalho. Assim, quando o trabalhador envelhece tem o direito de se afastar do emprego.

O trabalhador formal com carteira assinada que contribuiu com a Previdência Social durante todo o período de trabalho não é o único elegível para receber o benefício INSS. A contribuição pode ser feita também de forma individual por meio do pagamento do Guia de Recolhimentos de Receitas da União (GRU).

Aposentados e pensionistas que ganham o salário-mínimo

Os valores do salário-mínimo foram atualizados em 10,18% para 2022. Assim, o piso salarial foi de R$ 1.100 para R$ 1.212, conforme a Medida Provisória nº 1.091/2021 publicada no Diário Oficial da União (DOU).

É importante lembrar que os reajustes do salário-mínimo e do benefício INSS é semelhante apenas para os beneficiários que recebem o piso. Para valores acima do piso, as regras são outras.

Aposentados e pensionistas que ganham acima do salário-mínimo

O órgão que reajusta os benefícios dos cidadãos que recebem valores acima de um salário-mínimo é o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). Dessa forma, os valores acompanham aqueles da flutuação nacional dos preços.

Em 2021, a porcentagem da alta do INPC foi de 10,16%. Portanto, o aumento para os aposentados e pensionistas com salários acima do mínimo também foi de 10,16% em 2022.

Quais são os valores do piso e do teto do benefício INSS em 2022?

O piso é o valor mínimo do benefício, isto é, o salário-mínimo nacional. Em 2022, este valor é de R$ 1.212. É importante lembrar que esse valor é para quem recebe até um salário.

Outro ponto a se levar em consideração é que pode haver descontos relacionados a impostos ou cobranças de serviços, como é o caso de quem possui contrato de empréstimo consignado ativo.

Já o teto do INSS é o valor máximo que se pode receber em benefício. Em 2022, o valor do teto é de R$ 7.087,22.

As demais faixas salariais que estão acima do piso e abaixo do teto possuem regulamentação de valores por meio do INPC.

Quanto tempo o valor do benefício INSS fica disponível para saque?

O valor do benefício INSS fica disponível na conta do beneficiário por tempo determinado. O prazo de saque é uma das formas encontradas pela Previdência para diminuir os golpes aplicados sobre esse setor, uma vez que as datas de saque são fáceis de consultar.

Para evitar ao máximo as práticas criminosas, o dinheiro fica disponível por um período de 60 dias, a contar da data de recebimento, e o beneficiário pode dispor dele como achar melhor.

Durante esses dias, o beneficiário pode acessar e movimentar o valor pelo aplicativo do seu banco pode sacar junto a uma agência ou pagar as contas no caixa eletrônico.

O que acontece se o valor da aposentadoria ou pensão não for sacado?

Alguns aposentados ou pensionistas acabam perdendo o direito ao benefício por não movimentar o dinheiro em tempo hábil. Existem diversas razões para que isso aconteça, sendo a impossibilidade de ir até uma agência uma dessas razões. A falta de segurança é também um dos impeditivos para esses cidadãos.

Para contornar esse problema é preciso se atentar para algumas estratégias como nunca revelar a senha do cartão, não pedir ajuda a desconhecidos no banco – apenas aos funcionários do banco identificados -, além de sempre manter o cartão magnético em segurança.

Em outubro de 2020, segundo o site Gov.br o total de cidadãos que tiveram seus benefícios suspensos por não realizarem o saque no período correto foi 10.835. É um número alto de pessoas que, por um motivo ou outro, deixaram de usufruir do direito adquirido.

No entanto, é importante saber que quando o dinheiro do benefício fica indisponível do banco ele não desapareceu simplesmente. O valor depositado na conta do cidadão retorna ao INSS quando passados os 60 dias de prazo de saque.

Simule seu empréstimo consignado

O que você quer descobrir?

Seu convênio:

Qual é a sua margem consignável?

Em quantas parcelas?

Em quantas parcelas?

Em quantas parcelas?

Empréstimo de até

R$

Proposta sujeita à confirmação de margem consignável

Como solicitar valor de benefício INSS que não foi sacado no prazo?

Quando o benefício deixa a conta bancária e retorna ao INSS, existe a possibilidade de recuperá-lo. Contudo, o procedimento exige que o beneficiário confirme algumas informações para ter mais um direito ao saque.

  • Saiba mais: Como consultar a situação do benefício INSS pela internet?
  • Pelo aplicativo no celular

    A forma mais simples de solicitar o benefício não recebido é pelo aplicativo Meu INSS. Confira o passo a passo:

    1. No app é necessário fazer o login  com CPF e senha.
    Foto: Captura de tela | Meu INSS

    2. Em seguida, encontre a opção “Novo pedido”.

    3. Digite na barra de busca “não recebido” e selecione a opção “Solicitar Pagamento de Benefício Não Recebido”.

    Foto: Captura de tela | Meu INSS

    Outras opções

    O benefício INSS é concedido e o beneficiário recebe uma carta no endereço previamente cadastrado com as informações da agência em que sua conta foi registrada. Esta é a agência que o beneficiário deve procurar quando o dinheiro for devolvido ao INSS.

    Para a solicitação de saque junto à agência é necessário levar os documentos pessoais que possam atestar a identidade, portanto deve ser documento com foto. É feito, então, uma análise dos documentos apresentados e algumas perguntas de comprovação e o benefício é liberado.

    Outro canal que atende às demandas dos cidadãos é o número 135. É um número gratuito para ligações feitas a partir de um telefone fixo, e pelo valor de uma ligação local quando do celular. Este número atende às mais diversas solicitações relacionadas a assuntos da Previdência Social e funciona no período das 7h às 22h.


    Veja vídeos exclusivos sobre os principais temas da vida dos beneficiários do INSS: conheça o canal da bxblue no YouTube e se inscreva gratuitamente.


    Redação BX Blue

    Redação BX Blue

    Somos especialistas em empréstimo consignado e focados em divulgar informações úteis para as suas finanças.

    Quer fazer um empréstimo consignado?

    A bxblue pode te ajudar a contratar o consignado que você está precisando! Compare propostas de crédito consignado de diferentes bancos e escolha a melhor para você.

    Simule seu consignado