Empréstimo Consignado ou Empréstimo com Garantia? O que é melhor?

bxblue-emprestimo-consignado-ou-emprestimo-com-garantia-o-que-e-melhor-para-aposentados-pensionistas-servidores-publicos

Muitas vezes quem precisa de um empréstimo pessoal, quase sempre se vê em um dilema: diante que tantas opções, qual será a melhor?

Saiba agora quais são as principais diferenças entre o empréstimo consignado e o empréstimo com garantia. Acredite: seu bolso agradecerá!

Ao considerar fazer um empréstimo, é indispensável que o consumidor busque se cercar de informações sobre a maioria das opções disponíveis.

Conhecer termos utilizados neste mercado, bem como distinguir os tipos ou modalidades de empréstimos, é a chave para uma operação segura e financeiramente viável.

Dessa forma, o primeiro passo é entender as diferenças entre o empréstimo consignado e empréstimo com garantia.

O próximo passo é eleger àquela linha de crédito que mais se adeque às suas necessidades. Assim, contratar um novo empréstimo será uma tarefa muito mais simples.

De um lado, o empréstimo com garantia se trata de uma operação de crédito onde o solicitante entrega garantias de pagamento. Ou seja, algum bem pessoal como imóveis ou carros devem ser deixados como garantia de quitação da dívida.

Por sua vez,  o empréstimo consignado se caracteriza pelo débito automático diretamente do salário do solicitante.

No entanto, esse tipo de crédito é cedido apenas para Funcionários Públicos e de empresas privadas, Aposentados e Pensionistas do INSS.

Quer entender mais sobre o assunto? Então, continue sua leitura e conheça melhor sobre esses tipos de empréstimos pessoais. Assim, você certamente será capaz de saber qual é a melhor opção. 

O que é Empréstimo com Garantia?

O empréstimo com garantia é uma das opções que as financeiras e bancos costumam oferecer. Essa modalidade nada mais é do que a transferência de um bem — de propriedade do solicitante, como garantia de pagamento.

Podem ser utilizados bens como imóveis residenciais, comerciais, terrenos ou veículos, desde que tenham o mesmo valor do empréstimo.

Vale destacar que esses bens precisam estar quitados e em nome do titular do empréstimo.

Essa modalidade pode ser um risco para aqueles que não se planejam. Afinal, os bens podem ser embargados em caso de inadimplência.

Assim, é fundamental reconhecer a real necessidade deste crédito e, se organizar corretamente para pagar todas as parcelas em dia.

O que é Empréstimo Consignado?

O empréstimo consignado é uma modalidade que conta com menos burocracia e é relativamente mais simples de ser solicitado.

Neste tipo de empréstimo, as parcelas mensais são debitadas diretamente do salário do contratante, evitando assim a inadimplência.

Leia também: O que é crédito consignado

Com isso, essa operação se torna bem interessante para instituições financeiras, já que o risco de não pagamento é reduzido.

No entanto, o empréstimo consignado está disponível apenas para funcionários públicos de todas as esferas e alguns beneficiários do INSS.

Empregados de empresas privadas devem verificar junto à empresa se há convênio com algum banco. Em caso afirmativo, o processo passa a ser o mesmo e os critérios devem seguir as normas específicas da instituição financeira.

Outro ponto importante sobre o empréstimo consignado passa pelo estabelecimento da margem consignável, que determina um limite de comprometimento da renda.

Segundo a Lei Nº 13.172/2015, apenas 35% do salário pode ser utilizado para pagar as despesas do empréstimo.

Do limite previsto pela margem consignável, 5% é destinado exclusivamente para despesas relacionadas com o cartão de crédito consignado.

Assim, a margem consignável tem por objetivo garantir que a renda não seja totalmente comprometida com os empréstimos.

Conheça agora as 4 principais diferenças entre essas modalidades de crédito.

Conheça as 4 principais diferenças

Se ainda faltam dados comparativos para avaliar as duas opções, aproveite para saber qual proposta atende melhor a sua necessidade.

1. Quem pode contratar?

O empréstimo com garantia pode ser contratado por qualquer pessoa maior de 18 anos, em plena posse de seus direitos civis, e que possua ao menos um bem quitado e em seu nome.

Os pré-requisitos para essa operação podem ser diferentes em cada financeira ou banco. Mas, no geral, é liberado para pessoas maiores de idade, detentoras de um bem que possa ser utilizado como garantia, e que estejam com o nome limpo.

Já o empréstimo consignado pode ser contratado por Funcionários Públicos e de empresas privadas, Aposentados e Pensionistas INSS, bem como Militares.

Leia tambémQuem pode fazer um Empréstimo Consignado?

Cada categoria apresenta algumas regras específicas. No entanto, é possível contratar empréstimo consignado, sem burocracia. Para isso basta ter margem consignável livre.

Inclusive Funcionários Públicos e de empresas privadas, Aposentados, Pensionistas e Militares podem obter liberação de crédito, mesmo estando negativado.

2. Qual é a taxa de juros?

Os juros do empréstimo com garantia estão em média, em torno de 2,3% a 3,5% ao mês, podendo variar de banco a banco.

O empréstimo para Aposentados e Pensionistas INSS tem taxa de 2,08% ao mês e para Servidores Públicos de 2,05% ao mês.

A taxa de juros nominal do cartão de crédito consignado gira em torno de 3,5% a 5,0% ao mês. Valor bem inferior as tarifas cobradas pelo cartão de crédito convencional (de 15% a 20% ao mês).

Ao contratar um empréstimo é importante comparar o Custo Efetivo Total (CET). Esse é o valor total da dívida, que será dividida pelos meses do parcelamento.

Leia tambémCusto Efetivo Total: Quais são os custos de um Empréstimo Consignado?

Ao fazer essa avaliação é possível descobrir o empréstimo mais barato.

3. Qual é o prazo para pagamento?

O empréstimo com garantia pode ser pago em até 30 anos. Obviamente, é muito importante saber que quanto mais tempo despendido no pagamento, maior será a taxa de juros.

No entanto, como os valores solicitados costumam ser mais altos, esta pode ser considerada como uma das vantagens da linha de crédito.

Aposentados e Pensionistas podem pagar o empréstimo consignado em até 72 meses. Servidores Públicos Federais (SIAPE), Estaduais e Municipais tem prazo máximo de 96 meses.

Da mesma forma, é preciso avaliar o prazo que melhor se encaixa dentro do planejamento financeiro. Vale lembrar também que, enquanto o contrato não é quitado, a margem consignável não pode ser liberada.

4. Quais são os principais riscos de cada linha de crédito?

Todo empréstimo constitui algum risco, seja em menor ou maior grau, afinal, se trata de adquirir uma dívida que pode se estender por meses ou anos.

É por esse motivo que é sempre necessário se organizar, conhecer os prós e os contras e se preparar para a saída mensal de uma determinada quantia em dinheiro.

Os maiores riscos no empréstimo com garantia costumam ocorrer em relação ao pagamento. Como é oferecido um bem material como garantia, a inadimplência se torna algo mais sério.

O não pagamento das parcelas, por exemplo, pode incorrer no leilão dos bens colocados como garantia.

No crédito consignado, a garantia dada ao banco é o rendimento fixo. Ou seja, a capacidade de pagamento do tomador do empréstimo, desconsiderando inclusive o seu histórico devedor.

Uma das desvantagens neste caso é que, ao mesmo tempo em que as parcelas são descontadas automaticamente do contracheque ou benefício INSS, os pagamentos não podem ser adiados.

A margem consignável também pode ficar negativa, mesmo quando um novo empréstimo não é realizado. Isso geralmente ocorre em função de descontos indevidos ou não previstos, ou seja, das consignações em folha de pagamento.

Leia tambémComo funciona a consignação na folha de pagamento?

Para clientes do cartão de crédito consignado, a recomendação é ficar sempre atento ao valor gasto e o valor da fatura mensal.

Como a fatura mínima de até 5% (margem consignável) é debitada direto do salário, aposentadoria ou pensão, o valor adicional ficará como saldo a ser pago.

Essa diferença pode ser quitada via boleto bancário no mesmo período, ou será somada ao total da fatura do próximo mês.

Leia tambémComo funciona o Cartão de Crédito Consignado?

Apesar de taxas de juros cobradas serem mais baratas, de qualquer forma, podem tornar a dívida inicial maior e aumentar o prazo da sua liquidação.

Mas afinal, como decidir qual empréstimo pessoal é melhor?

Como decidir qual empréstimo pessoal é melhor?

Em primeiro lugar, é importante fazer uma autoanálise e descobrir qual é a necessidade real do empréstimo, a que ele se destina, pontos positivos e negativos.

É preciso estar ciente também de que se trata de uma dívida de longo prazo. Ou seja, que irá comprometer a renda por determinado período.

Assim, após avaliar todas as variáveis e modalidades de crédito disponíveis, é possível, então, tomar a melhor decisão, escolhendo aquele empréstimo que se adeque a sua realidade e necessidade.

Para cada tipo de necessidade há também um tipo de crédito indicado. Por isso, é essencial fazer sempre a comparação entre as modalidades e uma vez definida a linha, comparar a ofertas dos bancos.

A taxa de juros e o Custo Efetivo Total podem variar muito de um banco para o outro. 

E se você está decidido pelo o crédito consignado, aproveite para fazer a sua simulação de empréstimo ou cartão de crédito consignado online. 

Simule, compare e contrate sem sair de casa. Com apenas alguns cliques e com a maior segurança.

 

Quer fazer um empréstimo consignado?

A bxblue pode te ajudar a contratar o consignado que você está precisando! Compare propostas de crédito consignado de diferentes bancos e escolha a melhor para você.

Simule seu consignado

Empréstimo Consignado ou Empréstimo com Garantia? O que é melhor?

Posts recomendados