Como evitar os golpes do Empréstimo Consignado?

bxblue-como-se-proteger-dos-golpes-do-emprestimo-consignado

Infelizmente, cada vez mais comum os golpes do empréstimo consignado têm causado muitos prejuízos a Aposentados, Pensionistas e Servidores Públicos.

Saiba como não cair ou se proteger dos principais golpes, para ter o seu crédito consignado com segurança.

Um empréstimo é sempre utilizado em momentos de real necessidade. Geralmente, quem empresta dinheiro já tem um objetivo determinado e por isso espera que dê tudo certo.

Mas, nem sempre esse é o final feliz. Muitas empresas e pessoas aplicam golpes, causando vários prejuízos.

Conheça os 12 principais tipos de golpes relacionados ao empréstimo consignado.

Os 12 principais tipos de golpes

Existem vários golpes “comuns na praça”. Para se proteger ou se prevenir, é preciso estar bem informado e tomar os devidos cuidados. Confira!

1 – Falsificação de documentos

Desde os mais simples como RG ou CPF, até certidões e contracheques. Cada vez mais qualificados, os estelionatários estão se especializando na falsificação de documentos para contratação de empréstimos consignados. E isso causa diversos transtornos.

Como evitar: um cuidado básico é não entregar os documentos pessoais para desconhecidos. Outra dica é realizar simulação online de crédito, somente em sites confiáveis.

Em caso de perda ou roubo de documentos, é necessário realizar um boletim de ocorrência. Também é aconselhável informar os órgãos de proteção ao crédito (como SPC e Serasa).

Assim, você estará mais seguro contra golpes.

2- Falsificação de assinatura em contratos

Muitos criminosos têm falsificado a assinatura em contratos de empréstimo. Apesar de todas as análises (incluindo até a análise grafológica), muitas falsificações não chegam a ser identificadas. Isso ocorre em função da similaridade com as assinaturas originais.

Como evitar: evite assinar documentos que desconhece e, na dúvida, leia tudo antes. 

Para aumentar a segurança neste tipo de operação, muitos bancos já tem utilizado a assinatura digital de contratos. Além de mais agilidade a todo o processo, isso também ajuda a aumentar a segurança.

3 – Assinatura de contratos em branco

Toda proposta ou contrato de empréstimo consignado deve ser preenchido com os dados do solicitante e da transação.

Além disso, todos o valores precisam ser discriminados em detalhes como: valor total do empréstimo, valor das parcelas, prazos de pagamento, taxas de juros. Esse somatório é o Custo Efetivo Total.

Como evitar: não assine nenhum documento em branco. Caso o documento já venha preenchido, analise todas as informações com atenção e confira os valores.

Essa é uma forma muito simples, de garantir que tudo sairá da forma como esperado.

4 – Pedido de senhas

Para contratar o empréstimo consignado não é necessário informar nenhuma senha de uso pessoal (informação sigilosa).

O banco ou correspondente necessitará apenas dos documentos como RG, CPF, comprovante de endereço e comprovante de renda.

Servidores Públicos Federais – SIAPE que precisam emitir a autorização de consignatária, são responsáveis por gerar o documento. Assim, também não precisam liberar a senha de acesso ao SIGEPE.

Como evitar: nunca libere senha de bancos ou de outros serviços pessoais. Em caso de necessidade, acesse as informações solicitadas e disponibilize ao banco. Se tiver dúvidas, peça instruções de como proceder.

5 – Empréstimo em nome de terceiros

Muitos aposentados são vítimas de empréstimos em seu nome, para utilização de terceiros. Por mais que disponibilizem suas informações e assinem os contratos, muitas vezes agem desta forma porque são obrigados. Outro caso típico é de pessoas agindo de má fé.

Como evitar: em caso de empréstimo em nome de terceiros, é preciso garantir para quem irá o dinheiro e quem se responsabilizará pelo pagamento. 

Embora as parcelas sejam descontadas no contracheque ou benefício do contratante, nada mais justo do que ter o valor reembolsado mensalmente, uma vez que irá comprometer a margem consignável.

Leia também5 razões para não contratar Empréstimo Consignado para terceiros

Mas, no fim, o que vale é a recomendação de que não se deve fazer nenhum empréstimo consignado sem necessidade ou para terceiros, porque há sempre o risco de ter que assumir a dívida.

6 – Dinheiro fácil

O crédito consignado é uma das modalidades de empréstimo que apresenta mais facilidades, desde a simulação até o pagamento do contrato

No entanto, todas as condições e vantagens são garantidas e asseguradas pela Lei nº 10.820/2003 e pelos bancos, que são as instituições autorizadas a ceder crédito.

Promessas de dinheiro fácil, com limites de crédito superiores ou com taxas de juros muito abaixo do mercado ou condições extremamente vantajosas, são de desconfiar.

Como evitar: contrate empréstimos ou financiamentos, apenas em bancos ou correspondentes bancários (como a bxblue), que são instituições autorizadas pelo Banco Central. 

Se você é Aposentado e Pensionista consulte os bancos autorizados pelo INSS

7 – Pagamento de depósito antecipado

Talvez uma das práticas mais conhecidas, a cobrança de taxas ou depósitos antecipados para consulta ou liberação de crédito é ilegal.

Nenhum banco ou correspondente bancário idôneo solicita qualquer valor antecipadoTodos os custos operacionais e financeiros do empréstimo, bem como a própria remuneração do banco, já estão inclusos no Custo Efetivo Total (CET). 

É preciso ressaltar também que no crédito consignado a renda fixa é a garantia do pagamento que os bancos têm, para oferecer crédito mais barato.

Como evitar: desconfie se a pessoa ou empresa com quem estiver tratando insistir para ter qualquer antecipado. Simule e contrate crédito apenas em instituições autorizadas pelo Banco Central.

8 – Liberação de crédito com margem negativa

Embora algumas empresas façam propagandas, não é possível contratar novo crédito consignado com margem negativa.

Se você não tem margem ou ela está negativa, muito cuidado com falsas promessas neste sentido.

Nenhum banco libera crédito para quem está com margem negativa (não confundir com nome negativado, que é passível de aprovação, já que no caso do crédito consignado, não há consulta ao SPC ou SERASA).

Como evitar: se informe sobre a possibilidade de refinanciamento ou portabilidade de crédito, que são alternativas para liberar margem consignável ou ainda um troco em dinheiro.

9 – Empréstimo consignado não autorizado

Muitos beneficiários INSS descobrem que foram vítimas de algum golpe, quando percebem o desconto do empréstimo consignado que não autorizaram, no extrato do benefício. 

Enquanto o dinheiro do empréstimo vai para os estelionatários, as parcelas de pagamento são descontadas do salário ou benefício da vítima.

Como evitar: é preciso ficar atento e sempre conferir o contracheque ou extrato da aposentadoria ou pensão. Descontos indevidos devem ser comunicados ao INSS.

10 – Venda casada de outros serviços

Nenhum consumidor é obrigado a contratar serviços adicionais dos bancos, para ter acesso ao crédito consignado. A venda casada é uma prática comercial criminosa e deve ser denunciada.

Como evitar: mesmo que você não seja correntista do banco em que está contratando o empréstimo consignado, é possível contratar apenas essa operação.

Seguros, títulos de capitalização ou cartão de crédito são alguns dos serviços que podem ser oferecidos e que são opcionais.

11 – Oferta de crédito por telefone ou e-mail

O crédito consignado não pode ser oferecido e nem contratado por telefone.

Recebeu e-mail de algum destinatário desconhecido ou suspeito? Se você não se cadastrou no site de algum correspondente bancário ou financeira para receber esse tipo de informação, também desconfie.

Como evitar: se receber qualquer ligação pedindo para que você confirme seus dados, sem saber do que se trata, não passe qualquer informação. Se possível, anote o número do telefone e dados da ligação.

E-mail com links suspeitos também não devem ser abertos ou clicados, por questão de segurança. Bancos não enviam e-mails com ofertas para seus clientes.

12 – Sites falsos

Hoje muitos sites oferecem crédito fácil e sem qualquer tipo de comprovação. Páginas falsas ou formulários de cadastro que apenas capturam os dados pessoais, são alguns dos golpes frequentes.

Como evitar: sempre que acessar o site de um banco ou correspondente bancário avalie alguns requisitos obrigatórios e de segurança como:

  • Conexão de site segura: vai garantir que suas informações pessoais permanecerão particulares, ou seja, não serão expostas. Mesmo se você ver o ícone do cadeado de segurança no topo da página, sempre tenha cuidado ao compartilhar informações particulares. Lembre-se também de sempre olhar a barra de endereço para verificar se você está no site que quer visitar;
  • Informações no rodapé da página: informações como razão social, CNPJ, endereço;

Na dúvida, pesquise e avalie também a opinião de outros consumidores em sites de Proteção ao Consumidor, como o Reclame Aqui.

Foi vítima de um ou mais golpes citados aqui? Saiba o que fazer.

O que fazer em caso de ter sido vítima de fraudes ou golpes?

Sempre que for identificada alguma irregularidade, os primeiros passos são procurar a polícia para registro da ocorrência e entrar em contato com o banco em que o empréstimo foi solicitado. Em muitas situações, isso já é válido para iniciar a averiguação.

Aposentados e pensionistas devem ir até o INSS para solicitar o histórico de todos os empréstimos realizados em seu nome. A relação deve conter data, valores, prazos e nome das instituições financeiras.

Também é direito do consumidor obter as mesmas informações direto na instituição financeira, a partir da cópia do contrato de empréstimo (que pode ser utilizado como prova, em casos de falsificação de documentos ou assinaturas).

O INSS orienta ainda a formalizar denúncia ligando para a Central 135 ou pelo site. O segurado também pode solicitar, independente de suspeita de fraudes ou golpes, o bloqueio do seu benefício para a realização de novos empréstimos. 

Depois, de registrar o Boletim de Ocorrência (BO), o beneficiário deve encaminhá-lo a Previdência Social, solicitando para que não sejam mais descontados os valores em seu benefício.

Depois, deve notificar o banco relatando que foi vítima de fraude e intimá-lo a ressarcir, em 48 horas, os valores descontados indevidamente. 

Caso a instituição financeira não queira fazer o ressarcimento, a vítima poderá procurar a Justiça.

Se, por causa dos descontos irregulares a vítima considerar que passou por situação vexatória pode pedir também indenização por danos materiais e morais. Procure sempre a ajuda de um advogado especializado, para ajudar.

Onde contratar o Crédito Consignado com segurança?

Fazer empréstimo com segurança é um dos pré-requisitos pra quem precisa de dinheiro.

Com a bxblue você irá informar sua necessidade e nós nos encarregaremos do resto. Buscamos as melhores ofertas em diversos bancos, pra que você faça a melhor opção.

Compare taxas e contrate seu crédito consignado online com a bxblue. Empréstimo consignado seguro e transparente. Sem golpes ou pegadinhas!

 

Quer fazer um empréstimo consignado?

A bxblue pode te ajudar a contratar o consignado que você está precisando! Compare propostas de crédito consignado de diferentes bancos e escolha a melhor para você.

Simule seu consignado

Como evitar os golpes do Empréstimo Consignado?

Posts recomendados