Como funciona o rotativo do Cartão de Crédito Consignado?

bxblue-como-funciona-o-rotativo-do-cartao-de-credito-consignado

Se você tem um cartão de crédito já deve ter ouvido falar, em algum momento, sobre o juro rotativo. Contudo, é comum que muitas pessoas não saibam de fato como ele funciona.

Em linhas gerais, evitar o rotativo do cartão de crédito é a melhor forma de impedir que as dívidas cresçam rapidamente.

O crédito rotativo envolve o valor mínimo da fatura do cartão e o valor que não é quitado dentro do prazo, no mês vigente, ou seja, o saldo devedor. Por isso, é importante que os gastos sejam controlados para que os valores não passem de um mês para o outro.

Saiba como funciona o rotativo do cartão de crédito consignado. Confira!

O que é crédito rotativo?

O crédito rotativo do cartão de crédito entra em funcionamento quando o valor total da fatura não é paga integralmente. Ou seja, quando o titular paga somente parte dos gastos, como o valor mínimo, por exemplo. O saldo que fica de um mês para o outro volta posteriormente, acrescido de juros.

Sendo assim, o rotativo do cartão de crédito funciona mais ou menos como um “pequeno empréstimo”. O banco cobre as despesas do cliente em um mês, mas em seguida exige uma taxa sobre o serviço prestado e o valor pago.

O rotativo do cartão de crédito pode ser usado automaticamente quando um cliente não paga todo o valor de sua fatura. Sendo assim, é sabido que o que não é pago naquele mês vai voltar nos próximos boletos.

Contudo, o crédito rotativo vai diminuindo conforme o cliente o utiliza e aumenta quando parte da dívida é paga. Ou seja, em algum momento a dívida atual pode alcançar o patamar do que é permitido e, então, o débito precisará ser renegociado e pago de outra forma.

Todo cartão de crédito, assim que contratado, oferece determinado limite ao usuário. Esse limite inclui também o crédito rotativo. Mesmo sendo um meio emergencial de empurrar as dívidas para os próximos meses, é preciso tomar cuidado com seu uso.

Qual a diferença o rotativo do cartão de crédito e o crédito parcelado?

O rotativo do cartão de crédito não deve ser confundido com os juros cobrados por compras parceladas. Esses valores não possuem qualquer semelhança e um não depende do outro para existir.

Os juros do parcelamento são cobrados para que o cliente tenha direito de pagar determinada dívida em determinado prazo.

Já o rotativo é cobrado de acordo com o que o titular do cartão não consegue pagar em um mês e deixa para as próximas faturas.

Assim, parcelar as compras é uma forma de evitar entrar no crédito rotativo, que costuma ser bem mais caro. Ao pagar parcelas menores todos os meses é mais difícil ficar sem dinheiro para quitar o valor total de cada fatura.

Como os juros são calculados?

Os juros do rotativo do cartão de crédito são calculados com base naquilo que não foi pago da fatura mensal, ou seja, dentro do prazo previsto.

Se um cliente recebe uma fatura de R$300,00 e quita somente R$100,00, os juros serão sobre R$200,00 e não sobre o valor total, por exemplo.

Assim, quanto maior o saldo devedor dentro do mês, maior o valor da dívida final, já que os juros vão acumulando.

Vale ressaltar que a fatura do cartão de crédito deverá conter todas essas informações. Valor da parcela mensal, saldo quitado no mês anterior, valor gasto, saldo aberto, valor do juros do rotativo, dentre outras.

Um dica essencial dos especialistas em finanças pessoais é ficar atento a essas informações:

Muitas vezes o cliente entra no crédito rotativo do cartão de crédito, sem saber. Como faz o pagamento mínimo da fatura acredita que não será cobrado, mas a dívida só vai aumentado.

Pedro Cardoso, especialista consultado pela bxblue afirma ainda que é preciso manter um controle básico, para evitar o endividamento sem necessidade.

Entenda agora as principais diferenças entre o rotativo dos cartões de crédito.

Diferenças entre o rotativo dos cartões de crédito

Todo cartão de crédito apresenta taxas de juros para o rotativo. Contudo, antes de solicitar um cartão, o interessado pode procurar pela instituição financeira que oferece as melhores condições de pagamento.

Taxas de juros do rotativo do cartão de crédito comum

O cartão de crédito comum tem uma taxa de juros do rotativo muito maior que do cartão de crédito consignado.

No cartão convencional o cliente pode pagar até 333,9% ao ano, de acordo com o Banco Central.

Contudo, desde 2017, o crédito rotativo dos cartões comuns só pode ser utilizado por um mês. Tal medida foi criada para evitar o endividamento que acontece com frequência. Assim, a partir do segundo mês, o cliente precisa encontrar uma forma de quitar ou renegociar a dívida com o banco.

Taxas de juros do rotativo do Cartão de Crédito Consignado

Já o cartão de crédito consignado possui taxas até 10 vezes menores. Em média, por ano, o cliente paga 29,9%. Comparando as duas taxas dessa forma fica claro qual cartão de crédito é mais atrativo financeiramente.

O cartão de crédito consignado oferece melhores taxas principalmente por sua forma de pagamento. Como está disponível somente para as categorias que possuem renda fixa, o valor mínimo de toda fatura é descontado automaticamente.

Esse desconto acontece no salário ou benefício do cliente. Ou seja, todos os meses, pelo menos o valor mínimo da fatura está garantido para o banco. Com isso o risco de inadimplência cai bastante.

Esse valor mínimo está associado à margem consignável de 5%. A margem consignável é o valor total permitido para o gasto mensal com o pagamento das parcelas do empréstimo ou cartão de crédito consignado.

Quando não usar o crédito rotativo?

Para evitar os endividamentos desnecessários o cliente precisa saber como controlar suas finanças, sabendo inclusive quando não utilizar o crédito rotativo.

O rotativo do cartão de crédito pode parecer interessante, em uma primeira avaliação. Contudo, seu custo pode ser elevado e pode não valer tanto a pena assim. Entenda em quais casos o seu uso não é recomendável.

Para compras sem necessidade, acima do orçamento

Uma compra desnecessária ou não planejada é a maneira mais simples de colocar em risco um orçamento. Claro que imprevistos e emergências financeiras acontecem, mas é importante não usar o cartão de crédito “como uma falsa sensação de dinheiro fácil”.

Tudo aquilo que é gasto além do que o necessário ou possível, pode aumentar a fatura do cartão de forma a tornar a dívida impagável.

Assim, as compras sem necessidade podem fazer com que o cliente caia no crédito rotativo de um mês para o outro.

Apenas para ganhar prazo para pagamento

Deixar de pagar uma dívida agora apenas para ganhar prazo pode ser uma decisão perigosa. Ganha-se o prazo para pagamento, mas isso tem um preço, é claro.

E, o pior, neste caso, o valor final ainda pode ser cobrado com juros sobre juros. Por isso, sempre que possível, as faturas do cartão de crédito, seja convencional ou consignado, devem ser quitadas em sua totalidade.

O uso irresponsável do cartão de crédito é a principal maneira de um usuário acabar entrando no crédito rotativo. Por isso, sempre que possível, os limites do cartão devem ser respeitados.

O rotativo do cartão de crédito deve ser usado, somente, como já dito, em casos de emergências financeiras. E mesmo que utilizando essa opção de crédito, o cliente deve encontrar uma forma de quitar a dívida o mais rápido possível.

Embora os juros do rotativo do cartão de crédito sejam mais baratos que o cartão de crédito convencional, devem ser entendidos como juros da mesma forma. Por isso, atenção às dicas informadas e mantenha sempre suas contas em dia para não prejudicar o orçamento.

Lembre-se, o planejamento é muito importante. Por isso, o simulador de crédito consignado online deve ser utilizado antes da tomada de qualquer decisão financeira. Essa é a forma mais fácil para encontrar a melhor opção do cartão de crédito consignado.

 

Quer fazer um cartão de crédito consignado?

A bxblue pode te ajudar a contratar o cartão de crédito consignado que você está precisando! Compare propostas de cartão de crédito consignado de diferentes bancos e escolha a melhor para você.

Simule seu cartão de crédito consignado

Como funciona o rotativo do Cartão de Crédito Consignado?

Posts recomendados